Armazéns em vez de lojas. MP investiga burla com vistos gold em negócio de 40 milhões

O Ministério Público (MP) está a investigar os contornos que envolveram a construção do Centro POAO, o megacentro comercial chinês grossista, no Porto Alto, Samora Correia, concelho de Benavente, que foi anunciado em 2016 como um investimento de 40 milhões de euros.

Este centro funciona como entreposto comercial onde as lojas chinesas se podem abastecer. Em causa, revela o Público, estão várias denúncias, entregues ao MP e à PSP, por investidores chineses que alegam que foram vitimas de burla e que entraram no negócio para conseguir um visto gold.

Também conhecido como Golden Visa, criado pelas autoridades portuguesas em outubro de 2012, este documento consiste numa autorização de residência para atividade de investimento concedida a nacionais de Estados que não integrem a UE, atribuída mediante a realização de investimento, empresarial ou imobiliário, em território português.

As queixas foram apresentadas contra a empresa promotora do investimento, a POAO II – investimentos imobiliários, os seus sócios e gerentes, os advogados que a representam, Rui Cunha, Glória & Associados, assim como a tradutora que surge com o nome de Viviane.

Jin Wenjun e o marido, Cao Wei, estão entre os queixosos, assim como Xiaochen Jia e a mãe, Yawei Zhang. De acordo com Jin Wenjun, “terão investido neste negócio, desde 2014 até 2017, cerca de 50 famílias chinesas”. “Estamos a falar de investimentos mínimos de 500 mil euros. Estamos falar de mais de 20 milhões de euros no total”.

A maior parte das queixas refere-se ao facto de, no contrato de promessa compra e venda, que foi redigido em português e chinês, existirem duas palavras diferentes para definir o tipo de imóvel que estariam a adquirir. “Em português, está escrito armazém, mas em chinês está loja”, explica Jin Wenjun, que garante que jamais compraria um armazém.

A investidora diz que o que lhe foi apresentado como negócio e o que acreditava que estava a comprar “eram duas lojas num conceituado centro comercial, perto de Lisboa por mais de 551 mil euros” e não “dois armazéns num centro grossista, onde só podem ir lojistas e que neste momento parece um local fantasma porque são poucos os armazéns que estão ocupados”.

“Senti-me enganada, isto é uma burla. E tive de esperar quatro anos, além do previsto, para ter os armazéns em meu nome”, conta, sublinhando que em março de 2015, além do contrato de promessa compra e venda, foram assinados mais dois: “Um contrato de promessa de arrendamento para fins não habitacionais e outro de promessa de recompra dos imóveis”.

De acordo com os documentos, a POAO II- Investimentos Imobiliários comprometia-se a arrendar à compradora os armazéns, pagando 1.500 euros por mês durante cerca de cinco anos e após este período comprometia-se a recomprar os imóveis pelo valor que tinham sido adquiridos.

Além da questão da tradução, os investidores levantam dúvidas sobre os valores pagos e referem mesmo que os preços atuais das lojas em Samora Correia ascendem, no máximo, a 750 euros o metro quadrado e que, por isso, os preços dos armazéns na mesma localidade devem estar por metade do valor das lojas.

Os denunciados acompanhavam os clientes à Caixa Geral de Depósitos onde abriam uma conta bancária e onde os investidores colocavam os capitais necessários ao investimento. Essas contas seriam depois movimentadas pela advogada Glória Ribeiro, algo que não lhes terá sido dito quando abriam a conta.

Na assinatura dos contratos de promessa compra e venda, era pago o sinal e a advogada, que movimentava a conta, transferia também a totalidade do valor da compra. A POAO II contraía empréstimos e hipotecava as frações que já estariam vendidas. Estes contratos com hipoteca para a concessão de crédito não eram do conhecimento dos compradores.

Para já, chegaram oito queixas ao MP e referem que estão a ser denunciados factos suscetíveis de integrar os crimes de burla qualificada e de falsificação de documento.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …

Milhares de pássaros migratórios estão (misteriosamente) a morrer no Novo México

Um elevado número de pássaros migratórios está a morrer em todo o Novo México, numa misteriosa mortalidade em massa que está a preocupar os cientistas. Estima-se que o número de pássaros mortos seja de centenas de …

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …