Cantina escolar serve frango cru a alunos

Carlos Da Fonseca / Facebook

Frango cru servido em cantina escolar da Grande Lisboa.

A má qualidade das refeições escolares continua na ordem do dia e, desta feita, há imagens de pais que mostram um prato com frango cru, ainda a escorrer sangue, que foi alegadamente servido a crianças de uma escola do primeiro ciclo da Grande Lisboa.

As imagens publicadas nas redes sociais foram também divulgadas pela TVI e terão sido tiradas esta segunda-feira, 17 de Outubro, ironicamente o Dia Mundial da Alimentação.

O caso terá acontecido na EB23 Professor Noronha Feio, em Queijas, Oeiras, e a Confederação Nacional das Associações de Pais partilhou no seu perfil do Facebook uma imagem divulgada por um pai de um aluno do estabelecimento, que mostra o frango visivelmente cru, ainda a escorrer sangue.

“A professora verificou que o frango estava cru e disse aos alunos para não comerem o frango e comerem só o arroz. Acontece, como se vê nas fotos partilhadas, que o sangue do frango já estava espalhado e muitos miúdos nem o arroz comeram, como foi o caso do meu filho”, conta à TVI a mãe de um aluno daquela escola.

“Não sabia que fazia mal e comi. E os meus colegas também comeram”, refere, por seu turno, à mesma estação uma criança do estabelecimento.

A presidente da Associação de Pais da Noronha Feio, Isabel Amaral Nunes, alerta no mesmo canal que está em causa “uma situação de saúde pública”.

O frango nunca deve ser comido cru, porque pode estar infectado por bactérias e parasitas. Há inclusive recomendações de que não deve sequer ser lavado em cru, pois pode infectar a banca de cozinha e outros alimentos.

A questão da qualidade das refeições escolares tem estado na ordem do dia, com vários casos denunciados nas redes sociais, em diferentes pontos do país.

A Federação Regional de Lisboa das Associações de Pais (FERLAP) tem denunciado vários casos, nomeadamente um em que se vê um aluno a tentar espetar, sem conseguir, um pastel de bacalhau, numa escola de Sintra. Presume-se que estaria ainda congelado, havendo outros casos de rissóis servidos crus noutras escolas.

Em muitos estabelecimentos, pais e alunos queixam-se da falta de quantidade das refeições e terá sido esse o problema na Noronha Feio, aquando do prato de frango cru. “Houve uma falha a nível de quantidade e as pessoas que estavam no refeitório decidiram improvisar“, refere a presidente da Associação de Pais da escola à TVI.

Entretanto, uma mãe de um aluno da mesma escola partilhou na página da Associação de Pais e Encarregados de Educação do estabelecimento uma fotografia de uma refeição com peixe cru. “O peixe hoje estava uma desgraça…..partes quase cruas“, pode ler-se.

Em declarações à TVI, a direcção da escola culpa a empresa Uniself, que serve as refeições em muitas das cantinas do país, pelo sucedido. A Uniself ainda não se pronunciou sobre o caso.

O Ministério da Educação paga pouco mais de um euro por cada refeição escolar, o que, segundo alguns, justifica a pouca quantidade e a má qualidade das refeições escolares.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E o suspeito apesar de cada vez mais haverem provas contra ele continua a afirmar que não foi ele e tudo ficará em águas de bacalhau, enquanto forem tratados com miminhos a coisa não vai, cada vez mais a justiça está do lado do bandido!.

  2. O que conheço deste assunto, é apenas o que é dito nesta notícia, pelo que, não quero que interpretem o meu comentário como estando a defender alguém.
    Pouco mais de um euro por cada refeição, nem paga os ingredientes para a comida (a não ser que sirvam massa com arroz…) , logo, com este preço não se pode esperar comida variada com qualidade e em quantidade.
    Assim, através disto a que se chama a escravatura moderna (que está a ser feita sobre as empresas que servem as refeições), coloca em risco a saúde das crianças que as pode marcar para o resto da vida (as empresas com esta margem tão baixa, vão ter que rentabilizar os empregados, pelo que eles não vão ter tempo de cozinhar correctamente os alimentos).
    Assim, parece-me que o caso deva ter de ser analisado a um nível mais elevado, impedir que situações de ganância económica possam colocar em risco a vida de pessoas.

RESPONDER

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …