Autarcas de Castelo Branco criaram ONG fantasma para receber subsídios

(c) Google Maps

Vários autarcas de Castelo Branco, incluindo o atual e o anterior presidente da câmara, criaram uma ONGD (Organização Não-Governamental de Desenvolvimento) de atividade “fantasma”. Apesar de não se reconhecer a atividade da instituição, esta beneficiou de vários fundos públicos.

De acordo com o jornal Público, que avança o caso nesta segunda-feira, a ONG, de nome “L’Atitudes – Associação para a Dinamização de Projetos e Redes Globais de Cooperação e Desenvolvimento – ONGD”, é totalmente desconhecida na região.

O matutino escreve que não se sabe que atividades realiza a instituição nem sequer quem são atualmente os seus sócios. A ONG “mais parece uma sociedade secreta”, observa o Público. Questionada pelo jornal, a direção da ONG, representada por um ex-vereador do PS na Câmara de Castelo Branco, recusa-se a dizer o que faz, a facultar o nome dos seus dirigentes, bem como os seus relatórios de atividades.

Apesar do desconhecimento, a associação recebeu um edifício camarário, onde está sediada, e 350 mil euros de apoios públicos nos últimos anos, segundo apurou o jornal.

Em 2014, foi a própria câmara de Castelo Branco que deu à ONG um donativo de 150 mil euros. De acordo com uma data datada do ano anterior a que o jornal teve acesso, o subsídio foi proposto pelo então presidente da câmara, Joaquim Morão.

O autarca justificou o pedido com a necessidade de realizar obras de requalificação na sede da L’Atitudes. De acordo com o Público, Mourão foi como autarca o autor da proposta de subsídio, sendo também presidente da associação beneficiária do subsídio.

No momento da votação, Morão ausentou-se da sala, mas os vereadores Luís Correia (atual presidente da câmara), Arnaldo Brás e João Carvalhinho votaram a favor. Estes três vereadores eram também sócios e dirigente da L’Atitudes, estando assim a aprovar um subsídio em causa própria.

O pedido de subsídio tinha sido dirigido a Morão pelo vice-presidente da associação, António Realinho, que era também diretor-executivo de uma outra associação criada pelo histórico socialista, a Adraces – esta com atividade conhecida desde os anos 90.

Os restantes 200 mil euros foram concedidos pelo Programa de Desenvolvimento Rural. De acordo com o ex-vereador João Carvalhinho, que falou ao Público sem mencionar qual o seu lugar na instituição, o custo total das obras e da aquisição de móveis e computadores foi de 368.189 euros (com IVA), dos quais 150 mil foram pagos pela câmara e 200 mil pelo Proder (Programa de Desenvolvimento Rural).

Contactado pelo Público, o Instituto Camões, entidade responsável pelo reconhecido das ONGD, disse que a L’Atitudes “não está registada como ONGD e nunca solicitou a obtenção deste estatuto jurídico”.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Já o marocas para receber milhares criou a tal fundação. A xuxalhada sempre pecou por este tipo de vigarices.
    Mas sobretudo naquele município de Castelo Branco aquilo tem andado a saque. Lembram-se daquele comadantante da ANPC (socialista), ligado à tragédia de Pedrógão, que dizia que tinha uma licenciatura ? Afinal era mais uma vigarice do tipo “licenciatura dominical socrática”

  2. Eu pergunto, onde pára a justiça deste país que tantos recursos consome ao erário público?
    Como podemos acreditar e confiar num sistema judiciário e judicial que permite todo o tipo de falcatruas sem que se veja alguma actividade para as deter ou delatar?
    Será que as gentes que deveriam prover a seriedade e honestidade comem do mesmo saco?
    Só assim se compreende uma tão grande inactividade no cumprimento dos seus deveres de promover a justiça.
    Pobre país este que me viu nascer…

  3. Tudo preso!
    Comarcas e quem os controla, é uma vergonha!
    Estes casos apenas vêm a Público graças aos órgãos de comunicação social.
    É triste viver num Pais onde a comunicação social faz o papel das autoridades.

  4. E, a dança continua.
    Cada cavadela, mais um novelos de minhocas.
    Isto um dia vai ter de parar.
    E quem vai pagar a factura, são os de sempre.
    Vergonha

  5. CA, é isso mesmo as nossas autoridades são o jornalismo se não nada sabíamos, porque não interessa á politica, mas mais uma vez sem chegar a politiquiçes, estes (geringoça) é uma desgraça com interesse, não há investimento nenhum só para os da laia deles.

  6. Este Senhor REALINHO encontra-se atualmente a cumprir pena de prisão, por burla.
    São sempre os mesmos e o governo nada faz.

RESPONDER

Rússia ameaça retaliar face às sanções "hostis" do Reino Unido

A Rússia ameaçou responder às sanções "hostis" anunciadas por Londres contra 59 pessoas e entidades, 25 delas russas. A Rússia vai responder às sanções "hostis" anunciadas pelo Governo britânico contra 49 pessoas e organizações, 25 das …

Ministério dispensa quase todos os alunos da renovação de matrículas (após ataques informáticos e o desespero dos pais)

As matrículas online são agora obrigatórias apenas para os alunos que no próximo ano lectivo vão iniciar os 5.º, 7.º e 10.º anos de escolaridade. O anúncio é feito pelo Ministério da Educação depois das …

"Estavam prontos para bater". Atleta Ricardo dos Santos vai processar polícia londrina

O atleta português Ricardo dos Santos disse na segunda-feira que não demorou mais de 20 segundos a parar o carro, quando lhe foi pedido pelas autoridades em Londres, e garantiu que vai processar a polícia …

Motorista de autocarro em morte cerebral depois de agressões de passageiros em França

Um motorista de autocarro foi declarado em morte cerebral esta segunda-feira, em França, depois de ter sido agredido no domingo por passageiros a quem recusou a entrada no transporte público. No domingo à noite, um motorista …

Erro de laboratório origina 20 casos em dois clubes da Liga búlgara

Vinte pessoas estão infetadas com o novo coronavírus, após um futebolista com covid-19 ter participado no duelo entre o Cherno More e o Tsarko Selo, da Liga búlgara, devido ao erro de um laboratório, foi …

Soleimani foi assassinado de forma "ilegal e arbitrária", considera perita da ONU

A relatora especial da ONU, Agnes Callamard, considera que os Estados Unidos não apresentaram provas suficientes para justificar o ataque. Uma especialista da ONU concluiu que o general iraniano Qasem Soleimani, morto num raide norte-americano …

Bolsonaro infetado com covid-19

A imprensa brasileira confirmou, esta terça-feira, que o Presidente Jair Bolsonaro está infetado com covid-19. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou positivo à covid-19. De acordo com a Globo, a informação foi avançada pelo próprio, …

Costa avisa que vem aí a "fase mais crítica" dos incêndios e pede prevenção

O primeiro-ministro participou numa reunião de acompanhamento e monitorização sobre prevenção e combate a fogos florestais e advertiu, esta terça-feira, que Portugal entra agora na fase mais crítica. Esta terça-feira, o primeiro-ministro advertiu que Portugal entra …

"Fracasso" no combate à covid-19. Diretora de Saúde de Israel demite-se

Siegal Sadetzki, diretora dos serviços públicos do Ministério da Saúde de Israel, denunciou o "fracasso" das autoridades em retardar a propagação da covid-19 no país, apresentando a sua demissão. Uma responsável do Ministério da Saúde de …

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação, no âmbito do concurso externo imposto ao Estado pela União Europeia. Mais de 800 professores passaram a integrar os quadros do Ministério da Educação através …