Além de Amália e Eusébio, quem está afinal sepultado no Panteão Nacional?

Jose Carlos Babo / Flickr

A Igreja de Santa Engrácia, Panteão Nacional, em Lisboa

Do fado de Amália Rodrigues ao espetáculo futebolístico de Eusébio, o Panteão Nacional é morada última de vários talentos nacionais, que marcaram a História de Portugal e levaram a imagem do país além fronteiras. Mas quem mais está, afinal, sepultado naquele monumento?

Ao contrário do que se possa pensar, além da fadista e do Pantera Negra, não são somente chefes de Estado que se encontram sepultados no Panteão Nacional.

Este edifício histórico, considerado o primeiro monumento barroco do país, destina-se a homenagear os portugueses que se distinguiram por serviços prestados nas áreas da política, da cultura, da ciência e militar, bem como na defesa dos valores, da dignidade e da liberdade.

Uma das formas de atribuir as honras do Panteão passa pela afixação de um cenotáfio – arca tumular sem corpo -, alusivo à vida e à obra das figuras distinguidas.

Essa homenagem foi atribuída ao general Nuno Álvares Pereira, ao Infante D.Henrique, aos navegadores e exploradores Pedro Álvares Cabral e Vasco da Gama, ao militar Afonso de Albuquerque e ao escritor Luís de Camões.

A outra forma, mais comum, de honrar os portugueses que marcaram a História nacional, consiste na deposição dos seus restos mortais no edifício do Panteão.

FD

Os restos mortais da fadista Amália Rodrigues foram transladados para o Panteão em 2001

Esta ação, que só pode ser aprovado pela Assembleia da República, é acompanhada por um termo de sepultura, assinado pelo Presidente da República. De acordo com a lei, a mesma é permitida somente um ano após a morte.

Entre as personalidades estão sepultadas no Panteão encontram-se, sobretudo, antigos presidentes da República e escritores, sendo as exceções Humberto Delgado, general e opositor ao Estado Novo, Eusébio da Silva Ferreira e Amália Rodrigues.

A fadista, referência nacional e internacional, viu os seus restos mortais transladados em 2011, após a alteração às disposições legais que, anteriormente, apenas permitiam a transladação quatro anos após a morte.

Por decisão unânime da Assembleia da República (AR), em julho de 2014 foi transladado para o monumento o corpo da escritora Sophia de Mello Breyner Andresen. O mesmo aconteceu com os restos mortais de Eusébio, em julho de 2015.

Além destes, encontram-se no monumento nacional os escritores Almeida Garrett, Aquilino Ribeiro, Guerra Junqueiro e João de Deus, bem como os presidentes da República Manuel de Arriaga, Óscar Carmona, Sidónio Pais e Teófilo Braga.

O estatuto de Panteão Nacional é igualmente reconhecido aos mosteiros dos Jerónimos (Lisboa), de Santa Maria da Vitória (Batalha) de Santa Cruz (Coimbra). O último homenageia o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, assim como os seus sucessores aí sepultados – Mafalda de Saboia, Dulce de Aragão e D. Sancho I.

Tradição recente, desejo antigo

Fundado na segunda metade do século XVI, na zona histórica de Santa Clara, o edifício, que passou a ter funções de Panteão Nacional em 1916, estava originalmente destinado à Igreja de Santa Engrácia.

Apesar de a transladação dos corpos para o monumento só ter iniciado em 1966, a ideia não é tão recente. Surgiu em 1836, por iniciativa do então ministro Manuel da Silva Passos (mais conhecido por Passos Manuel).

O intuito, na época, era homenagear os heróis da Revolução de 1820 e recuperar a memória para figuras esquecidas, como o poeta Luís de Camões, responsável pela criação d’Os Lusíadas, considerada a epopeia portuguesa por excelência.

No entanto, para Passos Manuel, o mentor deste projeto, não houve espaço para igual homenagem. Em 2011, a transladação do seu corpo para o Panteão não foi aprovada devido a restrições orçamentais. Pouco tempo depois, o mesmo aconteceu com o compositor Marcos Portugal.

Próximas homenagens: para quando?

Abertas estão as apostas para o próximo ilustre português a ocupar um lugar no monumento nacional. As tentativas vão surgindo.

Com a intenção de homenagear Mário Soares, o Partido Socialista (PS) e o Partido Social Democrata (PSD) propuseram, em julho de 2017, a transladação dos restos mortais do antigo presidente para o Panteão, intenção abandonada após a recusa por parte dos filhos.

Atualmente, existem petições para transladar os corpos do cônsul-geral Aristides de Sousa Mendes, do músico Zeca Afonso e do historiador José Hermano Saraiva. Quem se seguirá?

Taísa Pagno, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Diego Miranda é o primeiro português a atuar no palco principal do Tomorrowland

Diego Miranda vai ser o primeiro DJ português a atuar no palco principal do festival de música eletrónica Tomorrowland. Este será a quinta presença consecutiva do artista. O DJ e produtor Diego Miranda vai ser o …

Bruno Fernandes assina pelo Manchester United. Sporting pode encaixar 80 milhões de euros

Bruno Fernandes assinou pelo Manchester United e viaja para Inglaterra esta quarta-feira. O Sporting recebe 55 milhões de euros a pronto, com o negócio a poder atingir os 80 milhões mediante o cumprimento de certos …

China ultrapassa a Rússia e torna-se o segundo maior vendedor de armas do mundo

A China tornou-se, em 2017, o segundo maior exportador mundial de armas, de acordo com um novo relatório do Instituto Internacional de Pesquisa para a Paz de Estocolmo (SIPRI), publicado na segunda-feira. O país ultrapassou …

Antero Henrique perto de se mudar para o Manchester United

Depois de passar pelo FC Porto e pelo Paris Saint-Germain, Antero Henrique está perto de assumir um cargo na direção desportiva do Manchester United. Antero Henrique, antigo diretor desportivo do Paris Saint-Germain, pode estar perto de …

Moedas de um e de dois cêntimos podem vir a acabar

A Comissão Europeia pretende pôr fim às moedas de um e dois cêntimos. A proposta vai ser apresentada e adotada pela comissão de Ursula von der Leyen esta quarta-feira. Esta é uma das medidas de …

PSD pretende que os próximos serviços públicos sejam criados no interior do país

O PSD pretende que o Governo localize no interior todos os serviços públicos que venha a criar, segundo uma proposta de aditamento ao Orçamento do Estado de 2020 (OE2020) entregue na segunda-feira na Assembleia da …

Ventura propõe que "Joacine seja devolvida ao seu país de origem"

Ventura não apreciou a proposta do Livre de devolver o património das ex-colónias. Numa publicação nas redes sociais sugeriu que Joacine "seja devolvida ao seu país de origem". André Ventura partilhou uma publicação nas redes sociais …

Alberto II da Bélgica assume filha de uma relação extraconjugal

O antigo Rei da Bélgica assumiu ser pai de uma mulher de 51 anos, que nasceu de uma relação extraconjugal, depois de um processo que se arrastou na justiça belga durante sete anos. Uma ordem de …

Luanda Leaks. Plataforma confirma que recebeu os dados de Rui Pinto

A Plataforma de Proteção de Denunciantes na África (PPLAAF) confirmou que recebeu do 'hacker' português Rui Pinto os dados relacionados com as recentes revelações sobre a fortuna da empresária angolana Isabel dos Santos. “Muitos meios de …

Príncipe André ofereceu "zero cooperação" no caso Epstein, diz procurador

O Príncipe André ofereceu "zero cooperação" na investigação sobre os crimes do falecido investidor Jeffrey Epstein, embora o FBI e o Ministério Público de Nova Iorque tenham pedido para interrogá-lo. Segundo afirmou o procurador do distrito …