Se for necessário líder, Assunção Cristas está “ao serviço do partido”

portugal.gov

A ministra da Agricultura, Assunção Cristas

A ministra da Agricultura, Assunção Cristas

Assunção Cristas, ministra da Agricultura, Mar e Ordenamento do Território, não exclui a possibilidade de vir a tornar-se líder do CDS-PP, apesar de insistir tratar-se de uma matéria que não a “ocupa, nem preocupa” e remeter o assunto para o futuro.

Em entrevista ao Observador, a governante afirmou que “se for necessária para isso [liderança], também estarei” ao serviço do partido “para aquilo que fosse necessário”, mas remeteu a decisão de substituir Paulo Portas na liderança para o futuro.

“Aquilo que eu tenho dito sempre é: primeiro, não é uma questão que se coloque e, portanto, mais uma vez pragmaticamente, não me ocupa e não me preocupa. Segundo, se se colocar, é, antes de mais, uma questão para o próprio CDS e para os militantes do CDS, de quem é que acham relevante” para assumir a liderança, afirmou.

Assunção Cristas sublinha preferir não perder o seu tempo a em criar “ruído” desnecessário, nem a lidar com “guerrinhas ou protagonismos”. “Não tenho paciência, [nem] tempo para isso”, explicou à jornalista Maria João Avillez.

Sobre o seu percurso como ministra do Governo de Passos Coelho, Assunção Cristas descreve como o mar acabou por se tornar a sua grande aposta, sendo no mar e na economia do mar que a ministra deposita as grandes expectativas de ver Portugal a crescer e a tornar-se um líder mundial.

Assunção Cristas mostrou-se também confiante de que a coligação PSD/CDS tem tudo para ganhar as próximas eleições legislativas – e mesmo para conseguir uma maioria absoluta. A ministra acredita que, depois de “quatro anos muito difíceis”, os portugueses irão reconhecer “a experiência e a credibilidade” de uma coligação que “não vai prometer aquilo que não pode cumprir”.

Na entrevista publicada esta segunda-feira, a governante lançou algumas farpas à orientação seguida pelo Partido Socialista, incidindo na figura do secretário-geral.

“Na minha perspetiva, o doutor António Costa cometeu um erro muito grande, que foi nunca ter feito uma revisão do que tinha corrido bem e do que tinha corrido mal na governação Sócrates”, considera a governante. “E, não sendo capaz de fazer essa triagem, apresentou agora medidas que, contas feitas, não batem certo. A nossa pergunta e a nossa perplexidade é pensar: como é possível apresentar-se aos portugueses desta forma?”.

A ministra afirma ainda que o destino das propostas da equipa de Miguel Centeno é o mesmo de 2011: crise profunda e troika em Portugal. “O discurso do António Costa tem sido: vamos repor os salários, vamos repor as pensões, vamos repor o IRS, vamos repor não sei o quê, a pergunta é, eu diria, vamos também repor a troika?”, perguntou em tom de ironia.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Bem que precisamos de cultivar batatas e Pimentos, agora com a nova cota de sardinha que a Sra ministra nos arranjou. Força Sra Ministra,… isto hoje em dia só é preciso descaramento e falta de vergonha…. siga o exemplo do Passos, foi o truque dele, – verá que lá chega.

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …