Anúncio da YSL banido no Reino Unido por ter uma modelo demasiado magra

3

(dr) YSL

O anúncio da Yves Saint Laurent foi banido no Reino Unido porque a modelo era demasiado magra

O organismo regulador da publicidade no Reino Unido mandou retirar o anúncio da Yves Saint Laurent, na última edição revista Elle no país, porque a modelo parecia muito magra.

A ASA – Autoridade para Padrões Publicitários do Reino Unido – defende que a aparência da modelo é demasiado magra, com “pernas muito finas e com as costelas visíveis e proeminentes”.

A decisão surgiu na sequência de uma denúncia de um leitor às autoridades britânicas que considerava que o anúncio era irresponsável por usar uma modelo magra demais.

O regulador explicou, em comunicado, que a modelo aparenta “não ser saudável e ter peso a menos”.

A ASA disse que a pose da modelo e a iluminação destacavam a sua caixa torácica, em que a costela é visível e proeminente, e suas pernas, com as coxas e os joelhos com a mesma largura.

A ASA afirma que a YSL “indicou que não concordavam com a visão do leitor de que a magreza da modelo não era saudável”.

O órgão decidiu que a peça não pode ser publicada novamente da mesma forma, e acrescentou que “recomendou que os anunciantes assegurassem que as imagens em seus anúncios fossem feitas de forma cuidadosa”.

A marca recusou comentar a decisão, mas retirou o anúncio.

  ZAP // Move

3 Comments

  1. agora isto? se a modelo fosse muito obesa, não diriam que está a promover a obesidade, mas que as mulheres gordas também merecem ser vistos e portanto: boa publicidade, genial.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.