Atletismo russo banido dos Jogos Olímpicos

Marcello Casal Jr / ABr

-

O Conselho da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) decidiu expulsar as equipas de atletismo da Rússia dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A IAAF reuniu-se em Viena para decidir sobre a participação dos atletas russos nos Jogos do Rio de Janeiro, no seguimento de vários escândalos de doping nos últimos meses, que levaram à suspensão da federação russa.

Em causa estão os testes positivos em controlos de antidoping a vários atletas a acusação de um esquema para beneficiar os atletas russos prevaricadores.

O organismo entendeu que a Rússia não fez o suficiente para restaurar a confiança na integridade dos seus atletas, e não foram levados a cabo esforços suficientes para que fosse assegurado que estes incidentes não voltariam a suceder.

A decisão final irá caber ao Comité Olímpico Internacional, que se irá reunir na próxima terça-feira para debater o assunto, mas segundo o New York Times é pouco provável que venha a contrariar a decisão da federação internacional.

Tudo aponta para que a Rússia recorra da decisão para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), já que os atletas entendem que os seus direitos estão a ser violados.

Dificuldade de controlos

Esta quarta-feira, a Agência Mundial Antidopagem (AMA) divulgou um relatório demolidor sobre o trabalho recentemente desenvolvido na Rússia, referindo situações de ameaças, intimidação dos serviços secretos e grandes dificuldades para realizar controlos no país.

A AMA relata que agentes armados do FSB (serviços secretos russos) ameaçaram expulsar do país elementos das suas brigadas antidoping e cita casos de extrema dificuldade para se chegar a atletas residentes em cidades de difícil acesso.

O acesso foi pedido em fevereiro e só em maio foi garantido pela agência antidopagem russa (RUSADA), sem que, no entanto, tenham sido fornecidos documentos pelo ministério dos Desportos. Os controladores que tentaram a ir foram “vítimas de intimidação”, acusa a AMA, pelo que foi muito complicado avaliar o progresso da Rússia no combate ao doping.

Foram feitos 2.947 controlos entre 18 de novembro 2015 e 29 de maio de 2016, com 52 resultados anormais, dos quais 49 por meldonium, só que, no mesmo período, ficaram por fazer 736 controlos, um número considerado muito elevado pela AMA.

Entre outras situações, a AMA cita ainda os casos de amostras colhidas na Rússia e enviadas para laboratórios acreditados fora do país terem sido abertas pela alfândega russa.

Ainda esta sexta-feira, horas antes da decisão sobre a sua presença nos Jogos Olímpicos Rio2016, o governo russo apelou à IAAF para que levante a interdição de participação em competições internacionais imposta aos atletas russos.

“A Rússia fez tudo o possível para assegurar que os seus atletas participem nuns Jogos Olímpicos justos e limpos. Em função dos nossos esforços, peço-vos que reconsiderem a vossa posição sobre a suspensão dos nossos atletas”, afirmou o ministro russo dos Desportos, Vitali Moutko, em carta aberta dirigida à IAAF.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Está bem, deixem lá vir os atletas russos, qual é o problema?!

    Não há lugar a controlos anti-doping nos Jogos Olímpicos? Nessa ocasião logo se verá…

RESPONDER

Juventus é campeã pela oitava vez consecutiva. E Ronaldo estava lá

A Juventus conquistou este sábado a Serie A pela oitava vez consecutiva, depois de vencer em casa a Fiorentina por 2-1, em jogo da 33ª jornada. Poucos dias após a eliminação nos quartos de final da …

Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Mobilizados há mais de cinco meses, os "coletes amarelos" voltaram este sábado às ruas para o seu "acto XXIII" marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade. Tiros de gás lacrimogéneo, …

Porto vs Santa Clara | Dragão suficiente assume liderança

O FC Porto venceu hoje o Santa Clara por 1-0, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permite aos ‘dragões' regressarem, à condição, ao comando do campeonato. O FC Porto cumpriu …

Notre-Dame pode não ser a única. Vários monumentos em todo o mundo estão em risco

O incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, levantou questões sobre a forma como os órgãos responsáveis pelo património cultural realizam políticas de conservação e detetam possíveis problemas. Além disso, a Unesco indicou que vários locais de …

Hubble espreita aglomerado cósmico azul

Os enxames globulares são objetos inerentemente belos, mas o alvo desta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, Messier 3, é frequentemente reconhecido como um dos mais esplêndidos de todos. Contendo, incrivelmente, meio milhão de estrelas, …

Comer carne vermelha (mesmo moderadamente) aumenta risco de cancro do intestino

O maior estudo alguma vez realizado no Reino Unido sugere que devemos reduzir (ainda mais) o consumo de carne vermelha. Um estudo financiado pela Cancer Research UK e desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, …

Gémeas alemãs nascem com 3 meses de diferença (e em anos distintos)

Um hospital alemão anunciou na segunda-feira o caso de duas meninas que, apesar de serem gémeas, nasceram com três meses de diferença e em anos distintos. Com apenas 26 semanas de gravidez, a 17 de novembro …

Avião hospital da Luftwaffe levou doze feridos da Madeira para a Alemanha

Doze feridos do acidente com um autocarro turístico partiram hoje do Aeroporto da Madeira, cerca das 12:00, a bordo de um avião alemão equipado com meios hospitalares, com destino a Colónia, após operação de transferência …

Família desalojada e nove casas atingidas em queda de grua no Porto

Uma grua caiu hoje em cima de várias habitações na rua da Corticeira, na zona das Fontainhas, na cidade do Porto, mas não há feridos a registar, disse fonte dos Bombeiros Sapadores do Porto. A grua …

Mulheres são quase metade dos “100 mais influentes” da Time

Há 48 mulheres na lista das 100 personalidades mais influentes do mundo publicada esta quarta-feira pela revista norte-americana Time. A lista, publicada anualmente desde 2004, junta personalidades das mais diferentes áreas distribuídas por cinco categorias: “Pioneiros”, …