PSD também vai propor redução do IVA da luz (mas “sem desvirtuar” o Orçamento)

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

Esta quarta-feira, o líder social-democrata, Rui Rio, anunciou que o partido irá propor a redução do IVA para a eletricidade, mas prometeu que o PSD não vai desvirtuar a proposta de Orçamento do Estado para 2020.

À margem de uma visita a uma Unidade de Saúde Familiar, em Lisboa, Rui Rio garantiu que a disputa interna do partido não vai atrasar as propostas orçamentais a especialidade, que estão a ser preparadas.

“Aquela que eu já referi que possa ter relevo político nacional é a questão da redução do IVA da eletricidade, essa faremos”, sublinhou o líder do PSD, avisando que a proposta não pode desvirtuar a proposta orçamental do Executivo.

O PSD junta-se ao Bloco de Esquerda e ao PCP, partidos que já apresentaram propostas para baixar a taxa do IVA sobre a eletricidade e gás natural. O Bloco apresentou, contudo, uma proposta mais moderada no impacto orçamental: em vez de baixar já o IVA para 6%, os bloquistas propõem uma descida faseada – primeiro para 13% em junho de 2020, e só para a taxa reduzida de 6% em 2022.

Segundo o Observador, as declarações de Rio dão a entender que o PSD deverá apresentar uma alternativa que limita também a perda de receita neste imposto. “Todas as propostas que viremos a fazer é com sentido de responsabilidade. Sentido de responsabilidade é perceber que este Orçamento é de um Governo que não é do PSD, é um Orçamento que aparece já construído”, disse ainda o recandidato à liderança.

“É lícito que a oposição faça algumas propostas emblemáticas que tentem marcar uma posição política, mas não é lícito que queira desvirtuar completamente o Orçamento a apresentar 1001 propostas”, acrescentou.

Na área da Saúde, Rui Rio apontou como principal problema “a otimização da gestão”, que classificou como “fraquíssima”. “Obviamente que, havendo mais dinheiro para a Saúde, é melhor, mas os problemas de funcionamento são um problema de gestão. Não adianta atirar com dinheiro para cima da Saúde se não se tomarem as medidas de gestão necessárias”, considerou.

Na próxima sexta-feira, véspera da segunda volta das eleições internas no PSD, Rui Rio irá reunir-se com a Ordem dos Médicos, no Porto, para fazer uma avaliação de problemas no setor.

Questionado ainda sobre os reparos feitos esta quarta-feira pela Comissão Europeia sobre a proposta de Orçamento – que aponta risco de incumprimento das regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento – o líder dos sociais-democratas referiu que são semelhantes aos alertas que o PSD tem feito.

“Temos referido que a carga fiscal tem vindo permanentemente a aumentar. Podemos dizer de outra forma, que a despesa pública tem vindo a aumentar relativamente ao produto, que é o que preocupa a Comissão Europeia. Estados todos a dizer mais ou menos a mesma coisa”, atirou.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E nas alterações apresentam onde ir buscar o dinheiro que se deixa de receber na baixa de impostos? Eu quero pagar menos de impostos mas quero saber também onde me vão cortar para poderem baixar os impostos, o dinheiro não é elástico, para cortar num lado algum lado terá de ser prejudicado sabendo todos nós que nas mordomias aos políticos, e cortar nas clientelas politicas não é o forte dos nossos políticos só resta cortarem nos mais fracos, propor baixa de impostos é bonito e populista, mas dizer onde ir buscar o dinheiro para as necessidades do País é que a porca torce o rabo .

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …