Alunos sem aulas em Beja porque o professor está de baixa

Os 16 alunos da escola do 1.º ciclo do ensino básico de Trigaches, no concelho de Beja, ainda não começaram as aulas, porque o professor está de baixa há sete meses e não foi substituído.

As aulas da única turma da escola, constituída por alunos do 1.º ao 4.º anos, deviam ter começado no dia 15 deste mês, o que não aconteceu, porque o professor “está de atestado desde o passado mês fevereiro” e ainda não foi substituído, disse à Lusa a mãe de um dos alunos, Patrícia Henriques.

“Sabiam que o professor estava de atestado e não o substituíram” para que as aulas pudessem ter começado no início do ano letivo, lamentou, referindo que a professora de apoio que substituiu o docente entre fevereiro e o fim do passado ano letivo “foi colocada noutra escola”.

Por isso, “não há professor de apoio” para o substituir e dar as aulas até ser colocado um outro docente, o que poderá “demorar algum tempo”, disse.

Trata-se de uma “situação ridícula, que não se admite, nem se justifica, porque há tantos professores no desemprego e estamos a falar de 16 crianças” de diferentes anos de escolaridade, mas que “vão estar todas na mesma sala só com um professor”, disse.

Os pais já falaram com o subdiretor do Agrupamento de Escolas n.º 1 de Beja, do qual faz parte a escola de Trigaches, que lhes disse ser “necessário esperar pela colocação de um novo professor“, o que vai “demorar algum tempo”, porque há procedimentos legais a cumprir.

“O certo é que as crianças não têm professor, nem aulas e estão a ficar atrasadas na matéria”, lamentou, frisando que os pais temem que se repita o que aconteceu no passado ano letivo com alguns alunos da escola, que “ficaram retidos no mesmo ano por não ter sido dada toda a matéria”.

Por outro lado, “já não há atividades de tempos livres e há pais que não têm com quem deixar os filhos”, disse Patrícia Henriques, cujo filho está matriculado no 1.º ano e vai começar a frequentar o ensino básico este ano letivo.

“Esta semana tenho com quem deixar o meu filho”, mas, se entretanto as aulas não começarem, “na próxima semana vou ter de deixar de trabalhar para ficar com ele”, disse.

Patrícia Henriques contou que um dos alunos que ficou retido no mesmo ano de escolaridade “já pediu à mãe para mudar de escola, porque não quer reprovar de ano outra vez”, devido ao atraso no início das aulas e na matéria.

Para denunciarem a situação e exigirem a colocação de um professor e o início das aulas, os pais e os alunos já protestaram à porta da escola e enviaram mensagens, através de correio eletrónico, ao Ministério da Educação e ao Presidente da República.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …