Aldeia do concelho de Moura regista surto de 26 casos. Vimieiro com 10 infetados

Hugo Delgado / Lusa

Um surto de covid-19 surgiu na aldeia de Póvoa de São Miguel, no concelho Moura, distrito de Beja, e já existem 26 casos confirmados, dos quais um está internado. Na vila de Vimieiro, concelho de Arraiolos, o número de casos aumentou para 10.

Em declarações à agência Lusa, o coordenador do serviço municipal de proteção civil, Diogo Saraiva, adiantou que os primeiros quatro casos positivos foram detetados há quase 15 dias nesta aldeia alentejana.

Desde logo, referiu, foi feito pela Saúde Pública “o rastreio de contactos diretos” dos primeiros quatro infetados e, posteriormente, realizaram-se os testes à covid-19.

Na última terça-feira, segundo o responsável, foram testadas 53 pessoas, cujos resultados permitiram detetar mais 12 casos confirmados da doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

“Mas foi necessário aprofundar as ligações” com os casos positivos confirmados, pelo que foram feitos mais 142 testes, na sexta-feira, que resultaram em mais 10 casos positivos, adiantou.

Até este domingo, precisou o coordenador do serviço municipal de proteção civil de Moura, existem 26 casos confirmados de covid-19 em Póvoa de São Miguel, encontrando-se uma dessas pessoas internada no hospital de Beja.

Um grupo de voluntários vai distribuir, na segunda-feira, cerca de 500 máscaras pela população, numa ação “porta a porta” que conta com o apoio do serviço municipal de proteção civil e da junta de freguesia.

O concelho de Moura, de acordo com a proteção civil municipal, regista 43 casos ativos de covid-19, nomeadamente 26 em Póvoa de São Miguel, 10 em Amareleja, seis em Moura e um em Santo Aleixo da Restauração.

Entretanto, os casos positivos de covid-19 na vila de Vimieiro, concelho de Arraiolos, aumentaram para 10, mais dois nas últimas horas, existindo também mais uma pessoa internada no hospital de Évora.

A presidente da Câmara de Arraiolos, Sílvia Pinto, indicou à agência Lusa que os novos casos da doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 são o de uma pessoa da família dos oito primeiros infetados e o de outra da comunidade.

Segundo a autarca, estes 10 casos positivos em Vimieiro dizem respeito aos dados até ao final do dia de sábado e refletem os cerca de 50 testes à covid-19 que foram feitos, nos últimos dias, e cujo resultado já é conhecido.

Nesta vila do distrito de Évora, alguns cafés e restaurantes e equipamentos para crianças da Santa Casa da Misericórdia de Vimieiro (SCMV) encontram-se fechados, por precaução, depois de oito pessoas terem testado positivo para a covid-19.

A SCMV anunciou que também vai suspender as visitas aos utentes do seu lar de idosos, a partir de segunda-feira e por tempo indeterminado, em coordenação com as autoridades de saúde e o Centro Distrital de Évora da Segurança Social.

No sábado, foram realizados mais 20 testes a pessoas que estiveram em contacto com os infetados, adiantou a autarca de Arraiolos, referindo que ainda não possui informação sobre os respetivos resultados.

Sílvia Pinto precisou que do surto de Vimieiro encontram-se internadas no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) três pessoas, mais uma do que na sexta-feira, todas elas “idosas e com histórico de problemas de saúde”.

Portugal contabiliza pelo menos 1.717 mortos associados à covid-19 em 50.164 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.