Anúncios “sexistas” da Yves Saint Laurent retirados em França

ysl / Instagram

-

Os polémicos anúncios da Yves Saint Laurent, que segundo os seus críticos transmitiam uma imagem degradante da mulher, foram retirados, informou esta sexta-feira a autoridade francesa de regulação profissional da publicidade, ARPP.

A entidade tinha solicitado na segunda-feira passada que a marca cancelasse a campanha em causa, depois de um organismo independente, o Júri da Ética Publicitária, ter recebido mais de cem reclamações.

Este organismo prevê divulgar um parecer sobre as imagens na próxima segunda-feira, mas a ARPP pediu entretanto a retirada do material publicitário ainda antes dessa sentença.

A ARPP considera que as posturas das modelos usadas na campanha da marca francesa “coincidem com a ideia de mulher objeto, sugerem uma ideia de submissão sexual, criam estereótipos sexistas e são susceptíveis de impactar a sensibilidade pública”.

Num dos polémicos anúncios, cuja divulgação coincidiu com a Semana da Moda de Paris, uma modelo com meias quadriculadas, casaco de peles e sapatos de salto com rodas, como se fossem patins, aparece deitada no chão com as pernas abertas, dobradas.

Em outro anúncio, uma jovem com as pernas esticadas, vestida com um body e também usando saltos com rodas, repousa a parte superior do corpo inclinada em um banco. Em ambos os casos, é notória a extrema magreza das modelos.

Bravo, Yves Saint Laurent, pelas vossas campanhas misóginas. Muito bom gosto para celebrar o dia 8 de Março“, ironiza um utilizador no Twitter.

Para a ARPP, essas fotografias violam “gravemente” as normas sobre a imagem e o respeito da pessoa contidas no Código de Regulações da Publicidade em França. Os cartazes, explicou à agência EFE o director do organismo, Stéphane Martin, foram retirados na noite da quarta-feira.

Martin não detalhou a duração original prevista da campanha nem se a retirada foi uma iniciativa da própria empresa ou dos distribuidores, que foram aconselhados a levar em conta as reacções do público e a convencer o seu cliente a “mudar o ângulo” da acção.

As críticas disseminaram-se pelas redes sociais e contaram com o apoio da ministra francesa dos Direitos da Mulher, Laurence Rossignol, que disse à emissora “France 2” que a campanha colocava a mulher numa postura “humilhante” e mostrava modelos “quase anorécticas”.

Esta não é a primeira vez que a Yves Saint Laurent se envolve em polémica devido às suas arrojadas campanhas publicitárias. Há dois anos, a autoridade reguladora britânica proibiu um anúncio da marca devido à extrema magreza de uma modelo.

// EFE

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É um ângulo fotográfico tão natural como qualquer outro. O corpo humano é natural e belo de qualquer ângulo…………………. Mentes retrógradas e tacanhas. Já falta pouco para nos obrigarem a usar burkas, não?……………..

  2. Enfim, o politicamente correcto (leia-se “politicamente maricóide”) está a dar cabo da criatividade artística. Por esse prisma, a maior parte dos filmes, fotografias, música, etc. dos anos 60 a 80, ia direitinha para a fogueira desses inquisidores…

RESPONDER

Catarina Martins entreabre porta a nova geringonça

Catarina Martins lembrou que nas últimas legislativas se fez na política "o que nunca se tinha feito antes" e alerta que o que se conseguiu alcançar "não chega" face a "tudo o que há para …

Destroços de navio interditam praia em Torres Vedras

A praia do Navio, em Santa Cruz, está interdita a banhos e a desportos náuticos devido ao aparecimento de destroços de um navio afundado. A praia do Navio, em Santa Cruz, no concelho de Torres Vedras, …

Ministro da Justiça demite-se após eleição de Boris Johnson (e não é o único)

O ministro da Justiça britânico, David Gauke, anunciou a sua demissão após ser conhecida a eleição de Boris Johnson para a liderança dos conservadores e a sua designação como primeiro-ministro do Reino Unido. No domingo, David …

TdC deteta pagamentos "ilegais" do Serviço de Saúde da Madeira a empresa que pertencia ao presidente

A sociedade gerida pelo então presidente do Serviço de Saúde da Madeira recebeu 116 mil euros do Serviço de Saúde da Madeira. O Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) autorizou "ilegalmente" o pagamento de 116 mil …

Fábio Coentrão apontado ao FC Porto

O lateral esquerdo, que se encontra neste momento sem clube, terá sido alvo de sondagem por parte do FC Porto para reforçar a equipa de Sérgio Conceição. Segundo o jornal A Bola, Fábio Coentrão já foi …

EUA. Explosão em refinaria levanta questões sobre utilização de produtos químicos letais

Na madrugada de 21 de junho, explosões na refinaria Philadelphia Energy Solutions, no sul da Filadélfia, Estados Unidos (EUA), sacudiram as casas, enviaram bolas de fogo para o ar e acordaram os moradores próximos. Este …

Irão anuncia reunião extraordinária para salvar acordo de Viena

Uma nova reunião extraordinária para tentar salvar o acordo sobre o programa nuclear iraniano vai realizar-se em Viena no domingo, anunciou esta terça-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão. De acordo com o comunicado do …

PS aprova listas de candidatos a deputados. Braga ainda em aberto

A Comissão Política Nacional do PS aprova nesta terça-feira as listas de candidatos a deputados às próximas eleições legislativas, num processo em termos globais pacífico internamente. Em Braga, há nomes em aberto. O processo para a …

Morreu Li Peng, o antigo primeiro-ministro chinês que pôs fim aos protestos de Tiananmen

O antigo primeiro-ministro chinês, Li Peng, morreu esta segunda-feira, avançou a agência estatal Xinhua. Aos 91 anos, o político que liderou a "ala dura" do Governo durante os protestos de Tiananmen, em 1989, faleceu de …

Kim Jong-un inspeciona novo submarino em contexto de impasse com EUA

O submarino vai ser lançado no mar do Leste, confirmou a agência de notícias norte-coreana. Não há informações sobre o sistema de armas que o submarino continha ou onde e quando a inspeção ocorreu. O líder …