Ministério Público investiga nova queixa de violência na esquadra de Alfragide

Tiago Petinga / Lusa

Um homem cabo-verdiano terá sido agredido na esquadra da PSP, em Alfragide, a 7 de fevereiro, o que terá motivado a hospitalização da vítima durante três dias. O Ministério Público já está a investigar.

Avelino, de 50 anos, terá sido detido no bairro 6 de maio, no concelho da Amadora, quando aquela autarquia procedia à demolição de algumas casas. O homem de origem cabo-verdiana ter-se-à recusado a abandonar a sua habitação, segundo o Diário de Notícias.

Segundo a PSP, o homem terá resistido às ordens das autoridades e agredido três agentes, tendo a polícia instaurado a respetiva queixa judicial.

De acordo com o inquérito agora aberto pelo Departamento de Investigação e Ação Penal – DIAP – da Amadora, os agentes levaram o homem algemado até à esquadra de Alfragide, tendo agredido durante o caminho e já nas instalações policiais. As agressões levaram ao internamento de Avelino no hospital Fernando da Fonseca durante três dias.

O caso chegou a público através do vereador do PCP Francisco Santos, na última reunião da Câmara da Amadora, tendo este alertado para “algumas semelhanças nas narrativas policiais” entre este episódio de alegada violência policial e as situações descritas na acusação do Ministério Público contra 18 agentes dessa mesma esquadra.

Segundo o DN, há suspeita de que alguns desses 18 agentes possam estar também envolvidos neste novo caso. No entanto, só depois dos reconhecimentos feitos em sede da investigação judicial se poderá confirmar oficialmente, ou não, esta suspeita.

A queixa deu entrada no DIAP depois de ser conhecida a acusação contra os 18 agentes mas isso não passará de uma coincidência, segundo Paulo Azevedo, o advogado da vítima (que confirmou o relato do vereador), já que desde fevereiro “que estão a ser recolhidas provas para sustentar a denúncia“, explica.

O vereador do PCP reafirmou as declarações da reunião da autarquia e contou que visitou o Senhor Avelino, “depois deste sair do hospital e que este lhe mostrou ‘meio envergonhado'” os “hematomas que tinha por todo o corpo, na barriga, costas e principalmente nas nádegas, onde disse que lhe tinham dado palmatoadas com bastões”.

Francisco Santos sublinha que não pretende “fazer qualquer julgamento precipitado e injusto”, mas não deixa de assinalar “as semelhanças dos relatórios policiais produzidos nas duas ocasiões e os resultados sofridos pelos cidadãos detidos pelos agentes da esquadra de Alfragide”.

O vereador chama ainda a atenção para “o progressivo abandono do policiamento de proximidade, que na Amadora passou a ser substituído por um conceito de intervenção musculada, parece ser pouco adequado para uma cidade em que coabitam e coexistem mais de quarenta nacionalidades”.

O que “incomoda” Francisco Santos “não é a esquadra em si”, pois não “acredita que aqueles polícias possam agir daquela forma sem orientação e conhecimento superior“. Apela a que, caso a acusação do MP “venha a ser confirmada em sede de julgamento” que sejam apuradas “responsabilidades a outros níveis, nomeadamente sobre as orientações do Comando da Divisão da Amadora no período em que os factos ocorreram”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …

TDT vai mudar de frequência (outra vez)

A frequência da Televisão Digital Terrestre (TDT) está a ser alterada de forma faseada, o que significa que os portugueses que usem este serviço gratuito de televisão têm de sintonizar novamente os seus recetores e/ou …

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …