“Não estamos a salvar o Governo, mas o país”. Ana Catarina Mendes pressiona esquerda para aprovar OE2021

André Kosters / Lusa

A líder parlamentar do Partido Socialista (PS), Ana Catarina Mendes

A líder parlamentar do Partido Socialista (PS), Ana Catarina Mendes, disse, em entrevista à TSF, que o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) traduz uma “agenda progressista e de esquerda” e que não há razões para não haver um entendimento com os antigos parceiros da ‘geringonça’.

“Temos que ser muito sérios nesta discussão. Não estamos a salvar o Governo, mas o país e o país é feito de pessoas. Não quero acreditar que o caminho dos últimos cinco anos dos portugueses seja interrompido pela pandemia mas também pela ausência de um acordo à esquerda”, afirmou, numa entrevista divulgada esta segunda-feira.

Apelando para que os partidos da geringonça voltem a viabilizar o orçamento, mesmo que as suas reivindicações não sejam totalmente satisfeitas, indicou que o contexto da pandemia exige novas medidas, mas que o caminho é de continuação e não de retrocesso.

“Da mesma maneira como em 2015 o que nos movia era o bem estar dos portugueses e lutar contra a direita e receita da direita, espero que percebam que não é menos difícil hoje do que era em 2015 quando havia muito a fazer. É difícil porque a incerteza do inimigo gera necessidade de novas respostas”, disse.

“Estará o PCP, BE e PEV contra o reforço do SNS, quer em termos financeiros e humanos, contra a aposta rede de cuidados continuados, que é absolutamente fundamental. Estar contra nossa perspetiva de continuarmos a aumentar o SMN, sabendo de antemão que não poderá ser na mesma ordem dos anos anteriores?”, questionou.

Na mesma entrevista, a socialista referiu que o Novo Banco é “um elefante na sala” e um problema que o Governo tem que gerir, frisando, contudo, que “está a ser feito tudo o que é possível, não incumprindo o contrato, para não prejudicar mais os portugueses”. E insistiu: “Merece o país somar à crise económica e social uma crise financeira? E acima disto podemos ter instabilidade política? Não creio”.

“O que aconteceu no Banco Espírito Santo foi criminoso. O que aconteceu com a resolução foi um desastre”, apontou. Quanto à venda, existiam ainda a nacionalização ou resolução, ambas um “desastre”. Agora, existem contratos para cumprir, o que não “exclui que nos possamos indignar com os dinheiros que entram para o Novo Banco”, frisou.

Sobre contar com o PSD para aprovação do OE2021, lembrou as declarações recentes do líder social-democrata Rui Rio, considerando que este continua “igual a si próprio”, com uma postura “ziguezagueante”. Todos os partidos, continuou, devem ter consciência do “momento dramático” e decidir se querem ou não ajudar a ultrapassar a crise.

Em relação ao apelo do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que pressionou o PSD a aprovar o OE2021, considerou que se tratou apenas de uma declaração que manifestou a sua “magistratura de influência” para garantir estabilidade política em Portugal, à semelhança do que tem feito ao longo do seu mandato.

“Julgo que Marcelo Rebelo de Sousa ao longo do seu primeiro mandato foi um fator de estabilidade, para puxar o país para cima e ajudar a vencer a crise. Ao contrário do que a direita dizia, a crise não estava ultrapassada”, sustentou.

Quanto as eleições presidenciais, reiterou a liberdade a nível interno do PS para apoiar os candidatos. “Não são os partidos que escolhem os candidatos”, são as pessoas que têm que ter “vontade própria” para avançar para Belém e depois os membros do partido é que decidem quem apoiam, acrescentou.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não acreditem em palavras mas em ação/atos, isto é engodo para os peixes que somos nós o Zé Lorpa.
    Eles querem Sempre salvaguardar-se a si mesmos o resto não conta.

  2. Qual salvar o país qual quê?
    Andam é a tentar salvar a própria pele, “tachos” e bem estar deles, familia e amigos!
    Há 46 anos que juntamente com o PSD/CDS andam a enterrar o país e a explorar os portugueses até à medula e agora vêm com esta lenga lenga do salvar o País. Venderam tudo aos estrangeiros, não nos restando nada, nem dignidade, que até já o embaixador americano se mete onde não deveria.
    Têm sorte porque a esquerda caviar do BE e o PCP retrógado e parado no tempo já se habituou ao gosto das migalhas cedidas pelo PS a troco da aprovação de diplomas que visam estrangular ainda mais a Nação e o povo e preferem engolir sapos a ter que deixar tudo fugir para a direita.

RESPONDER

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …

Novo estudo diz que Remdesivir não tem "impacto significativo" nos doentes com covid-19

Ao contrário do que se pensava, o medicamento antiviral remdesivir não reduz as mortes entre os pacientes com covid-19, sobretudo quando comparado com o tratamento padrão, de acordo com os resultados de um estudo internacional. Em …