“Avante!”. Pede-se máscara obrigatória, mas PCP só dá ouvidos à DGS

Mário Cruz / Lusa

Vários peritos pedem o uso obrigatório de máscara na Festa do Avante!, mas o PCP só atende às recomendações feitas pela Direção-Geral da Saúde.

Depois de muita contestação, a Festa do Avante! vai mesmo realizar-se, entre 4 e 6 de setembro. A decisão final vai ser tomada esta semana pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Os comunistas viram-se obrigados a ceder a algumas exigências, como por exemplo a redução da lotação.

Como não há precedentes deste evento nesta altura de pandemia, a solução passa por encontrar regras equivalentes nas atividades gerais, escreve o semanário Expresso.

Tendo isto em conta, o PCP apresenta um recinto maior, com 30 hectares; palcos com lugares marcados e ao ar livre; corredores sinalizados; e uma lotação máxima de um terço do recinto, o que equivale a cerca de 33 mil pessoas.

Este ano será obrigatório o uso de máscara no acesso a espaços e serviços de atendimento, haverá álcool gel distribuído no recinto e existirá um maior número de eventos ao ar livre.

Médicos e especialistas ouvidos pelo Expresso chamam a atenção para os riscos da rentrée política do PCP. Os peritos defendem que o uso de máscara deverá ser sempre obrigatório. No entanto, os comunistas determinam que, nos concertos ao ar livre, o uso é da “estrita decisão de cada um”.

Além das “regras de distanciamento físico nas diversas atividades (incluindo a criação de assistentes de plateia)”, serão também criados “corredores de circulação de sentido único, separação de canais de entrada e saída e maior fluidez de acesso a transportes públicos”, assegurou o partido na sexta-feira, acrescentando que o horário da festa também vai sofrer alterações.

“É irrelevante estarmos perante um evento político, religioso, clubístico ou outro. Os eventos de massa têm riscos de saúde associados e por isso estão cancelados um pouco por todo o mundo. Além disso, há a questão da comunicação: é difícil explicar à sociedade porque se pode fazer umas coisas e outras não”, explicou o presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia.

Apesar dos esforços, Mexia questiona as acessibilidades da festa. Além disso, adverte que o ambiente é propício às pessoas se aproximarem e conviverem.

Por sua vez, o professor de epidemiologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Manuel Carmo Gomes, define três áreas críticas: a zona de alimentação, as casas de banho, e as entradas e saídas. Também é um dos que defende o uso obrigatório de máscara.

Num ano de festivais cancelados e espaços noturnos condicionados, os “jovens que vão a esta Festa vão querer espairecer, libertar alguma tensão, tornando mais difícil o cumprimento das regras”, avisa Paulo Santos, médico e professor na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Apesar das opiniões dos peritos, o PCP continua focado apenas nas recomendações da Direção-Geral da Saúde. Os comunistas aguardam a decisão da DGS, que ainda está a analisar o documento enviado esta sexta-feira com os moldes de realização da Festa do Avante!.

Partidos mudaram planos das rentrées

As ‘rentrées’ políticas não vão ser as habituais e, devido à covid-19, os partidos encontraram outras formas de arrancar a nova sessão legislativa, à exceção do PCP, que mantém a Festa do Avante! mas com regras.

O BE cancelou o habitual Fórum Socialismo, mas fonte bloquista disse à Lusa que o partido “fará reentrées distritais nas duas primeiras semanas de setembro, de menor dimensão e com eventos sempre ao ar livre, com programas variados: um périplo por setores afetados pela crise, debates temáticos, programação de cinema”, e “sempre cumprindo todas as regras de segurança sanitária”.

De acordo com a mesma fonte, a coordenadora do BE, Catarina Martins, vai estar presente “em vários desses momentos”, por exemplo, nos distritos de Viseu, Braga, Porto e Setúbal.

Contactado pela Lusa, o PS lembra que estão agendados os congressos federativos para o fim de semana de 12 e 13 de setembro.

Por seu turno, o CDS-PP, através da secretaria-geral, indicou que o partido pretende assinalar o reínício da atividade parlamentar e política nos Açores, onde em outubro vão decorrer eleições regionais, mas remete os detalhes do evento para o final da próxima semana.

O PSD, em meados de abril e maio, anunciou que este ano não irá realizar a festa do Pontal, no Algarve, nem o Chão da Lagoa, na Madeira, devido à pandemia, justificando a decisão com “as regras do bom senso”. Também a tradicional Universidade de Verão não irá acontecer em 2020.

Questionada pela agência Lusa na sexta-feira, fonte oficial social-democrata indicou que “não está nenhum evento previsto” no âmbito da ‘rentrée’.

“Para já não está nada definido”, diz fonte do PAN, assinalando que o partido não costuma marcar a ‘rentrée’.

Pelo Chega, o presidente demissionário, André Ventura, disse que está marcado um comício no Algarve para dia 26 de setembro, data em que partido já terá novo presidente (eleito em eleições diretas em 05 de setembro e nas quais Ventura será candidato) e nova direção, escolhida na II Convenção Nacional, em 19 e 20 de setembro.

Já a Iniciativa Liberal (IL), outro partido que se estreou na Assembleia da República nesta legislatura, salienta que a “luta pelo liberalismo não para” e que em agosto “tem mantido a sua atividade com os cuidados inerentes ao momento atual, com formatos que garantam todas as condições de segurança sanitária, quer promovidas pela Comissão Executiva, quer pelos núcleos”.

“Só faz ‘rentrée’ [regresso] quem faz ‘sortie’ [saída]”, ou seja, só entra quem sai, aponta a IL, que indica que o presidente e deputado único, João Cotrim Figueiredo, estará em Faro na próxima semana, no fim do mês no Porto e depois nos Açores, em data a agendar.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Deveriam era cancelar a festa como fizeram muitos empresários de festivais e outros eventos, mas os PCP há boa maneira Stalinista são uns ditadores que impõem a vontade deles sem quererem saber da saúde dos portugueses, nas próximas eleições ninguém devia votar em gente desta, só vou esperar caso o Vírus aumente nos que foram à festa quem é que os comunistas vão acusar se é o tio Jerónimo ou a DGS.

  2. Continuo sem entender qual a razão deste evento ter lugar: onde está o cumprimento das regras?

    Se ninguém pode fazer eventos, porquê desta excepção: dois pesos, duas medidas?

    Rídiculo e contra todas as regras em vigor no meio de uma pandemia.

    Curioso com as consequências pós este evento.

  3. Sempre uma excepção. Até a Igreja e seus líderes tiveram atitudes de enorme responsabilidade. Mas o PCP, nas melhores tradições anti-democráticas, tem sempre de impor regras diferentes e levar a sua AVANTE. Pode ser que corra mal. E depois estou para ver quem vão culpar. E, claro, quem vai pagar a factura do SNS que resultar desta embirração. Enfim: um estado dentro do Estado.

  4. É vergonhoso não há público em fuitebol ou outro evento, mas para a Festa do Avante já há, pois Costa e o Presidente quer que a Geringonça continue, por isso as vontades ao PCP, BE! VERGONHOSO…
    Cancelar a festa do avante como fizeram muitos empresários de festivais e outros eventos.
    Mas os PCP há boa maneira Stalinista são uns ditadores que impõem as suas vontade.
    Mas não quererem saber da saúde dos portugueses, só vêm milhões de euros!
    A Ditadura da extrema esquerda está no dia, pouco faltará sermos uma Venezuela ou outra ditadura de esquerda.
    Nas próximas eleições o povo deverá abrir os olhos e não votar nesta gente, que assim nos está a levar para o abismo..

  5. OS VOTOS DESTES COMUNAS FAZEM FALTA A GERINGONÇA, ESTÃO ACIMA DA LEI.
    OXALÁ QUE O VÍRUS FIQUE POR LÁ, NA TERRA DOS MOUROS.

RESPONDER

Pico da segunda vaga em Portugal poderá ser no início de outubro

Um estudo, publicado esta quarta-feira, indica que o pico da segunda vaga em Portugal poderá acontecer no início de outubro, na semana entre 5 e 11 de outubro.  De acordo com a rádio Renascença, previsões da consultora …

Ex-membro dos Panteras Negras vai ser libertado após 49 anos de prisão

Um ex-membro do Partido dos Panteras Negras, que está na prisão há quase meio século, vai finalmente conseguir a sua liberdade, depois de um conselho de liberdade condicional de Nova York ordenar a sua libertação. Jalil …

"Cristiano Ronaldo disse-me que vou ser feliz no Barcelona", revela Pjanic

Reforço do Barcelona elege o seu novo estádio como o melhor de todos mas o seu ídolo no futebol é o treinador do Real Madrid. Miralem Pjanić, que se mudou para o Barcelona neste verão, jogava …

Portugal em grupo de países com "tendência preocupante", mas "risco moderado"

O Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC) colocou Portugal, esta quinta-feira, num grupo de Estados com "tendência preocupante" de casos de covid-19, mas com "risco moderado". Na avaliação de risco hoje atualizada e …

Finlândia restringe entrada de turistas vindos de 13 países (e recorre a cães para controlar infeções)

Helsínquia anunciou hoje uma diminuição do número de países cujos habitantes podem entrar sem restrições na Finlândia, devido ao agravamento da epidemia de covid-19. Portugal continua na lista dos indesejados. A partir de segunda-feira, apenas os …

Virologista alemão defende que a verdadeira pandemia só agora começou

O virologista alemão Christian Drosten, cientista de referência e assessor do Governo alemão para os temas da covid-19, advertiu esta quinta-feira que a “verdadeira pandemia” do novo coronavírus só agora está a começar. “A verdadeira pandemia …

Manchester United deixou de ser um destino atraente. Porquê?

Ole Gunnar Solskjær tem de ser um bom vendedor, avisa a antiga figura do clube, Andy Cole. Os dois maiores rivais estão a ultrapassar o United no mercado. 20 campeonatos conquistados. 12 Taças de Inglaterra. Campeão …

Doentes com dengue podem ter imunidade contra coronavírus, sugere estudo

Um estudo que analisou a dinâmica da covid-19 no Brasil indica que cidadãos infetados com dengue poderão desenvolver alguma imunidade contra o novo coronavírus, numa investigação que ainda não está concluída. De acordo com o estudo, …

Especialistas apontam várias mentiras no discurso de Bolsonaro na ONU

O Presidente brasileiro afirmou, na terça-feira, que o país é vítima de uma "campanha brutal de desinformação sobre a Amazónia". Sobre a pandemia de covid-19, Jair Bolsonaro considerou que o seu Governo agiu de forma …

Volkswagen vai indemnizar funcionários vítimas da ditadura no Brasil em 5,5 milhões

A fabricante de automóveis alemã Volkswagen anunciou na quarta-feira que vai pagar cerca de 36 milhões de reais (aproximadamente 5,5 milhões de euros) em indemnizações e doações a antigos funcionários da sua filial brasileira que …