Astronautas regressam à Terra ao fim de quase um ano no Espaço

ISS / Twitter

Scott Kelly, Sergueï Volkov e Mikhaïl Kornienko regressam da Estação Espacial Internacional (EEI)

Três astronautas da Estação Espacial Internacional (EEI) regressaram esta quarta-feira à Terra após uma experiência que antecede uma potencial missão a Marte que envolveu o norte-americano Scott Kelly e o russo Mikhaïl Kornienko.

Bill Ingalls / NASA

O módulo Soyuz TMA-18M cai à Terra com Scott Kelly, comandante da Expedição 46, e os cosmonautas russos Mikhail Kornienko e Sergey Volkov

O cosmonauta russo Sergueï Volkov, o seu compatriota Mikhaïl Kornienko e o norte-americano Scott Kelly aterraram conforme previsto nas estepes do Cazaquistão pelas 4h27, anunciaram o centro de controlo russo e a NASA.

“O módulo Soyuz TMA-18M aterrou a 147 quilómetros da cidade de Zhezkazgan, região de Qarağandı, na República do Cazaquistão”, disse o representante do Centro de Controlo de Missão russo à RIA Novosti.

Kelly e Kornienko passaram 340 dias na EEI para preparar futuras missões a Marte, enquanto Sergueï Volkov esteve seis meses a bordo.

Durante a missão, a tripulação realizou uma série de experiências científicas que a NASA sublinha terem sido muito importantes para abrir caminho para uma missão tripulada a Marte.

Uma delas foi a primeira flor que cresceu no espaço, que Scott Kelly fotografou.

Além disso, os cientistas europeus enviaram para a Estação Espacial pequenos cogumelos que habitualmente crescem nas rochas da Antártida. O Cryomyces antarcticus e o Cryomyces minteri foram plantados a bordo da estação em condições semelhantes às de Marte. Passados 18 meses, mais de 60% das células dos cogumelos permaneceram intactas, ou seja, com o ADN a funcionar.

Os cosmonautas russos Yury Malenchenko e Sergueï Volkov realizaram uma caminhada espacial na EEI numa experiência para reparar a nave espacial, durante a qual tiraram fotos hipnotizantes, entre as quais uma das selfies mais espetaculares de sempre.

Scott Kelly espantou o mundo a jogar ping-pong nas condições de microgravidade, com duas pás hidrofóbicas e uma esfera de água.

Com uma câmera de resolução 4K, a equipa fez um vídeo impressionante de um comprimido efervescente a dissolver-se numa bola de água.

Scott Kelly tirou uma série de fotos da Terra de uma altitude de cerca de 400 quilómetros, revelando a beleza e a fragilidade do nosso planeta. Se quiser explorar as mais de mil fotos do astronauta da NASA, espreite o site Windows on Earth.

Scott Kelly fez até uma brincadeira com o seu colega britânico Tim Peake, perseguindo-o num fato de gorila.

Os membros da tripulação devem ser substituídos pelos russos Aleksey Ovchinin e Oleg Skripochka e pelo norte-americano Jeffrey Williams, que deverão subir a bordo da Soyuz TMA-20M a 19 de março.

AF, ZAP / SN

PARTILHAR

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …