Associação presidida por António Costa também fez jantar no Panteão Nacional

Paulo Novais / Lusa

António Costa classificou como “absolutamente indigna” a iniciativa de realizar o jantar de encerramento da Web Summit no Panteão Nacional, mas quando o primeiro-ministro era presidente da Câmara de Lisboa, a Associação de Turismo a que também presidia organizou um evento naquele monumento.

A notícia foi avançada pela CMTV e entretanto confirmada pelo então director da Associação de Turismo de Lisboa (ATL), Vítor Costa.

Esse jantar organizado pela ATL no Panteão Nacional ocorreu a 11 de Setembro de 2013, segundo avança o Correio da Manhã, frisando que o evento visou promover o fado, contando com convidados de várias nacionalidades.

Na altura, o actual primeiro-ministro era presidente da Câmara de Lisboa e também presidente da ATL, mas Vítor Costa assegura ao Observador que “António Costa não foi consultado nem teve conhecimento” do evento.

Através do seu perfil do Facebook, Vítor Costa reforça aquela ideia, destacando que Costa “não foi consultado e não teve conhecimento, nem tinha que ter” do jantar organizado “no âmbito de uma acção promocional de rotina”.

O gabinete do primeiro-ministro assegura também ao Observador que “António Costa, enquanto presidente da Câmara, não promoveu nenhum jantar no Panteão“, que “desconhecia qualquer jantar” e que “é totalmente falso que tenha promovido qualquer jantar”.

Certo é que esse jantar ocorreu antes do despacho do Governo PSD/CDS que permite a realização de eventos no Panteão Nacional e que Costa aponta, agora, como o “culpado” por esta polémica iniciativa da Web Summit.

O primeiro-ministro classificou o jantar da Web Summit como uma situação “absolutamente indigna do respeito devido à memória” das figuras honradas no Panteão Nacional, prometendo alterar o despacho que o permitiu “para que situações semelhantes não voltem a repetir-se, violando a história, a memória colectiva e os símbolos nacionais”.

“António Costa nunca tem nada a ver com nada”

Comentando a posição de António Costa no seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes critica que o primeiro-ministro “nunca tem nada a ver com nada, nem com os incêndios nem com Tancos, nem com a legionela”.

“O primeiro-ministro devia ter seguido o exemplo do fundador da Web Summit, que pediu desculpa com toda a humildade“, afiança ainda Marques Mendes, considerando que a directora da Direcção-Geral do Património Cultural devia “ter posto o lugar à disposição”.

Entretanto, o Eco apurou que o jantar da Web Summit no Panteão Nacional era do conhecimento público, tendo sido divulgado pela organização do evento a um grupo de grandes empresas e a elementos do Governo. Esta publicação atesta que o jantar “estava na agenda do evento enviada por email na semana anterior à conferência” a alguns elementos do Executivo.

Também se sabe, agora, que a empresa pública NAV (Navegação Aérea) organizou um jantar no Panteão Nacional, em Outubro passado. Fotografias do evento constam da página de Facebook da empresa tutelada pelo Ministério do Planeamento e Infraestruturas.

Publicado por NAV Portugal em Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

A directora de comunicação da NAV revela ao Observador que a empresa pública não contratou directamente o Panteão Nacional, mas que optou por uma proposta apresentada por uma das empresas de catering contactadas no âmbito do evento.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. O “Sr” PM tem o dom do esquecimento, esqueceu do que fez enquanto pertenceu ao governo de Sócrates, fugiu porque sabia que as coisas estavam pretas e não queria ser escaldado, optou pela CML, em boa hora o fez, enquanto lá esteve fez tudo o que bem lhe apeteceu e não me venham dizer que desconhecia um jantar no Panteão realizado por uma organização da qual era presidente, não contente, dada a sua fúria de poder, deu o tal golpe palaciano traindo um seu “amigo” de forma a tomar a rédeas do PS, maravilha, conseguiu porque todos os oportunistas e ingénuos foram atrás, posteriormente, como não conseguiu uma maioria absoluta e uma vez que tinha que tomar as rédeas do país a solução foi vender a alma ao diabo (esquerdas radicais e afins), pergunta-se; valeu a pena?, sabia o que estava a fazer?, ou foi apenas o desejo de se tornar o novo “dono disto tudo?.
    Caro sr PM, ganhe vergonha e assuma as suas responsabilidades, não ande sempre a sacudir a água do capote como se não tivesse nada a ver com o assunto, fale verdade e corra com uma série de boys (ministros, secretários de estado, secretários de secretários de estado, conselheiros a ganhar mais que ministros e afins.
    A credibilidade ou se tem ou não, não nasce com o posto, conquista-se, a Sua está de rastos.

  2. Vocês senhores “Santinhos”… Julieta, Isabel,José , Ah,Ah,Fernando, leram o desenvolvimento da notícia, ou ficaram-se pelas letras gordas?
    É que as letras gordas do titulo só dizem aquilo que vocês “Santinhos” querem ouvir…..

RESPONDER

Governo disponível para retomar reuniões no Infarmed (mas nega falta de informação)

O Governo manifestou esta quinta-feira “abertura para retomar as reuniões” no Infarmed sobre o ponto de situação da epidemia de covid-19, mas rejeitou falhas na informação ao parlamento e aos partidos. Na conferência de imprensa do …

Israel e Emirados Árabes Unidos alcançam "acordo histórico" mediado pelos Estados Unidos

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quinta-feira que Israel e os Emirados Árabes Unidos concordaram em estabelecer relações diplomáticas plenas, como parte de um acordo para impedir a anexação israelita de terras ocupadas pelos …

Em contingência, Câmaras de Lisboa passam a definir horários do comércio. O (pouco) que muda este sábado

A generalidade de Portugal continental continuará em situação de alerta e a Área Metropolitana de Lisboa em situação de contingência até ao final do mês devido à pandemia de covid-19, anunciou o Governo. Segundo explicou esta …

Três meses depois do anúncio, o apoio de emergência às Artes ainda não chegou

Cinquenta das 311 entidades abrangidas pela Linha de Apoio de Emergência às Artes, dotada de 1,7 milhões, ainda não tinham esta quinta-feira recebido o valor que lhes foi atribuído, três meses depois do anúncio dos …

Avaliação dos professores, "mock exams" e testes no outono. Britânicos podem "escolher" as próprias notas

O Governo britânico deu aos estudantes de liceu três alternativas diferentes para obterem o resultado das suas avaliações deste ano letivo, que foi atípico devido à pandemia de covid-19. De acordo com o jornal britânico The …

Governo reitera que não há exceções para a Festa do Avante. Críticas multiplicam-se

A ministra de Estado e da Presidência destacou que o Governo “não tem competências legais ou constitucionais” para proibir iniciativas políticas como a Festa do Avante!, mas salientou que não serão admitidas exceções às regras. Na …

Trabalhadores que estiveram em lay-off durante pelo menos 30 dias também vão ter bónus

O Conselho de Ministros aprovou um decreto-lei que clarifica que os trabalhadores que estiveram em lay-off por mais de 30 dias consecutivos, mesmo sem completar um mês civil, vão receber o complemento de estabilização. "Criado com …

Marcelo pede tolerância zero contra o racismo (e pede “sentido nacional” a Governo e oposição)

O Presidente da República recomendou esta quinta-feira aos democratas “tolerância zero” e “sensatez” para combater o racismo, ao comentar as ameaças de que foram alvo três deputadas e outros sete ativistas. “Os democratas devem ser muito …

43% das escolas no mundo sem condições de higiene para reabertura segura

Mais de 40% das escolas no mundo não têm acesso a condições básicas de higiene, como água para lavar as mãos e sabão, aumentando os riscos de reabertura no contexto da pandemia de covid-19, alertam …

Mais seis mortes, 325 novos casos e 237 recuperados

Portugal regista esta quinta-fira mais seis mortes por covid-19, 325 novos casos de infeção e mais 237 pessoas dadas como recuperadas em relação a quarta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …