Atrasos na vacina da Pfizer condicionam vacinação de doentes de risco entre os 65 e os 79

A vacinação de doentes de risco entre 65 e os 79 anos está condicionada pela chegada de mais vacinas da Pfizer. Na união Europeia, Portugal é o quinto país com a percentagem mais elevada de doses de vacinas contra a covid-19 administradas relativamente ao total das distribuídas.

As pessoas entre os 65 e os 79 anos com patologias associadas a maior risco de doença grave e mortalidade por covid-19 são o grupo que menos vacinas tem recebido. Esta situação deve-se à atual estratégia de vacinação em Portugal e pela consequente falta de vacinas da Pfizer, avança o Público.

Tendo em conta que as doses da vacina da Pfizer-BioNtech estão a ser canalizadas para os idosos a partir dos 80 anos, e dado que a vacina da AstraZeneca não é recomendada a maiores de 65, este grupo prioritário vai ter que aguardar até à chegada de um grande volume de doses da vacina da Pfizer, que só deverá ocorrer a partir de Abril.

Contudo, a Ordem dos Médicos defendeu, na quarta-feira, a administração da vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos, alegando que existem dados “suficientemente robustos” para que tal possa acontecer.

Ontem, a comissão de vacinas alemã aprovou a administração da vacina da AstraZeneca a pessoas com mais de 65 anos, alterando a anterior decisão, à semelhança do que já fizeram a França, a Bélgica e também a Suécia.

Este cenário ainda permanece em estudo em Portugal.

Por outro lado, a percentagem de idosos com mais de 80 anos com pelo menos uma dose da vacina já é superior a 34%. Os dados da DGS, divulgados esta terça-feira, apontam para mais de 282 mil doses administradas nesta faixa etária. Este é o grupo etário que mais tem subido: há duas semanas, apenas 12% tinham recebido a vacina.

Portugal adquiriu cerca de 22 milhões de doses de várias vacinas contra a covid-19. A compra faz parte de um acordo entre a União Europeia e seis farmacêuticas. Para já, há três vacinas aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento e que estão a ser administradas em Portugal: BioNTech/Pfizer, Moderna e AstraZeneca.

Aguardam aprovação as vacinas da Janssen (decisão prevista para março), da CureVac e da Sanofi/GSK.

A União Europeia concluiu ainda negociações exploratórias com mais dois laboratórios: a Novavax (em ensaio clínico da fase 3) e a Valneva, diz o Expresso.

A segunda toma da vacina contra a covid-19 deve acontecer três semanas após a administração da primeira dose.

  Ana Isabel Moura //

PARTILHAR

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …