PSD também vai propor redução do IVA da luz (mas “sem desvirtuar” o Orçamento)

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

Esta quarta-feira, o líder social-democrata, Rui Rio, anunciou que o partido irá propor a redução do IVA para a eletricidade, mas prometeu que o PSD não vai desvirtuar a proposta de Orçamento do Estado para 2020.

À margem de uma visita a uma Unidade de Saúde Familiar, em Lisboa, Rui Rio garantiu que a disputa interna do partido não vai atrasar as propostas orçamentais a especialidade, que estão a ser preparadas.

“Aquela que eu já referi que possa ter relevo político nacional é a questão da redução do IVA da eletricidade, essa faremos”, sublinhou o líder do PSD, avisando que a proposta não pode desvirtuar a proposta orçamental do Executivo.



O PSD junta-se ao Bloco de Esquerda e ao PCP, partidos que já apresentaram propostas para baixar a taxa do IVA sobre a eletricidade e gás natural. O Bloco apresentou, contudo, uma proposta mais moderada no impacto orçamental: em vez de baixar já o IVA para 6%, os bloquistas propõem uma descida faseada – primeiro para 13% em junho de 2020, e só para a taxa reduzida de 6% em 2022.

Segundo o Observador, as declarações de Rio dão a entender que o PSD deverá apresentar uma alternativa que limita também a perda de receita neste imposto. “Todas as propostas que viremos a fazer é com sentido de responsabilidade. Sentido de responsabilidade é perceber que este Orçamento é de um Governo que não é do PSD, é um Orçamento que aparece já construído”, disse ainda o recandidato à liderança.

“É lícito que a oposição faça algumas propostas emblemáticas que tentem marcar uma posição política, mas não é lícito que queira desvirtuar completamente o Orçamento a apresentar 1001 propostas”, acrescentou.

Na área da Saúde, Rui Rio apontou como principal problema “a otimização da gestão”, que classificou como “fraquíssima”. “Obviamente que, havendo mais dinheiro para a Saúde, é melhor, mas os problemas de funcionamento são um problema de gestão. Não adianta atirar com dinheiro para cima da Saúde se não se tomarem as medidas de gestão necessárias”, considerou.

Na próxima sexta-feira, véspera da segunda volta das eleições internas no PSD, Rui Rio irá reunir-se com a Ordem dos Médicos, no Porto, para fazer uma avaliação de problemas no setor.

Questionado ainda sobre os reparos feitos esta quarta-feira pela Comissão Europeia sobre a proposta de Orçamento – que aponta risco de incumprimento das regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento – o líder dos sociais-democratas referiu que são semelhantes aos alertas que o PSD tem feito.

“Temos referido que a carga fiscal tem vindo permanentemente a aumentar. Podemos dizer de outra forma, que a despesa pública tem vindo a aumentar relativamente ao produto, que é o que preocupa a Comissão Europeia. Estados todos a dizer mais ou menos a mesma coisa”, atirou.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E nas alterações apresentam onde ir buscar o dinheiro que se deixa de receber na baixa de impostos? Eu quero pagar menos de impostos mas quero saber também onde me vão cortar para poderem baixar os impostos, o dinheiro não é elástico, para cortar num lado algum lado terá de ser prejudicado sabendo todos nós que nas mordomias aos políticos, e cortar nas clientelas politicas não é o forte dos nossos políticos só resta cortarem nos mais fracos, propor baixa de impostos é bonito e populista, mas dizer onde ir buscar o dinheiro para as necessidades do País é que a porca torce o rabo .

RESPONDER

Iémen. Escassez de alimentos empurra 16 milhões de pessoas para a fome, revela ONU

Pelo menos 5 milhões de pessoas no Iémen estão à beira da fome e outros 16 milhões estão "a caminhar para a fome", num país dilacerado pela guerra civil. O Programa Mundial de Alimentos (WFP, na …

Presidente da Tunísia governará por decreto, ignorando partes da constituição

O Presidente da Tunísia, Kais Saied, declarou que governará por decreto e ignorará partes da constituição, enquanto se prepara para mudar o sistema político, gerando críticas imediatas da oposição. Desde 25 de julho, dia em que …

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …

Junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, diz especialista da ONU

A junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, incluindo crianças com 20 semanas de idade, segundo o relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) destacado para o país, …

Regiões portuguesas entre as que mais colocaram trabalhadores em teletrabalho

  Apesar dos números elevados registados em Portugal, futuro do modelo está ainda em aberto, face à preferência dos patrões em ter os funcionários a trabalhar em ambiente de escritório. De acordo com dados revelados pelo Eurostat, …

Reino Unido em choque. Sabina Nessa pode ter sido assassinada por um estranho ainda em liberdade

Sabina Nessa, de 28 anos, terá sido assassinada enquanto caminhava pelo Cator Park, no sudeste de Londres, na passada sexta-feira. O percurso da sua casa até a um bar ia demorar apenas cinco minutos, mas …

A corrida a secretário-geral da UGT terá dois candidatos

É a primeira vez que a corrida à liderança da UGT conta com dois candidatos: além de José Abraão, atual dirigente da Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap), Mário Mourão, presidente do Sindicato dos …

Colapso da Evergrande. China pede a governos regionais que se "preparem para a possível tempestade"

As autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais para se prepararem para um possível colapso da Evergrande. O The Wall Street Journal noticia, esta quinta-feira, que as autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais …