André Ventura admite deixar direção do Chega se não eleger deputados nas legislativas

André Ventura admite deixar a direção do Chega se não eleger deputados à Assembleia da República, justificando que é necessário “retirar consequências dos resultados” eleitorais.

“Conseguir constituir um grupo parlamentar é o nosso grande objetivo para dar voz a estas causas que têm estado perdidas”, afirma André Ventura, em entrevista à agência Lusa, sublinhando, contudo, que não afasta “um cenário de eleger apenas um deputado” para a Assembleia da República nas eleições de 6 de outubro.

A eleição de pelo menos dois deputados — número necessário para constituir um grupo parlamentar — é o desfecho desejável porque “um deputado só não permite ter tanta força” nas bandeiras que o partido defende, declara. “Depois de elegermos um grupo parlamentar, com as bandeiras que temos, o crescimento do Chega nunca mais vai parar“, antecipa.

No entanto, André Ventura explica que é preciso “retirar consequências dos resultados” eleitorais. “Ou o Chega dá um grande avanço no dia 6 de outubro, ou tem um recuo muito significativo e uma derrota muito significativa”, desenlace que poderá ditar “a saída da direção” do atual líder.

Se não conseguir eleger, reconsiderarei o meu lugar na direção do Chega”, afirma, sublinhando é o presidente do partido que tem “de assumir essa responsabilidade [pelo mau resultado]”.

Questionado sobre a possibilidade de uma coligação à direita, o dirigente partidário refere que o Chega não fecha “a porta a nenhum cenário, desde que seja assinado um acordo” de princípio.

“Se o PSD e o CDS-PP estiverem dispostos à reintrodução da prisão perpétua em Portugal, ao fim das penas suspensas para os crimes sexuais e ao fim desta asfixia fiscal, podemos pensar num cenário destes”, explicou, reafirmando que o partido não aceitará “participar em nenhum governo em que estas três questões não estejam assinadas”.

André Ventura considera que “os líderes da direita” não souberam “passar a mensagem de alternativa credível” ao Governo socialista durante os últimos quatro anos. O objetivo do Chega é, por essa razão, mostrar aos eleitores que “há uma alternativa” de direita além de PSD e CDS-PP.

“Acho que quem é de direita verdadeiramente, de centro-direita, é impossível votar neste PSD, que não se percebe a diferença para o PS. É claramente impossível. Acho que Rui Rio tinha o sonho de ser líder do Partido Socialista, como não conseguiu, seguiu o caminho no PSD”, sustenta.

Questionado sobre as declarações de Assunção Cristas sobre a possibilidade de convergir numa “geringonça à direita”, da qual apenas excluiria o Chega, André Ventura responde que a líder dos centristas é “um desastre absoluto”.

Para o presidente do Chega, Assunção Cristas “está mais preocupada com o Chega” do que com os outros partidos: “Devíamos estar focados em atacar o PS, em atacar o Bloco de Esquerda, em atacar o PCP, em vez de andarmos a trocar ataques entre nós”. Na ótica de Ventura, se “o PSD não passar os 20%”, os restantes votos dos apoiantes da direita vão “estar distribuídos pelo Chega, pelo CDS-PP e, provavelmente, pelo Aliança”.

O Chega vai concorrer às eleições legislativas para “tentar dar esperança aqueles que sentem que são de direita”, que têm valores “de direita, cristã e democrática”, para mostrar que não se resigna a “esta direita soft” e para, “acima de tudo, evitar que a esquerda e extrema-esquerda voltem a governar” nos próximos quatro anos. “Quando a direita enfraquece, toda ela, todos os partidos, é o país que vai perder”, termina.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Há 140 anos, "choveu" carne nos Estados Unidos (e ainda não se sabe porquê)

Há 140 anos, em 1876, uma quinta no estado norte-americano de Kentucky testemunhou uma "chuva" de carne cuja origem permanece um mistério. Tudo começou quando, em 3 de março de 1876, a mulher do agricultor Allen …

"Posso sempre confiar" nos americanos. Coleção de cartas manuscritas da princesa Diana vai a leilão

Em 25 de junho de 1997, alguns meses antes da morte da princesa Diana em agosto, dezenas dos seus vestidos foram leiloados na Christie's, em Nova Iorque. Agora, algumas das suas cartas manuscritas sobre esse …

Governos desligaram a Internet centenas de vezes em 2019

Dezenas de Governos de todo o mundo desligaram os seus países da Internet de forma intencional mais de 200 vezes durante o ano passado, afetando milhões de utilizadores, revela um novo relatório do grupo de …

Falha de protocolo do Governo americano pode ter ajudado a espalhar o coronavírus

Uma whistleblower do Departamento de Saúde e Serviços Humanos norte-americano defende que uma falha no protocolo de saúde pública pode ter levado à disseminação do coronavírus dentro do país. Uma denunciante do Departamento de Saúde e …

Coronavírus pode fazer com que Liverpool não seja campeão inglês

O Liverpool pode não se sagrar campeão inglês devido ao surto do novo coronavírus. Caso o Governo britânico suspendesse a competição, os 'reds' poderiam não ser considerados campeões. O coronavírus continua a ameaçar o mundo inteiro …

Sissoco Embaló demite primeiro-ministro e ambos falam em "golpe de Estado"

Umaro Sissoco Embaló, candidato às presidenciais dado como vencedor pela Comissão Nacional de Eleições da Guiné- Bissau, e que quinta-feira tomou posse simbolicamente como Presidente do país, demitiu hoje o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes. Num decreto …

"Neve sangrenta" está a cair do céu na Antártida

Nas últimas semanas, o gelo em redor da Base de Pesquisa Vernadsky da Ucrânia foi revestida com o que os investigadores chamam de "neve de framboesa". Uma publicação no Facebook do Ministério da Educação e Ciência …

Face Oculta: Sobrinho de Manuel Godinho diz que não se orgulha do que fez

O sobrinho do sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, disse hoje estar arrependido do que fez quando trabalhava para o tio nos negócios da gestão de resíduos. “Não me orgulho nada daquilo que …

Há uma "Greta" que nega as alterações climáticas: Naomi Seibt

Naomi Seibt é uma jovem alemã de 19 anos que é a voz dos negacionistas das alterações climáticas. As comparações com Greta Thunberg são inevitáveis. Greta Thunberg tem sido provavelmente a voz mais ativa no que …

Alcochete. Mustafá sai em liberdade e Bruno de Carvalho conta a sua versão

O líder da claque sportinguista Juventude Leonina, Nuno 'Mustafá' Mendes saiu em liberdade e Bruno de Carvalho diz que o "colocaram do lado errado da barricada". O coletivo de juízes que está a julgar o caso …