Atletismo russo banido dos Jogos Olímpicos

Marcello Casal Jr / ABr

-

O Conselho da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) decidiu expulsar as equipas de atletismo da Rússia dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A IAAF reuniu-se em Viena para decidir sobre a participação dos atletas russos nos Jogos do Rio de Janeiro, no seguimento de vários escândalos de doping nos últimos meses, que levaram à suspensão da federação russa.

Em causa estão os testes positivos em controlos de antidoping a vários atletas a acusação de um esquema para beneficiar os atletas russos prevaricadores.

O organismo entendeu que a Rússia não fez o suficiente para restaurar a confiança na integridade dos seus atletas, e não foram levados a cabo esforços suficientes para que fosse assegurado que estes incidentes não voltariam a suceder.

A decisão final irá caber ao Comité Olímpico Internacional, que se irá reunir na próxima terça-feira para debater o assunto, mas segundo o New York Times é pouco provável que venha a contrariar a decisão da federação internacional.

Tudo aponta para que a Rússia recorra da decisão para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), já que os atletas entendem que os seus direitos estão a ser violados.

Dificuldade de controlos

Esta quarta-feira, a Agência Mundial Antidopagem (AMA) divulgou um relatório demolidor sobre o trabalho recentemente desenvolvido na Rússia, referindo situações de ameaças, intimidação dos serviços secretos e grandes dificuldades para realizar controlos no país.

A AMA relata que agentes armados do FSB (serviços secretos russos) ameaçaram expulsar do país elementos das suas brigadas antidoping e cita casos de extrema dificuldade para se chegar a atletas residentes em cidades de difícil acesso.

O acesso foi pedido em fevereiro e só em maio foi garantido pela agência antidopagem russa (RUSADA), sem que, no entanto, tenham sido fornecidos documentos pelo ministério dos Desportos. Os controladores que tentaram a ir foram “vítimas de intimidação”, acusa a AMA, pelo que foi muito complicado avaliar o progresso da Rússia no combate ao doping.

Foram feitos 2.947 controlos entre 18 de novembro 2015 e 29 de maio de 2016, com 52 resultados anormais, dos quais 49 por meldonium, só que, no mesmo período, ficaram por fazer 736 controlos, um número considerado muito elevado pela AMA.

Entre outras situações, a AMA cita ainda os casos de amostras colhidas na Rússia e enviadas para laboratórios acreditados fora do país terem sido abertas pela alfândega russa.

Ainda esta sexta-feira, horas antes da decisão sobre a sua presença nos Jogos Olímpicos Rio2016, o governo russo apelou à IAAF para que levante a interdição de participação em competições internacionais imposta aos atletas russos.

“A Rússia fez tudo o possível para assegurar que os seus atletas participem nuns Jogos Olímpicos justos e limpos. Em função dos nossos esforços, peço-vos que reconsiderem a vossa posição sobre a suspensão dos nossos atletas”, afirmou o ministro russo dos Desportos, Vitali Moutko, em carta aberta dirigida à IAAF.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Está bem, deixem lá vir os atletas russos, qual é o problema?!

    Não há lugar a controlos anti-doping nos Jogos Olímpicos? Nessa ocasião logo se verá…

RESPONDER

Cisão no PSD da Guarda, com líder da concelhia a avançar como independente

O presidente da Comissão Política Concelhia da Guarda do PSD, Sérgio Costa, demitiu-se do cargo e anunciou hoje que é candidato independente à liderança da autarquia nas eleições autárquicas deste ano. "A partir deste momento, sou …

Em Espanha, Tiago Tomás é destacado como "o sucessor de Cristiano" no Sporting

Tiago Tomás foi figura de destaque numa reportagem do jornal espanhol AS, que aponta o jovem avançado como o "sucesso de Cristiano [Ronaldo]". Com apenas 18 anos de idade, Tiago Tomás destacou-se esta temporada ao agarrar …

"Raspadinha" do Património já está disponível

A lotaria do Património, iniciativa do Governo inicialmente prevista a para 2020, é lançada esta terça-feira, no Dia Internacional dos Museus. A lotaria instantânea do Património vai ficar disponível a partir desta terça-feira, Dia Internacional dos …

Já se sabe quem lutou nas antigas batalhas gregas de Hímera

Cientistas descobriram - com mais precisão - quem lutou nas antigas batalhas gregas de Hímera, que opuseram os gregos aos cartagineses. Uma equipa de investigadores analisou a composição química do esmalte dentário de 62 soldados que …

Ana Gomes acusa Marcelo de "respaldar" Sissoco Embaló, um "serventuário do terrorista Khadaffi"

O Presidente da República inicia, esta segunda-feira, uma visita à Guiné-Bissau. Ana Gomes critica Marcelo Rebelo de Sousa por "respaldar" Umaro Sissoco Embaló, Presidente guineense. Com esta visita, Marcelo Rebelo de Sousa vai "respaldar" Umaro Sissoco …

20 anos depois, o campeão improvável é um dos aflitos (com muitos "anticorpos" pelo meio)

O Boavista conquistou o seu único título de campeão da I Liga portuguesa de futebol há 20 anos. Duas décadas depois, os tempos são bem diferentes e os axadrezados lutam para fugir à despromoção. O Boavista …

Cavaco entrou em choque com Rio. Reforma das Forças Armadas vai a debate (e deve passar)

Esta terça-feira, chega à Assembleia da República a reforma das Forças Armadas, que será debatida em plenário e tem, à partida, aprovação garantida. No domingo, Aníbal Cavaco Silva veio a público dizer que seria "chocante" ver …

Abacates contêm substância que pode ajudar a combater a leucemia

Um composto presente no abacate pode, em última análise, oferecer uma rota para um melhor tratamento da leucemia, refere um novo estudo da Universidade de Guelph. O composto tem como alvo uma enzima que os cientistas …

"Cumplicidade criminosa." Erdogan acusa Biden de ter sangue nas mãos

Durante décadas, Israel contou com os Estados Unidos como escudo diplomático. Agora, o apoio inabalável do país parece cada vez mais precário, com Joe Biden a ser alvo de críticas. O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, …

Aumenta pressão para cessar-fogo após novos bombardeamentos em Gaza

A comunidade internacional apela a que haja um cessar-fogo, mas continuam os ataques dos dois lados sem que se vislumbre um sinal de tréguas. Segundo a Al Jazeera, registaram-se dezenas de bombardeamentos israelitas contra Gaza já …