Astronautas regressam à Terra ao fim de quase um ano no Espaço

ISS / Twitter

Scott Kelly, Sergueï Volkov e Mikhaïl Kornienko regressam da Estação Espacial Internacional (EEI)

Três astronautas da Estação Espacial Internacional (EEI) regressaram esta quarta-feira à Terra após uma experiência que antecede uma potencial missão a Marte que envolveu o norte-americano Scott Kelly e o russo Mikhaïl Kornienko.

Bill Ingalls / NASA

O módulo Soyuz TMA-18M cai à Terra com Scott Kelly, comandante da Expedição 46, e os cosmonautas russos Mikhail Kornienko e Sergey Volkov

O cosmonauta russo Sergueï Volkov, o seu compatriota Mikhaïl Kornienko e o norte-americano Scott Kelly aterraram conforme previsto nas estepes do Cazaquistão pelas 4h27, anunciaram o centro de controlo russo e a NASA.

“O módulo Soyuz TMA-18M aterrou a 147 quilómetros da cidade de Zhezkazgan, região de Qarağandı, na República do Cazaquistão”, disse o representante do Centro de Controlo de Missão russo à RIA Novosti.

Kelly e Kornienko passaram 340 dias na EEI para preparar futuras missões a Marte, enquanto Sergueï Volkov esteve seis meses a bordo.

Durante a missão, a tripulação realizou uma série de experiências científicas que a NASA sublinha terem sido muito importantes para abrir caminho para uma missão tripulada a Marte.

Uma delas foi a primeira flor que cresceu no espaço, que Scott Kelly fotografou.

Além disso, os cientistas europeus enviaram para a Estação Espacial pequenos cogumelos que habitualmente crescem nas rochas da Antártida. O Cryomyces antarcticus e o Cryomyces minteri foram plantados a bordo da estação em condições semelhantes às de Marte. Passados 18 meses, mais de 60% das células dos cogumelos permaneceram intactas, ou seja, com o ADN a funcionar.

Os cosmonautas russos Yury Malenchenko e Sergueï Volkov realizaram uma caminhada espacial na EEI numa experiência para reparar a nave espacial, durante a qual tiraram fotos hipnotizantes, entre as quais uma das selfies mais espetaculares de sempre.

Scott Kelly espantou o mundo a jogar ping-pong nas condições de microgravidade, com duas pás hidrofóbicas e uma esfera de água.

Com uma câmera de resolução 4K, a equipa fez um vídeo impressionante de um comprimido efervescente a dissolver-se numa bola de água.

Scott Kelly tirou uma série de fotos da Terra de uma altitude de cerca de 400 quilómetros, revelando a beleza e a fragilidade do nosso planeta. Se quiser explorar as mais de mil fotos do astronauta da NASA, espreite o site Windows on Earth.

Scott Kelly fez até uma brincadeira com o seu colega britânico Tim Peake, perseguindo-o num fato de gorila.

Os membros da tripulação devem ser substituídos pelos russos Aleksey Ovchinin e Oleg Skripochka e pelo norte-americano Jeffrey Williams, que deverão subir a bordo da Soyuz TMA-20M a 19 de março.

AF, ZAP / SN

PARTILHAR

RESPONDER

Sousa Cintra nomeado presidente da SAD do Sporting

O antigo presidente do Sporting José Sousa Cintra foi nomeado para a presidência da SAD do clube, em substituição de Bruno de Carvalho, anunciou hoje a Comissão de Gestão do clube. O presidente da Comissão de …

Descoberta a primeira obra de Da Vinci (ou talvez não)

O primeiro trabalho pictórico do génio do Renascimento Leonardo da Vinci terá sido um azulejo datado de 1471, no qual está representado o Arcanjo Gabriel, anunciou esta quinta-feira o especialista de arte Ernesto Solari, que …

Deus é um estúpido filho da mãe, diz Duterte

Rodrigo Duterte, o presidente das Filipinas – país em que 86% da população é católica – referiu-se a Deus como um "estúpido filho da mãe" durante uma cimeira na cidade de Davao. Referindo-se ao conceito católico …

32 anos depois, a genealogia genética tramou o assassino de Michella

O mistério da agressão sexual seguida de homicídio de uma adolescente americana em 1986 foi resolvido, 32 anos depois graças a uma técnica inovadora da genealogia genética, anunciaram este domingo as autoridades do estado de …

Estrelas massivas podem obrigar-nos a rever toda a história do Universo

Para entender os padrões que deram forma às galáxias, é necessário estudar estrelas. Ao estudá-las, astrónomos e cientistas conseguem analisar as suas massas, nascimentos e mortes para melhor compreender a história do universo. O Observatório Europeu …

Bruno deixa de ser sócio (e adepto) do Sporting

O presidente do Sporting, destituído em assembleia-geral (AG) no sábado, Bruno de Carvalho, prometeu hoje deixar de ser sócio do clube na sequência daquilo que diz ter sido uma “golpada” que colocou de novo no …

Milhares em Londres pedem um segundo referendo ao brexit

O centro de Londres encheu-se este sábado de milhares de pessoas que se manifestaram  por um segundo referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia. “Queremos ter a palavra sobre o ‘brexit’”, gritou-se. Dois …

Para muitos, ir ao Rock in Rio é para "viver a experiência"

Há quem gaste 200 euros, quem não dispense um brinde e quem espere à sombra até ao concerto desejado. Para muitos dos espetadores, a ideia é viver “a experiência” do Rock in Rio Lisboa, que …

Francesa esteve detida 2 semanas por atravessar por engano fronteira EUA-Canadá

A francesa Cedella Roman, de 19 anos, passou o "maior susto da sua vida": foi detida pelo serviço de imigração norte-americano e esteve presa durante duas semanas num centro de imigrantes por ter atravessado acidentalmente …

Os buracos negros podem ser dois wormholes que colidiram

Quando dois wormholes colidem, são criadas ondulações no espaço-tempo. Esses ecos gravitacionais poderiam ser detetados por instrumentos futuros, fornecendo evidências de que essa hipotética colisão através do espaço-tempo existe mesmo. O Observatório de Ondas Gravitacionais por …