Androide super-realista vai ser apresentadora de televisão no Japão

Uma androide super-realista vai ser a nova apresentadora de um programa de televisão online e ao vivo no Japão, como parte de um estudo que pretende mostrar que um robô é capaz de se desenvolver ao interagir com seres humanos.

“Androidol U” (do inglês “idol”, de “ídolo”) foi apresentada esta quarta-feira em Tóquio, tem 1,60 metros de altura, pesa aproximadamente o mesmo que um ser humano e responde de forma autónoma aos interlocutores que enviam mensagens pelo portal de vídeos “Niconico”.

Durante a apresentação, a androide apareceu no palco sentada numa moderna cadeira em forma de bola e leu alguns comentários dos interlocutores, como um que a elogiava por estar muito bonita. “Isso deixa-me envergonhada”, respondeu, em tom mecânico.

“U” tem a aparência de uma jovem japonesa com franja, está vestida com uma blusa branca, calças e sapatos de salto. Também está maquilhada e usa verniz nas unhas para completar o “look” super-realista.

No Japão, estes androides já são protagonistas de vitrines, peças de teatro e filmes. O cientista japonês Hiroshi Ishiguro, “pai” da androide e conhecido por ter criado um clone robótico de si mesmo, afirmou que nos próximos anos estes robôs vão ser uma grande ajuda em lugares públicos como shoppings, estações e escolas, inclusive como professores.

“U” é o primeiro destes novos robôs: a interação com os utilizadores através do seu programa semanal servirá para aumentar o seu vocabulário e contribuir para melhorar a sua inteligência artificial.

“Tenho 22 anos, mas nasci com 22 anos”, brincou a androide durante a apresentação.

“A comunicação com os utilizadores ajuda a superar as limitações do androide. Quantos mais dados são acumulados, mais ajuda ao seu desenvolvimento”, afirmou Ishiguro, professor da Universidade de Osaka e diretor do Laboratório de Telecomunicações Avançadas que usa o seu nome no Japão.

Esta é uma boa forma de tirar o androide do laboratório e fazer com que adquira novos conhecimentos através da interação com seres humanos, explicou. O projeto foi desenvolvido pelo próprio Ishiguro, em colaboração com a companhia de telecomunicações Dwango – dona de “Niconico” – e as lojas de departamento Parco.

“O nosso objetivo é fazer com que o androide possa finalmente ajudar na comunicação entre as pessoas”, argumentou.

De acordo com o cientista, o projeto também é perfeito para saber se um androide pode chegar a ser aceite como um “ídolo” da sociedade. “É um teste muito interessante para saber o que as pessoas realmente pensam dela”, acrescentou.

Ainda não foi divulgada a data exata da estreia do programa e, “por enquanto”, os responsáveis pelo projeto descartam a hipótese da androide vir a ser comercializada.

ZAP // EFE

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Qual o interesse??? Vai dar mau resultado, como é óbvio. Aliás, repare-se no insidioso disto tudo… Cito: (…) Hiroshi Ishiguro, “pai” da androide (…) afirmou que nos próximos anos estes robôs vão ser uma grande ajuda em lugares públicos como shoppings, estações e escolas, inclusive como professores. (…)
    Isto é fantástico: preparámos-nos para nos substituir a nós próprios! É insano. Mais insano ainda porque vai haver milhões de imbecis que vão achar o máximo.

RESPONDER

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …