Primeiro-ministro francês aperta cerco a “coletes amarelos” violentos

Gouvernement / Facebook

O primeiro-ministro francês, Edouard Philippe

O primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, prometeu firmeza perante os futuros protestos já anunciados dos “coletes amarelos”, para o próximo fim de semana, face à violência dos protestos de sábado passado.

Depois do novo surto de violência entre os manifestantes e as forças policiais, no último sábado, o primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, foi à televisão avisar que irá apertar o cerco aos “coletes amarelos”.

Em entrevista ao canal TF1 na segunda-feira, o governante endureceu o discurso contra a violência e disse estar pronto para levar a votos uma nova lei para sancionar aqueles que não respeitam o dever de aviso de protesto e aqueles que participam nas manifestações usando máscaras.

Além disso, o primeiro-ministro quer também nas manifestações um dispositivo de segurança parecido com o que existe em estádios de futebol para fazer face aos hooligans. Assim, o chefe do governo francês quer tornar possível a interdição dos manifestados identificados como desordeiros.

A intenção apoia-se numa proposta de lei já votada no Senado, no ano passado, que pretende criar um registo de pessoas proibidas de participar em manifestações, avança o Diário de Notícias.

O primeiro-ministro francês anunciou ainda uma forte mobilização para as manifestações marcadas próximo sábado, com 80 mil membros das forças de segurança espalhados por todo o território francês (cinco mil só em Paris).

No último sábado, o movimento “coletes amarelos” contou com 50 mil participantes, passando assim a deter o recorde de manifestantes.

Face à violência registada, Benjamin Griveaux, porta-voz do Governo francês, teve de ser retirado do seu gabinete, na capital francesa, depois de uma violenta entrada com uma retroescavadora no edifício localizado na rua de Grenelle.

A autarquia de Paris referiu que 101 pessoas foram detidas em Paris e 103 interrogadas pela polícia. O Presidente Emmanuel Mácron garantiu que a “justiça será feita” face à “extrema violência” contra a República.

ZAP // RFI

PARTILHAR

RESPONDER

Enquanto estava em coma, bens de Navalny foram congelados pela justiça russa

Oficiais de justiça russos congelaram as contas e uma parte do apartamento do opositor ao governo Alexei Navalny quando este permanecia em coma após um presumível envenenamento no final de agosto, indicou esta quinta-feira a …

Mais cinco mortes e 899 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta sexta-feira, mais cinco mortes e 899 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quinta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

Governo de Bolsonaro bate recorde de aprovação durante a pandemia

A aprovação do Governo brasileiro, presidido por Jair Bolsonaro, subiu para 40%, a maior percentagem desde o início do seu mandato, iniciado em janeiro de 2019, segundo uma sondagem do Instituto Ibope divulgada na quinta-feira. A …

Número de casos baixa nos EUA. Na Bélgica, deixa de ser obrigatório usar máscara na rua

A pandemia tem assolado toda a população mundial, mas há países que têm sofrido mais com o aumento de número de infetados e com mortes. Apesar de serem um dos países mais afetados, os EUA …

Seis enfermeiros infetados e cirurgias canceladas no hospital de Beja

O hospital de Beja detetou esta quinta-feira seis enfermeiros do bloco operatório infetados com Covid-19 e cancelou algumas cirurgias programadas por questões de segurança, disse à agência Lusa a presidente da Unidade Local de Saúde …

Reformas na função pública subiram para 43% (e um quinto são professores)

Mais de 6.500 trabalhadores das administrações públicas aposentaram-se na primeira metade deste ano, o que representa um crescimento de 43% face ao mesmo período de 2019. A maioria das saídas deriva de áreas como a …

“Arma de diagnóstico”. Teste que distingue covid-19 de outras infeções respiratórias chega a Portugal

A Unilabs vai disponibilizar um teste que permite “diferenciar o novo coronavírus de outros tipos de infeções respiratórias sazonais”, auxiliando os clínicos a realizarem diagnósticos mais precisos. “A ideia era tentarmos ter uma ferramenta de diagnóstico …

Jovem de 23 anos morre baleada em ação da PSP. Polícias vão alegar legítima defesa

Uma jovem de 23 anos morreu, na madrugada de quinta-feira, na sequência de ferimentos causados por uma arma de fogo, após uma intervenção policial em São João da Madeira. A mulher, de 23 anos, morreu na …

PS recua nas petições e propõe 7.500 assinaturas para ultrapassar veto de Marcelo

O PS vai avançar com uma proposta de alteração que coloca nos 7.500 o número de assinaturas necessário para que uma petição seja discutida na Assembleia da República.  O objetivo do PS é contornar o veto …

Rui Rangel endividava-se, teve execuções fiscais e contas penhoradas

Rui Rangel teve vários processos de execução fiscal por falta de pagamentos de impostos e até contas penhoradas. Era o seu alegado testa-de-ferro que o ajudava a regularizar os pagamentos. Era comum o ex-juiz Rui Rangel …