Alunos que faltem podem ser prejudicados na avaliação, admite secretário de Estado

Marcos Santos / USP

O Governo determinou que a presença nas aulas é facultativa e que as faltas são justificadas. No entanto, o secretário de Estado da Educação alerta que os alunos que optem por faltar podem ser prejudicados na avaliação.

O regresso às aulas presenciais para os alunos dos 11.º e 12.º ano acontece no próximo dia 18 de maio. A presença nas aulas às disciplinas sujeitas a exame nacional é facultativa e as faltas são justificadas, avisou o primeiro-ministro, António Costa.

No entanto, o secretário de Estado da Educação, João Costa, admitiu que quem optar por não marcar presença nas aulas pode sair prejudicado na avaliação.

“Há aqui uma opção possível dos encarregados de educação, que respeitamos. Mas quando eu escolho tirar um filho meu da escola, estou a assumir uma opção em que tenho que garantir que de alguma forma ele continua a aprender e tenho que viver com as consequências dessa opção”, disse o governante em entrevista à TVI.

Embora o aluno não reprove por faltas, como realça o Observador, esta é uma decisão “que naturalmente tem impacto nas aprendizagens e na avaliação“. O secretário de Estado explicou, inclusive, que estes alunos podem vir a ser avaliados no mesmo modelo que os jovens que fazem tratamentos oncológicos.

João Costa considera “injusto”, por exemplo, que os alunos que optem por não ir às aulas presenciais sejam avaliados ao mesmo nível de quem optou por ir à escola. No mesmo sentido, afasta a hipótese de estes alunos terem a nota do segundo período.

“Nós não estaríamos a levar um aluno para a escola se não tivéssemos a certeza que era um passo seguro”, reconforta. O Ministério da Educação enviou, esta terça-feira, às escolas as regras para se estudar presencialmente em tempo de pandemia. Um aluno por secretária, horários desfasados e intervalos dentro da sala são algumas das medidas aplicadas.

“A nível mais pessoal e político tenho uma enorme resistência a que a testagem se torne uma norma entre entidades empregadoras e os trabalhadores. Porque nos abre uma caixa de pandora. Se o medo imperar pode ser muito perigosa, hoje é a covid, amanha é a hepatite e qualquer dia é o teste da gravidez das senhoras. Eu não gostaria de viver numa sociedade assim”, disse ainda João Costa, que se manifesta contra a testagem de todos os alunos, professores e funcionários.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nakajima recusa-se a treinar com a equipa portista

O avançado japonês recusa-se a treinar com o restante plantel portista, tendo invocado os problemas de saúde da mulher, e está naturalmente de fora do jogo desta quarta-feira com o Famalicão. Esta terça-feira, na conferência de …

Tribunais retomam atividade. Juízes recusam fazer julgamentos em salas sem condições

Os tribunais retomam hoje a realização de diligências presenciais, mas dirigentes do setor anteveem que o regresso à atividade normal será assimétrico e progressivo, sendo em alguns casos difícil assegurar totalmente as medidas de segurança …

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …