“Absolutamente determinantes.” Autárquicas de 2021 vão ser a prova de fogo de Rui Rio

Miguel A. Lopes / Lusa

O presidente do PSD, Rui Rio

Rui Rio foi reeleito presidente do PSD este sábado, mas tem pela frente vários desafios. O maior deles todos serão as autárquicas de 2021 que vão ditar muito do seu futuro político. 

Rui Rio mostrou-se disponível para unir o partido, mas colocou em cima da mesa as suas condições: “seriedade e lealdade”. Além disso, avisou que, ao contrário de há dois anos, vai avançar com uma lista própria, sem apoiantes de Luís Montenegro e Miguel Pinto Luz.

Os dois ex-candidatos poderão influenciar a maioria do Conselho Nacional, mas terão de mobilizar as suas tropas no congresso de 7 a 9 de fevereiro para eleger os seus representantes naquele órgão máximo entre congressos. Ainda assim, fontes próximas do líder disseram ao Diário de Notícias que é pouco provável que as tropas de Montenegro e Pinto Luz abram uma nova frente de guerra a Rio.

No mesmo congresso, poderá também ficar a saber-se quem Rui Rio escolhe para o substituir na direção do grupo parlamentar, sendo o nome mais falado o de Adão Silva, vice-presidente da bancada social-democrata.

Para já, o desafio que Rui Rio tem para frente é o debate do Orçamento do Estado para 2020, depois de ter anunciado o voto contra. Neste âmbito, o social-democrata prometeu que a sua bancada não irá desvirtuar a proposta de Orçamento e tem-se comprometido apenas com uma medida: a redução do IVA para eletricidade.

Mas “estes desafios são pequenos se comparados com os que terá pela frente nas urnas”, disse ao DN uma fonte social-democrata, referindo-se às regionais dos Açores desde ano,  cujo candidato do partido é o vice-presidente José Manuel Bolieiro.

No entanto, a verdadeira prova de fogo trava-se em 2021. Se perder nos Açores este ano, ninguém lhe levará a mal, dado que as eleições autárquicas têm um maior peso de responsabilidade.

Rui Rio estabeleceu como meta mais câmaras e mais mandatos autárquicos, sabendo que é quase impossível passar à frente do PS nessa corrida eleitoral. Em 2017, os socialistas conseguiram 159 municípios e os sociais-democratas apenas 98, e as duas maiores câmaras, Porto  Lisboa, não são do PSD.

Desta forma, uma das maiores metas apontadas pelo líder social-democrata é a conquista da Câmara de Lisboa. O nome de que se faça para encabeçar a lista do partido é a de Filipa Roseta, que liderou a lista de candidatos à Assembleia da República nas legislativas de outubro.

“As eleições autárquicas são absolutamente determinantes para o futuro político de Rio, mas também do PSD”, sublinha a mesma fonte, ouvida pelo matutino.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Estou satisfeito por si sr. Rui Rio e não é por gostar do PSD, mas sim por me rever de algum modo nos princípios que defende mas, principalmente, por detestar a arrogância e o cinismo daquele senhor Montenegro que foi o rosto parlamentar da política que desgraçou as famílias, arruinou as pequenas e médias empresas e lançou o caos nos serviços públicos.

  2. Se continuar com o mesmo pacifismo e comodismo certamente não irá longe, não bastam boas intenções, é preciso pô-las em prática!.

  3. Senhor Rui Rio é para convencer os eleitores das propostas para o País e como as vai pôr em prática, se é para continuar no dizer mal de tudo sem apresentar a sua alternativa não vai convencer os eleitores, pode é convencer que a abstenção suba mais, os portugueses precisam é de soluções de saber que soluções e como as vai pôr em prática, lavar roupa suja os eleitores lavam na máquina de lavar roupa ou no tanque.

Valência chega a acordo com Diogo Leite. Saída do FC Porto estará quase consumada

O Valência tem 20 milhões de euros para oferecer ao FC Porto em troca do defesa-central Diogo Leite, com quem já terá chegado a acordo. De acordo com o jornal desportivo A Bola, Diogo Leite já …

Jornais espanhóis fazem boicote às "conferências-farsas" do Governo

Os jornais espanhóis, como o Libertad Digital, o El Mundo, o ABC e o Vozpópuli, estão a boicotar as conferências de imprensa do governo de Espanha, acusando-o de filtrar as perguntas dos meios de comunicação. Tudo começou …

Número diário de óbitos desce em Espanha. Mais um campo de refugiados grego em quarentena

Em Espanha, o número diário de óbitos por infeção de covid-19 tem mantido uma tendência de subida. Já na Alemanha, há menos casos, mas mais mortes. Espanha continua a manter a tendência de descida do número …

Trump diz que o pior está para vir (mas admite aliviar restrições para ir à missa na Páscoa)

Este sábado, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu que o pior ainda está para vir e que ainda “vai haver muitas mortes". Depois, disse que está a pensar aliviar as restrições para permitir …

Covid-19. Mais 754 casos de infeção e 29 mortes em Portugal

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Deral da Saúde (DGS) este domingo, há 11.278 infetados por covid-19 em Portugal e 295 óbitos. O número de infetados por covid-19 subiu, este domingo, para um total …

Inspetores do SEF suspeitos de assassinar ucraniano foram identificados em carta anónima

Os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) suspeitos de assassinar um ucraniano no aeroporto de Lisboa foram identificados numa carta anónima enviada à Polícia Judiciária (PJ). De acordo com o semanário Expresso, a …

Avião fretado pelo Estado aterra em Lisboa com 20 toneladas de equipamento médico

Um avião fretado pelo Estado português chegou este sábado a Lisboa com equipamento médico proveniente de Pequim, incluindo 144 ventiladores e máscaras de proteção respiratória, destinados ao Sistema Nacional de Saúde (SNS), informou a embaixada …

Marinha venezuelana divulga vídeo editado sobre colisão com cruzeiro português

A Marinha venezuelana divulgou, este sábado, um vídeo editado sobre a colisão entre o cruzeiro de bandeira portuguesa "Resolute" e uma embarcação da Marina da Venezuela, "Naiguatá GC-23", ocorrido a 30 de março. O vídeo, de …

PCP quer alargar apoio para recibos verdes aos sócios-gerentes e fundo de apoio às pequenas empresas

O PCP considerou este sábado insuficientes as medidas do Governo de resposta económica à pandemia de covid-19 e defende que o apoio previsto para recibos verdes deveria ser alargado aos sócios-gerentes, um fundo público de …

Governo admite aumentar apoios às empresas (e injetar mais dez mil milhões na economia)

O Ministério da Economia, ouvido pela TSF, admitiu, este sábado, aumentar o apoio às empresas e à economia, de 3 para 13 milhões de euros. De acordo com a TSF, o Ministério da Economia pediu autorização …