Autárquicas: Coimbra muda de mãos com maioria absoluta de José Manuel Silva

Miguel A. Lopes / Lusa

José Manuel Silva, ex-bastonário da Ordem dos Médicos e candidato do PSD à Câmara Municipal de Coimbra

Segundo as primeiras projeções desta noite, o ex-bastonário da Ordem dos Médicos e candidato do PSD, José Manuel Silva conquista a Câmara Municipal de Coimbra, com margem confortável

Segundo a projeção SIC, José Manuel Silva obterá 43.6 a 47.6% dos votos (5 a 7 mandatos) seguido do atual presidente da Câmara, Manuel Machado, com 28.9 a 32.9% (3 a 5 mandatos). Estas projeções perspectivam uma maioria absoluta para o candidato do PSD.

A terceira candidatura mais votada em Coimbra, segundo esta projeção, é a de Francisco Queirós (PCP), com de 6,2 a 9,2%, seguido de Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra) com de 5,2 a 8,2%, Miguel Ângelo Marques (Chega), com 1,3 a 3,3%, e Tiago Meireles Ribeiro (Iniciativa Liberal), com de 1 a 3%

A disputa de Coimbra alimentou as atenções ao longo das últimas semanas, com PS (que concorreu com Manuel Machado, atual presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses) e PSD (que concorreu com José Manuel Silva numa coligação alargada com CDS, Partido Popular Monárquico, VOLT, RIR e Aliança) taco a taco nas sondagens e sem que nenhum se conseguisse superiorizar de forma clara.

Numa primeira reação aos resultados, o diretor da campanha Juntos Somos Coimbra, António Maló de Abreu, veio reclamar a vitória da Câmara de Coimbra por maioria absoluta. “Com toda a certeza, podemos dizer que ganhámos estas eleições com uma maioria absoluta, o que era fundamental para dar a volta a Coimbra“, afirmou ao mesmo tempo que os apoiantes gritavam “vitória” na sala. Para o responsável, o resultado trata-se de “uma grande vitória da coligação e de quem a encabeça, José Manuel Silva, que é o futuro presidente da Câmara de Coimbra”.

Do lado dos socialistas, Carlos Cidade, líder da distrital do partido e vice de Manuel Machado na autarquia coimbrense, foi o primeiro a pronunciar-se, dizendo que “projeções são projeções” e que a comitiva do PS iria “aguardar” os resultados “com toda a serenidade”. Cerca de hora e meia mais tarde, foi a vez de Manuel Machado, candidato derrotado se pronunciar, sem dar, ainda assim, sinais de que abandonará a vida política — “não é hora da despedida”, disse.

“Quero que isto fique registado. Obrigado a todos. Sintam-se, como eu me sinto, honrado pelo trabalho feito“, afirmou o socialista. “O povo votou, eu sou democrata. Não vou estar com recriminações.”

A vitória em Coimbra será um grande trunfo para Rui Rio no seu objetivo de manter a liderança do partido, a qual, já se sabe, deverá ser altamente contestada nas próximas semanas e até nos próximos meses.

A seu favor teve, nas urnas, a recém confirmada transferência do Tribunal Constitucional para Coimbra, uma mudança que surge na sequência de uma proposta do PSD apresentada no Parlamento.

Do lado do PS, a promessa eleitoral de António Costa de construir uma nova maternidade na cidade logo após as eleições foi também um dos temas mais marcantes destas autárquicas, com os partidos da oposição a acusarem o secretário-geral dos socialistas de se comprometer com o que não pode cumprir e a relembrar que a infraestrutura já fazia parte do programa eleitoral do PS nas legislativas de 2019, quando Marta Temido, ministra da Saúde, foi cabeça de lista pela cidade.

  ARM, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Empresa alemã explodiu o seu próprio foguetão

A Rocket Factory Augsburg (RFA), uma startup alemã, terminou recentemente um teste de pressão criogénica destrutiva a um dos seus foguetões - o RFA One. A Rocket Factory Ausgburg realizou um teste a um dos seus …

Visitas hospitalares devem apresentar certificado digital ou teste negativo

Quem visitar um doente internado ou acompanhar um utente nos serviços do SNS vai ter de apresentar o certificado digital ou um resultado negativo de um teste à covid-19, segundo uma orientação da Direção-Geral da …

Medina renuncia a cargo de vereador para facilitar a vida a Moedas

Numa carta enviada à Assembleia Municipal, Fernando Medina afirma que a sua saída ajuda ao funcionamento do executivo municipal de Carlos Moedas, novo presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Depois de uma derrota inesperada na …

Resposta britânica à pandemia foi "dos maiores fracassos de sempre"

Um relatório do Parlamento britânico sobre a gestão pandémica no Reino Unido arrasa os esforços do executivo britânico no sentido de impedir a propagação do vírus no início da pandemia. Segundo a visão dos parlamentares, a …

PGR abre inquérito a caso de jovem agredido no Porto que acabou por morrer

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu um inquérito para investigar o caso do rapaz de 23 anos que foi espancado na Baixa do Porto, na madrugada de domingo, e que acabou por morrer no hospital, …

Podia ser anedota, mas não é: equipa marcou 4 auto-golos, de propósito

Jogadoras de futsal do Banfield estavam a vencer por 2-0 quando decidiram perder propositadamente. Tudo a pensar nos play-offs. Quem abrir este artigo e analisar este vídeo, pode pensar que isto foi filmado propositadamente para os …

Portugal vai receber 6,1 milhões de vacinas até ao final do ano

Portugal vai receber cerca de 6,1 milhões de vacinas contra a covid-19 até final do ano, dispondo de doses suficientes para voltar a vacinar toda a população, caso seja necessário, anunciou hoje o coordenador da …

Objeto de Hamilton. Galáxia "dupla" intrigou astrónomos durante anos

O nosso Universo esconde vários objetos estranhos, desde estrelas em explosão a galáxias em colisão. O Hubble encontrou o que parece ser um par de objetos idênticos, tão estranhos que os astrónomos demoraram vários anos …

Neymar, de novo: "Aquilo foi uma declaração terrível para o PSG"

Jérôme Rothen avisou: Neymar disse que vai deixar o futebol depois do Mundial e pode ter que enfrentar consequências. Neymar, Neymar, Neymar. O jogador brasileiro mais falado por estes dias (e em muitos outros períodos). Desta …

Portugal regista mais 719 casos de covid-19 e oito mortos. Internamentos descem

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais oito mortes e 719 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2. O número de pessoas internadas volta a descer. O boletim epidemiológico desta terça-feira informa que há menos 11 pessoas …