Áustria pode ficar sem Governo. Chanceler enfrenta moção de censura

Florian Wieser / EPA

O chanceler austríaco, Sebastian Kurz, vai enfrentar na segunda-feira uma moção de censura no Parlamento na sequência do escândalo do vídeo que envolveu o seu antigo parceiro de coligação, o partido de extrema-direita FPÖ.

Kurz arrisca ver-se afastado do Governo e o país ficar entregue a um governo de gestão até à tomada de posse do Executivo que sair das eleições antecipadas marcadas para setembro.

A moção foi apresentada pelo mais pequeno partido com assento parlamentar (o ecologista de esquerda Jetzt (Já), com sete lugares em 183, na sequência da saída dos ministros do partido de extrema-direita que governava há 17 meses com Kurz.

O FPÖ caiu em desgraça após a divulgação, na sexta-feira passada, de um vídeo em que o seu líder e vice-chanceler, Heinz-Christian Strache, foi apanhado a discutir formas de contornar a lei de financiamento dos partidos em troca de potenciais contratos públicos inflacionados a uma suposta milionária russa, e ainda meios para controlar os media na Áustria.

A divulgação das imagens de parte da conversa provocou um enorme sentimento de vergonha e protestos espontâneos em Viena. O chanceler, Sebastian Kurz, quebrou a coligação e pediu eleições antecipadas. Está a ser muito criticado por ter formado governo com o FPÖ, por não ter desistido da coligação mais cedo depois de sinais de alarme.

O Presidente, que é quem demite membros do Governo, seguiu a recomendação de Kurz e afastou esta terça-feira o ministro do Interior, Herbert Kickl. Os restantes ministros do partido demitiram-se em protesto pelo afastamento de Kickl, o dos Transportes, Norbert Hofer e ainda os titulares da Defesa e Assuntos Sociais.

A ministra dos Negócios Estrangeiros, Karin Kneissl, independente mas nomeada pelo FPÖ, mantém-se no cargo. Kneissl é uma as protagonistas da proximidade do partido com a Rússia: o FPÖ tem um acordo de cooperação formal com o partido Rússia Unida, no Governo russo.

Antes de sair, o ministro do Interior ainda assinou um regulamento impondo um limite máximo de 1,5 euros por hora para renumeração de trabalho voluntário feito por requerentes de asilo.

Os ministros vão ser substituídos por técnicos, e falando aos jornalistas ao lado do chanceler, o Presidente, Alexander Van der Bellen, aconselhou serenidade no meio da tempestade política na Áustria.

Quanto a Kurz, o seu destino na segunda-feira, o dia após as eleições europeias, poderá ser definido pelo Partido Social-Democrata (SPÖ). Tirando a extrema-direita, que já anunciou que votará a favor da moção, os social-democratas e os liberais ainda não disseram o que planeiam fazer. O SPÖ tem criticado Kurz e apoiado a ideia de um governo de transição novo até às eleições. Três meses com um governo deste género seria uma situação sem precedentes no país.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

ESA prepara-se para intercetar pela primeira vez um cometa puro

A Agência Espacial Europeia (ESA) desenvolveu um projeto que visa intercetar um cometa puro - um corpo celeste que nunca passou pelo Sistema Solar -, quando este se aproximar da órbita da Terra em meados …

Astrónomos encontraram uma nova (e surpreendente) cratera em Marte

Marte não se "magoa" facilmente mas, quando acontece, o resultado pode ser quase comparado a uma obra de arte. Uma cratera, descoberta em abril pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), é a prova disso. Notável não só …

Elon Musk alerta: Civilização pode colapsar daqui a 30 anos

De acordo com Elon Musk, uma "bomba populacional" vai surgir nas próximas décadas, quando uma população mundial cada vez mais idosa chocar com a queda das taxas de natalidade em todo o mundo. Esta não é …

O mundo árabe está menos religioso. Mas continua homofóbico

Há cada vez mais árabes que dizem não ter religião. Esta é a principal conclusão de uma grande sondagem feita a mais de 25 mil cidadãos de países árabes pelo centro de pesquisa Arab Network …

Tina morreu durante 27 minutos e foi ressuscitada 8 vezes. Quando acordou, escreveu "é real"

Uma mulher norte-americana entrou em paragem cardíaca em fevereiro de 2018 quando se preparava para fazer uma caminhada com o seu marido Brian. Depois de desmaiar, Brian ressuscitando-a duas vezes antes de os paramédicos chegarem para …

"Homem-árvore" pede que as suas mãos sejam amputadas

Abul Bajandar, um homem de 28 anos do Bangladesh conhecido como "Homem-árvore" devido às incomuns verrugas que nascem nos seus membros, pediu que as suas mãos fossem amputadas para aliviar as dores insuportáveis.  Bajandar sofre de …

EUA. Senadores republicanos do Oregon fogem para não aprovar lei ambiental

Senadores estaduais do Oregon, nos Estados Unidos (EUA), encontram-se a monte desde quinta-feira para não votarem uma lei ambiental. Procurados pela polícia, voltaram este domingo a faltar a uma sessão legislativa, impedindo que haja quórum …

O planeta enfrenta um "apartheid climático"

O planeta está confrontado com um “'apartheid' climático”. De um lado, os ricos que se podem adaptar melhor às alterações climáticas, e do outro, os pobres que vão sofrer mais, disse esta segunda-feira um especialista …

Governo repõe 40 horas semanais para trabalhadores do CNB. Greve mantém-se

A partir de 1 de julho, os trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado (CNB) voltarão às 40 horas semanais, numa uniformização laboral com os trabalhadores do Teatro Nacional de São Carlos. A decisão foi comunicada, esta …

Nova espécie de planta fóssil descoberta em Gondomar

Annularia noronhai foi encontrada no meio da cidade de Gondomar. Tem 300 milhões de anos, é um parente muito afastado da cavalinha e diz muito sobre o clima da época. Uma nova espécie de planta já …