Alunos sem aulas em Beja porque o professor está de baixa

Os 16 alunos da escola do 1.º ciclo do ensino básico de Trigaches, no concelho de Beja, ainda não começaram as aulas, porque o professor está de baixa há sete meses e não foi substituído.

As aulas da única turma da escola, constituída por alunos do 1.º ao 4.º anos, deviam ter começado no dia 15 deste mês, o que não aconteceu, porque o professor “está de atestado desde o passado mês fevereiro” e ainda não foi substituído, disse à Lusa a mãe de um dos alunos, Patrícia Henriques.

“Sabiam que o professor estava de atestado e não o substituíram” para que as aulas pudessem ter começado no início do ano letivo, lamentou, referindo que a professora de apoio que substituiu o docente entre fevereiro e o fim do passado ano letivo “foi colocada noutra escola”.

Por isso, “não há professor de apoio” para o substituir e dar as aulas até ser colocado um outro docente, o que poderá “demorar algum tempo”, disse.

Trata-se de uma “situação ridícula, que não se admite, nem se justifica, porque há tantos professores no desemprego e estamos a falar de 16 crianças” de diferentes anos de escolaridade, mas que “vão estar todas na mesma sala só com um professor”, disse.

Os pais já falaram com o subdiretor do Agrupamento de Escolas n.º 1 de Beja, do qual faz parte a escola de Trigaches, que lhes disse ser “necessário esperar pela colocação de um novo professor“, o que vai “demorar algum tempo”, porque há procedimentos legais a cumprir.

“O certo é que as crianças não têm professor, nem aulas e estão a ficar atrasadas na matéria”, lamentou, frisando que os pais temem que se repita o que aconteceu no passado ano letivo com alguns alunos da escola, que “ficaram retidos no mesmo ano por não ter sido dada toda a matéria”.

Por outro lado, “já não há atividades de tempos livres e há pais que não têm com quem deixar os filhos”, disse Patrícia Henriques, cujo filho está matriculado no 1.º ano e vai começar a frequentar o ensino básico este ano letivo.

“Esta semana tenho com quem deixar o meu filho”, mas, se entretanto as aulas não começarem, “na próxima semana vou ter de deixar de trabalhar para ficar com ele”, disse.

Patrícia Henriques contou que um dos alunos que ficou retido no mesmo ano de escolaridade “já pediu à mãe para mudar de escola, porque não quer reprovar de ano outra vez”, devido ao atraso no início das aulas e na matéria.

Para denunciarem a situação e exigirem a colocação de um professor e o início das aulas, os pais e os alunos já protestaram à porta da escola e enviaram mensagens, através de correio eletrónico, ao Ministério da Educação e ao Presidente da República.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cabrita mostra desagrado pelo afastamento da mulher do Governo

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, partilhou no Facebook um texto de uma ativista ambiental algarvia crítico do afastamento da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, com quem é casado. Eduardo Cabrita, ministro da Administração …

Polícia desmantela rede de pornografia infantil e faz mais de 300 detenções

Pelo menos 337 pessoas de 38 países foram detidas numa operação em que foi desmantelada uma rede de pornografia infantil, que usava um site para comercializar vídeos de abuso sexual de crianças. Num comunicado divulgado esta …

Três coelhos de uma cajadada. Vieira renova contratos a três jogadores

No seu regresso de Angola, Luís Filipe Vieira assegurou a renovação do contrato de três jogadores: Grimaldo, Ferro e Jota. O anúncio oficial deverá estar para breve. Esta quinta-feira, o jornal Record fez manchete com a …

Berardo chama Mourinho e Ronaldo a jogo para não perder condecorações

A defesa de Joe Berardo invocou outros casos de personalidades portuguesas para que o empresário não perca as condecorações que recebeu dos antigos Presidentes da República Ramalho Eanes e Jorge Sampaio, escreve o Eco. De acordo …

Decisão "vergonhosa". Iniciativa Liberal e Chega indignados com distribuição de lugares no Parlamento

Está definida a distribuição de lugares do próximo Parlamento. O Iniciativa Liberal e o Chega não estão contentes e criticam a decisão. A decisão da conferência de líderes do Parlamento sobre os lugares que os novos …

Aos 57 e com Parkison, Damásio criou uma raqueta especial e sagrou-se vice-campeão mundial

Damásio Caeiro fez mais de 50 tentativas para construir a raqueta ideal para jogar ténis de mesa e, quando conseguiu "que mão e raqueta se fundissem", sagrou-se vice-campeão mundial de doentes com Parkinson. "Tinha muita dificuldade …

"Não seja tolo!". Trump enviou carta a Erdogan para resolver conflito com os curdos

No dia 9 de outubro, Donald Trump enviou uma carta ao presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, a avisá-lo sobre a incursão da Turquia na Síria. "Não seja um tipo difícil. Não seja tolo!", escreveu o …

Catalunha em estado de sítio. Governo pede protestos pacíficos e acusa "infiltrados e provocadores"

O presidente do Governo da Catalunha, Quim Torra, condenou ao final da noite de quarta-feira os protestos violentos que se registam há três dias na região e acusou um grupo de infiltrados de estar a …

Há acordo para o Brexit

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou esta quinta-feira que alcançou “um grande acordo” com a União Europeia para o Brexit. "Temos um ótimo novo acordo", afirmou, esta quinta-feira, Boris Johnson no Twitter. O primeiro-ministro britânico anunciou …

Encontrados 20 sarcófagos de madeira bem conservados no Egito

Uma equipe de arqueólogos descobriu pelo menos 20 sarcófagos em bom estado de conservação numa tumba antiga perto da cidade de Luxor, no sul do Egito, revelou o Ministério de Antiguidades egípcio esta semana. De acordo …