“Lógica arrogante” de Rui Rio. Álvaro Almeida não gostou de ser despromovido do PSD

PSD / Flickr

Álvaro Almeida foi “despromovido” dos órgãos internos do PSD sem uma “explicação plausível”, avança esta semana o semanário Expresso citando fontes próximas do PSD/Porto e do deputado social democrata.

Nas mexidas recentes nos órgãos do PSD, Álvaro Almeida, o único vereador do PSD eleito no Porto nas autárquicas de 2017, foi afastado duas vezes: do renovado Conselho Nacional Estratégico (CEN), que agora é presidido por Joaquim Miranda Sarmento, o homem forte de Rui Rio nas Finanças, e da escolha dos novos coordenadores temáticos do CEN.

De acordo com o jornal Expresso, a primeira troca foi pacífica, ao contrário da escolha dos novos coordenadores temáticos do CEN. Álvaro Almeida, que na última configuração do órgão, era coordenador da área das Finanças Públicas, e estava acima de Sarmento, o porta-voz, terá sido afastado “unilateralmente”.

O também professor de Economia “não gostou da desconsideração do líder do partido, [Rui Rio]”, disse ao Expresso fonte do PSD/Porto, depois de nas últimas eleições legislativas ter surgido como ministro-sombra para a área económico-financeira e sido o escolhido para o esperado debate eleitoral com o antigo ministro das Finanças, Mário Centeno.

“sentiu-se melindrado pela forma como foi excluído”, sem “uma explicação plausível”, disse outra fonte próxima ao mesmo jornal. “Como já é hábito, o líder do partido continua a gerir o partido numa lógica arrogante e pouco agregadora e quem não se sente não é filho de boa gente”, diz fonte próxima do professor de Economia.

Deixou coordenação da Comissão da Saúde

Respondendo às trocas, Álvaro Almeida demitiu-se de funções de coordenador na Comissão de Saúde e de vice-coordenador na Comissão de Orçamento e Finanças, de acordo com um email enviado na passada quinta-feira à bancada a que a agência Lusa teve acesso.

“Venho informar-vos que comuniquei ontem ao Presidente do Grupo Parlamentar do PSD a minha demissão das funções de coordenador dos deputados do PSD na 9ª Comissão de Saúde, bem como das funções de vice-coordenador na 5ª Comissão de Orçamento e Finanças”, pode ler-se na mesma missiva.

Na carta, não explica os motivos da demissão. Contactado pela Lusa, Álvaro Almeida escusou-se igualmente a fazer qualquer comentário neste momento sobre a sua decisão.

Ao Expresso, Álvaro Almeida pouco disse, afirmando apenas que vai exercer “com empenho” as funções para as quais foi eleito até ao final de mandato, tanto na Assembleia da República como na vereação da Câmara do Porto, não apontando motivos para a decisão. Justificou o silêncio por “não ser oportuno para o PSD falar nesta fase”.

Álvaro Almeida terá ficado desagradado com a despromoção no órgão estratégico do partido, mas terá sido a posição do PSD face à passagem direta de Mário Centeno do Governo para o Banco de Portugal a gota de água que levou à “colisão direta” entre o vereador da CM do Porto e o presidente do PSD.

Fonte da Distrital do Porto disse Álvaro Almeida não gostou da forma “calculista, titubeante e contraditória como o PSD se posicionou em relação à nomeação do ex-ministro das Finanças para governador” do Banco de Portugal.

ZAP //

 

 

 

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Encontradas fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico

Investigadores encontraram fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico. As evidências sugerem que lavar as nossas roupas está a contribuir para esta contaminação. Há muito tempo que o Ártico provou ser um barómetro da saúde …

Campus universitários nos Estados Unidos podem tornar-se super-propagadores da covid-19

Os campus universitários podem tornar-se super-propagadores do novo coronavírus, que causa a covid-19, para toda a sua área de abrangência, concluiu uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos. Analisando os 30 campus universitários …

A "máscara mais inteligente do mundo" é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a …

Novo tratamento permite que pessoas com lesões na espinal medula voltem a mexer mãos e braços

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington conseguiu ajudar seis participantes com lesões traumáticas da espinal medual a recuperar alguma mobilidade de mãos e braços. Muitas das pessoas que sofrem lesões traumáticas da espinal medula …

Ventiladores comprados à China custaram 1,3 milhões. Autarquias algarvias vão pedir devolução do dinheiro

Os 30 ventiladores comprados à China seriam usados nos hospitais do Algarve, mas os equipamentos não funcionam. Os autarcas vão agora exigir devolução do dinheiro. De acordo com a edição do jornal Público deste domingo, o …

EUA um passo atrás da China. Pequim leva avanço na Guerra Comercial (e as suas exportações estão em alta)

No ano em que a pandemia se expandiu em todo o mundo, muitos países viram-se em mãos com graves problemas financeiros e económicos. No caso da China, a situação foi mais positiva e o país …

Alexei Navalny detido no regresso à Rússia

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi detido este domingo no aeroporto em Moscovo quando regressava à Rússia. Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram o opositor russo Alexei Navalny, este domingo, à chegada a Moscovo, acusando-o …

Prazo para trocas ou devoluções suspenso durante confinamento

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado …

Desde 2001 que polícias negros alertam para racismo de agentes do Capitólio

Com a invasão do Capitólio, investiga-se o alegado racismo existente na Polícia do Capitólio. Desde 2001 que agentes negros denunciam casos de discriminação racial no departamento. Desde 2001, centenas de agentes policiais negros processaram o departamento …

Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde. Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a …