Apenas 13% dos residentes voltaram para Fukushima após acidente nuclear de 2011

Apenas 13% dos habitantes das cinco localidades de Fukushima, que tiveram ordens para sair das suas casas por causa do acidente nuclear de 2011, regressaram após o levantamento da proibição e de os municípios terem sido declarados novamente habitáveis.

Os dados, que correspondem às localidades de Tamura, Minamisoma, Kawauchi, Katsurao e Naraha, foram facilitados pelas autoridades locais à agência Kyodo.

As ordens de evacuação, ativadas depois do terramoto e tsunami de março de 2011 terem provocado junto da central nuclear de Fukushima Daiichi um dos piores acidentes atómicos da história, foram levantadas de forma gradual – total ou parcialmente – nos cinco municípios entre abril de 2014 e julho de 2016.

Segundo os dados compilados este mês, apenas 2.500 dos 19.460 residentes nos cinco municípios antes do acidente residem atualmente nas localidades mencionadas.

As autoridades locais consideram que grande parte dos habitantes que decidiu não voltar são pessoas com filhos que temem expor os menores a altos níveis de radiação.

Esta primavera está previsto que sejam levantadas ordens de evacuação noutros quatro municípios de Fukushima, embora se desconheça qual a proporção de residentes que decidirá voltar às suas casas.

Oito localidades próximas da acidentada central nuclear ainda estão sujeitas a estas ordens devido aos elevados níveis de radiação.

O forte terramoto seguido de tsunami, que há quase seis anos devastaram o nordeste do Japão e causaram mais de 18.000 mortos e desaparecidos, atingiram a central de Fukushima Daiichi e danificaram os seus sistemas de refrigeração.

As emissões e fugas radioativas provocadas pelo acidente de Fukushima, o pior desde o de Chernobil, na Ucrânia, em 1986, afetaram gravemente a agricultura, a pecuária e a pesca local e obrigaram a retirar e manter afastadas cerca de 80.000 pessoas que moravam perto da central nuclear.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Açambarcamento de medicamentos por Portugal? "É um total absurdo", diz Infarmed

O Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde reagiu à acusação feita por uma organização belga, que dizia que Portugal está a fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento …

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …