Alunos que tiraram fotos à comida das cantinas repreendidos pelos diretores

Os alunos que tiraram fotografias à comida das cantinas escolares, para mostrar a qualidade e quantidade das refeições servidas, estão agora a ser punidos pelos diretores das respetivas escolas.

Segundo o Correio da Manhã, um desses casos aconteceu com duas jovens, de 16 e 18 anos, de uma escola em Gaia, que foram suspensas por cinco e dois dias, respetivamente, por terem partilhado uma fotografia na qual aparece apenas um pão e uma tigela de sopa.

Os pais das alunas estão revoltados com a punição e dizem não terem sido avisados da situação, ponderando avançar com uma queixa junto à Direção Regional de Educação do Norte (DREN), escreve o CM.

A escola defende a decisão tomada, justificando-se com um artigo do Estatuto do Aluno, que defende que os estudantes estão proibidos de “captar sons ou imagens” em atividades letivas e não letivas sem a autorização de professores, diretores ou de qualquer outro membro do estabelecimento de ensino.

O Observador dá conta de outro caso. Teresa (nome fictício), de onze anos, queixava-se à mãe da comida da escola, que então lhe pediu para tirar fotografias como prova de que não estava só a ser “esquisita”. “Quando vi aquilo fiquei chocada com a pouca quantidade de comida e, depois de vários e-mails sem resposta, divulguei no meu Facebook, sem dizer o nome da escola”, conta a progenitora.

A publicação terá sido vista por alguém da direção, o que levou a criança a ser chamada pela diretora ao conselho diretivo, onde estava também a professora responsável pelo 2.º e 3.º ciclo. Ter-lhe-á sido perguntado se sabia que era proibido tirar fotografias na escola.

“A minha filha disse que sabia. E ela perguntou porque é que tinha então tirado fotografia aos pratos da comida. Ela disse que tinha sido eu a pedir e a senhora diretora disse-lhe: ‘Sabes que isto pode dar direito a processo disciplinar com direito a suspensão? Quero que escrevas a relatar o que se passava com a comida e a dizer que tiraste as fotografias'”.

De seguida, a mãe recorda que a filha lhe ligou assustada com a situação. Tentou entrar em contacto com a direção, que só a recebeu uns dias depois e garantiu que não ameaçou a criança. “Ela nem 12 anos tem. É uma menor e eu sou a responsável por ela. Deviam ter-me chamado a mim”, considera.

A Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (Dgeste) recebeu, desde o início do ano letivo, 70 queixas relativas a refeições escolares. Vários casos foram partilhados pelos encarregados de educação nas redes sociais como, por exemplo, o frango cru e o prato de rissóis congelados. Esta semana, veio também a público a lagarta viva numa salada.

ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. FDP desses diretorzinhos de merda. Tiraram fotografias e fizeram muito bem. E se eu fosse pai de algum dos alunos em causa e que tivesse sido repreendido por tirar fotografias, ia à escola, levava os meios de comunicação às costas e fazia um pé de vento que seria notícia de abertura em todos os canais de televisão.

  2. Isto é que devia ser perguntado aos directores e ao representante dos directores. Por estas e por outras é que deviam levar nas trombas e só se perdiam as que não acertassem …

  3. Para o pessoal que tem o hábito de tirar fotografias à comida nos restaurantes para publicar no Facebook, cuidado que isso pode dar prisão.
    Muito cuidado é pouco.
    Vergonha de país.

  4. É uma forma fantástica de fazer as coisas: em vez de corrigir o problema, ataca-se e persegue-se o mensageiro! Como é que este país pode progredir?! Vamos continuar a ser pequenos, tacanhos e irresponsáveis nas próximas gerações, com escolas a manterem este tipo de postura, que muito se assemelha a uma situação de abuso de direito.
    Sem ter em conta que a realidade mudou nos últimos anos. Como vão impedir que qualquer aluno tire um foto no futuro?! Confiscam os telemóveis à entrada? Cabaz de incompetentes!

  5. Por isso é que nada se resolve, quando são os próprios Diretores dos agrupamentos a esconder o que se passa dentro das próprias cantinas, quando no exercício das suas funções deveriam ser os supervisores da mesma. Quem não está a cumprir as funções são eles, que deviam proteger os alunos e os expõem a riscos alimentares e a falta de alimentação. Mas que funcionários públicos são estes…..

  6. Os directores deviam-se preocupar mais em tentar resolver estes problemas,duque tentar silenciar ou intimidar os alunos,tenham vergonha.

    • bem… embora concorde totalmente com o seu comentário, não posso deixar de salientar a utilização da palavra “duque”… Por que não “conde”?

  7. Ainda dizem que isto é uma espécie de país desenvolvido e que pertence à Europa!!?!?..lol. Mas quais democracia quais que?!? Isto é só para alguns, a maioria anda enganada! As atitudes destes directores lembra o tempo da PIDE e do tempo do fascismo…Muitos ainda não saíram desse tempo, infelizmente! Mas muitos desses são incompetentes e arranjam lugares importantes, de responsabilidade! Enfim…estamos a chegar novamente ao fascismo em que se pune quem tem razão!1

    • Pedro: Então você acha que o fascismo não está bem vivo em Portugal, PCP/BE o que são afinal? E fazem parte do suporte do governo, portanto vá comendo e calando!

  8. Se está na moda o suchi ou lá o que é isso portanto as cantinas escolares também acompanham os tempos, alunos retrógrados não devem ser permitidos.

  9. Os directores dessas escolas imediatamente para a rua!!
    Já não bastava serem incompetentes e deixarem as empresas mafiosas dar lixo aos alunos, ainda perseguem que fez o correcto que é denuncia?!
    No mínimo, tem que ser despedidos!!
    Deve ser gente de “boas famílias” com tiques do tempo do Salazar, mas andam enganados no tempo!…

RESPONDER

Geringonça à direita em Lisboa? Iniciativa Liberal disponível para dar a mão a Moedas

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …

Liveblog Autárquicas. Geringonça à direita em Lisboa?

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Autárquicas: PS reivindica vitória e acredita que ganha em Lisboa

O secretário-geral adjunto do PS reivindicou hoje vitória do seu partido nas eleições autárquicas, dizendo que irá vencer em número de câmaras e de freguesias, e manifestou-se confiante no quinto triunfo consecutivo em Lisboa. Esta posição …

Autárquicas: Santana reconquista a Figueira e fala numa "proeza sem igual"

Primeiras projeções nas eleições autárquicas na Figueira da Foz dão a vitória a Pedro Santana Lopes, com 41 a 46% dos votos e 4 a 5 mandatos. Segundo a projeção da RTP, na Figueira da Foz, …

Autárquicas: PS segura Almada

Aposta da CDU em Maria das Dores Meira, atual autarca de Setúbal que atingiu o limite de mandatos naquele concelho, parece não ter sortido os efeitos desejados. O Partido Socialista deverá, segundo as primeiras projeções, conseguir …

Autárquicas: Coimbra muda de mãos com maioria absoluta de José Manuel Silva

Segundo as primeiras projeções desta noite, o ex-bastonário da Ordem dos Médicos e candidato do PSD, José Manuel Silva conquista a Câmara Municipal de Coimbra, com margem confortável Segundo a projeção SIC, José Manuel Silva obterá …

Autárquicas: Rui Moreira reeleito no Porto, mas com maioria em risco

A sondagem ICS-ISCTE, divulgada pela SIC, projeta uma vitória confortável de Rui Moreira no Porto. A sondagem indica que o atual autarca terá entre 39,2 e 44,2%. De acordo com as primeiras projeções, o resultado obtido …

Autárquicas: Sondagens dão empate entre Medina e Moedas em Lisboa

As primeiras projeções da SIC dão um empate entre o presidente da Câmara, Fernando Medina, e o candidato do PSD, Carlos Moedas. O resultado é ainda incerto. Também a projeção RTP/Universidade Católica dá resultados muito próximos …

Ummu tem 25 anos e é rosto das negociações com o Boko Haram

Com a Nigéria a enfrentar uma crise de raptos, Ummu Kalthum é uma das mais jovens — e mais bem-sucedidas — mediadoras a negociar acordos para libertar reféns do Boko Haram no país. Na última década, …

Alemanha: Sociais-democratas reclamam vitória (com "desastre" para os conservadores)

Os sociais-democratas SPD reivindicaram hoje vitória nas eleições parlamentares alemãs, numa altura em que os conservadores da CDU, força política de Angela Merkel, se aproximam de uma votação mínima histórica, de acordo com as primeiras …