Americanos estão a envenenar-se a tentar matar o coronavírus

O surto do novo coronavírus começou a agravar-se nos Estados Unidos no início de março. Desde então, as chamadas para os centros de controlo de intoxicações “aumentaram acentuadamente”.

Estas é a conclusão de um novo estudo do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA. De adultos que criam gás de cloro nas cozinhas a crianças que consomem desinfetante para as mãos, vários americanos estão a envenenar-se numa tentativa falhada de se defenderem do coronavírus.

O estudo foi publicado esta semana no Morbidity and Mortality Weekly Report do CDC.

Embora os investigadores não consigam associar diretamente o aumento do número de telefonemas para estas linhas de apoio à defesa contra a covid-19, “o timing destas ocorrências relatadas correspondeu ao aumento da cobertura mediática da pandemia de covid-19, relatos de escassez de produtos de limpeza e desinfeção e o início da quarentena em alguns locais”, escrevem os investigadores.

As chamadas sobre exposição a produtos de limpeza e desinfeção, por exemplo, aumentou significativamente no início de março, numa altura em que o surto se começou a intensificar, realça o Ars Technica. No mesmo sentido, o envenenamento por lixívia, desinfetantes, e álcool-gel também aumentou. Estes são produtos cuja procura aumentou devido à pandemia de covid-19.

“Para reduzir o uso inadequado e evitar exposições químicas desnecessárias, os utilizadores devem sempre ler e seguir as instruções no rótulo, usar apenas água em temperatura ambiente para diluição (a menos que indicado de outra forma no rótulo), evitar misturar produtos químicos, usar proteção ocular e de pele, garantir ventilação adequada e armazenar produtos químicos fora do alcance das crianças”, apelam os autores do estudo.

Os investigadores recomendam ainda que quando regressar a casa após ir às compras deve lavar imediatamente as mãos. Além disso, a maioria dos epidemiologistas acredita que o risco de infeção pelas embalagens das compras é demasiado baixo.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Quanta ignorancia! Quanta insanidade!
    Realmente, como dizia Einstein, “entre a inteligência e a estupidez, só a estupidez não tem limite”.
    Quando os próprios fabricantes de desinfectantes referem expressamente nas embalagens que aquele tipo de produtos NÃO PODEM SER INGERIDOS, RISCO DE ENVENENAMENTO, ETC, ETC, vêm estes alarves e…pimba, desatam a tomar aquele tipo de produtos como quem bebe água. Claro que a ajudar “á festa”, têm um presidente que é uma autêntica TRAMPA que, ao que parece, ainda instiga a estupidez. Será curioso ver, que responsabilidades lhe vão ser atribuídas no fim disto tudo.

  2. Quando o alarve diz que os americanos (alguns, tão, ou mais alarve que ele), se dveriam injectar com desinfectante, aqui está o resultado.

  3. Os americanos são indivíduos com muitas ideias.
    Como é que se chama a isto, mesmo? Idiotas, não é?! 😀

  4. Tão ignorante é o mentor da receita como aqueles que o seguem, muita ignorância existe por aquele país de arrogantes!

Responder a Eu Cancelar resposta

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …