Avião da AirAsia poderá ter aterrado no mar antes de afundar

Especialistas em aviação revelaram esta quinta-feira que o piloto do Airbus A320-200 da AirAsia que desapareceu este domingo poderá ter tentado fazer uma manobra de emergência antes de a aeronave se despenhar.

Segundo os peritos, a ausência de qualquer transmissão de emergência do comandante Irianto poderá significar que o experiente piloto fez uma aterragem de emergência no mar.

Os dados sugerem que o comandante poderá ter mesmo conseguido uma aterragem perfeita no mar de Java, na área onde os destroços do aparelho e corpos foram encontrados, antes de o aparelho ser submergido pela alta ondulação e se afundar.

Segundo Dudi Sudibyo, editor da revista indonésia de aviação Angkasa, citado pelo Mirror, o trasmissor de localização de urgência deveria ter funcionado em caso de impacto, independentemente do tipo de superfície em que tivesse ocorrido.

A única razão para que o mecanismo não tenha sido accionado é que o choque não tenha sido suficientemente violento, diz o perito.

“Isso significa que o piloto conseguiu pousar na superfície da água”, garante Sudibyo.

Em entrevista à AFP, o ex-piloto Chappy Hakim é de opinião que “o avião não explodiu e não foi vítima de um forte impacto, porque, neste caso, os corpos não estariam intactos”.

A hipótese de aterragem suave na água é reforçada por mais três indícios.

Em primeiro lugar, a silhueta da aeronave, tal como se consegue ver a partir do ar, parece indicar que o aparelho se encontra intacto no fundo do mar.

Além disso, dos corpos de passageiros já recuperados, um trazia vestido o colete salva-vidas.

dr news.liputan6.com

O comandante Irianto, experiente ex-piloto da Força Aérea Indonésia, comandante do voo QZ8501 da AirAsia

O comandante Irianto, experiente ex-piloto da Força Aérea Indonésia, comandante do voo QZ8501 da AirAsia

Finalmente, entre os destroços do avião encontrados, está a porta de emergência.

Para muitos especialistas, estes dados significam que alguns dos passageiros poderão ter tentado sair do avião.

O antigo ministro indonésio dos Transportes, Jusman Syafii Djamal, está convencido de que a descoberta da porta da saída de emergência significa que “alguém a abriu”.

Para Djamal, alguns passageiros podem ter conseguido insuflar o colete salva-vidas antes de serem atingidos pelas ondas de uma tempestade que havia na região. “As ondas podem ter afundado o avião”, acredita Djamal.

As causas do acidente e a razão pela qual o mecanismo de localização não funcionou só serão esclarecidas quando as caixas-pretas forem encontradas.

Mas por enquanto, estes detalhes têm levado os familiares das vítimas a preparar-se para o pior, enquanto se agarram a uma réstia de esperança de que haja sobreviventes.

ZAP

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Como “aterrar” no mar, se é água e não terra, “amarar é o termo correto”, porque não aprender o português antes de publicar as noticias.

    • Caro Teo, tem toda a razão.
      Mas no tema “aviação” tomamos a liberdade no ZAP de “escrever mal, sabendo o que estaria certo”. Por opção, usamos aterragem em vez de amaragem e descolagem em vez de decolagem.

  2. Por favor dizer ATERRAR no mar não é correto, AMARAR é o termo correto”, são estes jornalistas que criticam os outros dizendo que tiram os cursos aos domingos

    • Cara Carla,
      Os jornalistas não criticam, dão notícias. O papel de criticar cabe aos críticos, aos comentadores e em última instância aos cidadãos.

  3. Os jornalistas não criticam? estão a falar de que país? Basta ler os artigos de opinião nos jornais e revistas e ouvi-los em todos os canais da TV.

  4. Parece existir aqui algumas semelhanças com o A330 da Air France que também caiu no mar em Junho de 2009. As causas foram então atribuídas a falhas do equipamento, nomeadamente dos “pitots” obstruídos pelo mau tempo, que passaram a informar erradamente o sistema electronico de bordo, e consequentemente a erros de avaliação dos pilotos. Quando encontrarem a caixa preta, e eventualmente se confirmar esta versão, seria mais que oportuno a Airbus alterar alguns detalhes técnicos neste tipo de aeronaves.

  5. ATERRAR vs AMARAR. Bem, neste país “tão culto” será mesmo preferível escrever ATERRAR (não estamos aqui propriamente a tratar de termos futebolísticos/jogo da bola onde neste país a elevada cultura impera) e assim todos ficaremos a “ficcionar” quais seriam então as intenções do piloto. CERTO!?

      • Infelizmente este é o país em que vivemos, onde jornalistas preferem escrever errado devido à ignorância dos leitores. Tal decisão deve-se apenas a uma desculpa de quem não admite o erro, ou então tratam os seus leitores como autênticos analfabetos ignorantes.
        Estes são os mesmos jornalistas que chamam “avioneta” a qualquer avião menor do que um Airbus ou Boeing…

        Relativamente a resposta dada mais acima (“Mas no tema “aviação” tomamos a liberdade no ZAP de “escrever mal, sabendo o que estaria certo”. Por opção, usamos aterragem em vez de amaragem e descolagem em vez de decolagem.”) , por eu ser analfabeto e ignorante (leia-se “leitor”) não percebi muito bem onde queriam chegar com a analogia entre “decolagem” e “descolagem”, pois se “decolagem” está para o Brasil como “descolagem” está para Portugal, pousar na àgua chama-se AMARAR seja no Brasil ou em Portugal!

        O ignorante analfabeto,
        “Leitor”

      • Caro Leitor,
        Interpretou mal as nossas motivações.
        Há muito tempo que aprendemos a nunca subestimar a inteligência dos nossos leitores, que muito nos orgulha que não poucas vezes saibam mais que nós. E dos quais humildemente aceitamos críticas e correcções.
        E precisamente por isso, não somos fundamentalistas, não nos preocupamos em traduzir todas e mais algumas expressões, usamos livremente estrangeirismos e neologismos, deitamos fora aspas e plicas desnecessárias. E tentamos escrever simples, apenas isso.
        E isto dito, sim, caro Leitor, tem razão, o nosso comentário é apesar de tudo um pouco despropositado. Obrigado pelo seu reparo. Já tivemos melhores momentos.

  6. Os primeiros corpos foram encontrados em roupa interior, mais um sinal que a aterragem/amaragem fosse bem sucedida. As autópsias também podem esclarecer se a morte ocorreu por afogamento ou por lesões do impacto.

  7. Sou eu que estou a pensar mal, ou o conceito de Terra é mais abrangente do que apenas a parte sólida do planeta? Os oceanos fazem parte da terra, certo? Será que chegar à Terra não poderá, sem grande problema ser chamado aterrar?

RESPONDER

Irão disponível para negociações sobre acordo nuclear nas próximas semanas

O Irão retornará às negociações sobre a retomada do acordo nuclear de 2015 nas próximas semanas, avançou o Ministério dos Negócios Estrangeiros esta terça-feira, apesar das suspeitas das potências ocidentais sobre a estratégia de Teerão …

Depois do Loon, nasce o Taara. Projeto usou lasers para transmitir 700TB de dados

Depois da morte do Projeto Loon, no início do ano, nasceu o Projeto Taara, que utilizou lasers para transmitir 700TB de dados através do rio Congo. O projeto muda, o nome é diferente, mas a missão …

Vizela - Paços de Ferreira bateu recorde de assistência na I Liga

Maior número de adeptos do campeonato também foi registado nesta jornada, no Benfica-Boavista; mas em termos de ocupação do estádio, o Vizela deixou longe toda a concorrência. Desde os anos 80 do século passado que não …

150 anos antes da viagem histórica de Colombo, um frade italiano escrevia sobre a America

Por volta do ano 1340, Galvano Fiamma registou, na sua Cronica universalis, a existência de terras a oeste da Gronelândia habitadas "por gigantes". Trata-se da primeira menção documentada do continente americano no Mediterrâneo, cerca de …

Os antigos compadres zangaram-se de vez. Trump puxa os cordelinhos nos bastidores para correr com McConnell

A relação de altos e baixos entre os dois azedou de vez depois de McConnell ter reconhecido a vitória de Joe Biden. Trump quer agora que um Republicano concorra contra McConnell pelo cargo da liderança …

Bombeiros embrulharam a maior árvore do mundo em papel de alumínio. Tudo para a proteger

O incêndio consumiu milhares de acres na Califórnia e o National Park Service viu-se obrigado a intensificar os seus esforços para proteger as jóias naturais, incluindo as maiores árvores do mundo. Os incêndios Colony e Paradise …

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …