Apenas um dos 93 acusados de burla à Segurança Social condenado a prisão efetiva

As Varas de Competência Mista do Funchal condenaram hoje a prisão efetiva, por quatro anos e seis meses, apenas um dos 93 arguidos acusados de burla tributária à Segurança Social da Madeira.

Os restantes arguidos foram também condenados a penas que oscilaram entre os nove meses e dois anos e seis meses, mas suspensas por três anos na condição de cada um dos arguidos pagar o que recebeu indevidamente (entre 900 e 6.700 euros) à Segurança Social.

De entre os 93 arguidos, dez ficaram dispensados de cumprir a pena.

O tribunal não deu como provado o crime de associação criminosa.

A juíza justificou a prisão efetiva do técnico oficial de contas, o principal arguido, referindo que “não são só os desgraçados e os toxicodependentes que furtam, há outras formas de roubar e a suspensão da pena repugnaria o comum dos cidadãos”, por dar a impressão de que “o sistema penal era brando para com o crime de colarinho branco”.

O advogado do técnico, Alexandre Carvalho da Silva, disse que vai recorrer da sentença.

“A Justiça não está justa mas justiceira e uma justiça justiceira é perigoso para todos. É um senhor que já não trabalha há quatro anos devido a esta situação e nem o próprio tribunal aferiu de qualquer quantia que ele tenha recebido”, afirmou.

“Faz-me um pouco de confusão a própria doutora juíza e o seu coletivo afirmarem que este é um crime de colarinho branco”, acrescentou.

O processo

No âmbito deste processo, o Ministério Público no Funchal acusou 93 pessoas num inquérito por burla tributária à Segurança Social da Madeira que causou um prejuízo contabilizado em 318.527,31 euros, tendo os factos decorrido entre dezembro de 2008 e julho de 2009.

Segundo a acusação, o principal arguido, técnico oficial de contas, um seu empregado e sócios gerentes de oito empresas locais – com dificuldades financeiras e ligadas à construção civil -, “concretizaram um estratagema para obter fraudulentamente, do Centro de Segurança Social da Madeira, o processamento de subsídios de desemprego a mais de 90 trabalhadores fictícios, verbas que, em parte, ficavam para os requerentes do subsídio e parte para os membros da organização”.

Aos 13 principais arguidos – contabilista, empregado, donos das empresas e angariadores – foi deduzida acusação pelo crime de associação criminosa em concurso real com 96 crimes de burla à Segurança Social, sendo aos restantes imputados crimes de burla à Segurança Social.

O MP acrescenta que “a organização foi desmantelada” no decurso da investigação, dirigida pela Procuradoria da República do Funchal e a acusação foi deduzida a 12 de fevereiro contra 93 pessoas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Aumenta para cinco número de mortos em desabamento de prédio no Brasil

O número de mortos no desabamento de um prédio residencial em Fortaleza, capital do estado do Ceará, no nordeste do Brasil, aumentou para cinco, segundo informações do corpo de bombeiros divulgadas esta sexta-feira pelas autoridades …

Cartel de Sinaloa abre fogo e obriga polícia a libertar filho de “El Chapo”

O filho de El Chapo, Ovidio Guzmán López, foi libertado depois de várias horas de violência que se seguiram à sua detenção e o ministro da Defesa argumentou com medidas de segurança para o fazer. O …

Portugal tem 796 mil “eleitores-fantasma”

Portugal tem mais 796 mil eleitores do que população residente com 18 e mais anos. O número de inscritos nos cadernos eleitorais, em território nacional, apresenta uma diferença de 9,3% face ao número de residentes …

Lenine Cunha e Ana Filipe conquistam mais duas medalhas nos INAS Global Games

Os portugueses Lenine Cunha e Ana Filipe conquistaram esta quinta-feira medalhas de prata e bronze, respetivamente, nos INAS Global Games, competição mundial para atletas com deficiência intelectual, que decorre em Brisbane, na Austrália. Os dois pódios …

Homem detido em França por ameaça de ataque inspirado no 11 de setembro

Um indivíduo identificado como sendo um radical islâmico foi detido em França acusado de terrorismo devido a uma ameaça de sequestro e ataque inspirado no atentado às Torres Gémeas, nos Estados Unidos, em 2001, anunciaram …

Nick Cave and The Bad Seeds regressam a Portugal em 2020

Dois anos depois do concerto no NOS Primavera Sound, no Porto, Nick Cave and The Bad Seeds vão regressar a Portugal no Campo Pequeno, em Lisboa. Os dois concertos, marcados para 22 e 23 de abril, …

Retirar amianto é 50 vezes mais barato do que tratar doente de cancro

A Quercus alertou esta sexta-feira que retirar uma cobertura de amianto de uma escola fica 50 vezes mais barato do que tratar um doente com mesotelioma, o cancro da pleura do pulmão provocado pela exposição …

Sócrates critica recusa do PS em fazer acordo escrito com o Bloco de Esquerda

O antigo primeiro-ministro José Sócrates critica a recusa do PS em fazer um acordo escrito de legislatura com o Bloco de Esquerda, considerando que revela "uma visão meramente utilitária" e que pode gerar "ressentimento" à …

Pelo menos 28 mortos e 55 feridos em explosão de uma mesquita no Afeganistão

Pelo menos 28 pessoas morreram e 55 ficaram feridas devido a uma explosão numa mesquita na província de Nangarhar, no leste do Afeganistão, durante o período de oração desta sexta-feira, anunciaram as autoridades locais. "Os números …

Pedro Alves escolhido para a presidência executiva do Banco Montepio

Pedro Gouveia Alves, atual presidente do Montepio Crédito, foi escolhido para novo CEO do Banco Montepio. O nome reuniu o consenso de Carlos Tavares e de Tomás Correia. O Banco Montepio escolheu Pedro Alves como novo …