Alberto João Jardim talvez deputado em Lisboa

PSD Madeira / Flickr

Alberto João Jardim

Alberto João Jardim

Alberto João Jardim admitiu esta sexta-feira a hipótese de assumir o seu lugar na Assembleia da República e reafirmou que colocará o cargo de presidente do Governo Regional à disposição do representante da República a 12 de Janeiro.

“Pode-se colocar. Eu estou eleito tanto para a Assembleia Legislativa da Madeira como para a Assembleia da República”, respondeu Alberto João Jardim ao ser questionado sobre a hipótese de vir a desempenhar funções de deputado no parlamento em Lisboa.

Em declarações aos jornalistas à chegada ao Funchal, proveniente de Bruxelas, onde participou numa reunião do Comité das Regiões, Jardim disse que o “representante da República tem de se entender com o novo líder partidário”.

Jardim afirmou ainda que o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, sabe o que vai fazer “neste momento”.

“Eu quando me encontro com o senhor Presidente da República entro pela porta de trás, nunca entro pela porta da frente, que é a maneira de eu poder conversar à vontade”, afirmou.

Embora a possibilidade de assumir um lugar de deputado na Assembleia da República ser uma hipótese, Alberto João Jardim disse que não sabe se vai concretizar-se.

“Se houver eleições antecipadas na Madeira, este Governo vai ter de ficar em gestão, pelo menos até à Páscoa, portanto essa hipótese de ir assumir funções ou de não ter pachorra de ir assumir qualquer função na Assembleia da República ou na Assembleia Legislativa da Madeira não se põe para já”, declarou.

Sobre as eleições internas no PSD/Madeira, às quais se apresentam seis candidatos a líder, Jardim disse que não gostaria de ver o partido “nas mãos da maçonaria”, nem “nas mãos de pessoas que nas últimas eleições autárquicas mandaram votar na oposição”, nem “nas mãos das pessoas que são cúmplices da política errada que se faz em Lisboa”.

No entanto, assegurou que vários dos candidatos merecem o seu voto, realçando que quem for eleito, “seja ele quem for”, deve ter por primeiro objectivo a tarefa de unir o partido.

“Se ele não conseguir unir o partido, o meu dever é ajudar nessa união“, declarou, afirmando que se não houver esse esforço de união “já está dado um mau sinal e é um mau sinal que vai implicar uma derrota eleitoral a seguir”.

Alberto João Jardim desvalorizou, por outro lado, a questão dos deputados de PSD/Madeira na Assembleia da República, alvo de acção disciplinar por terem votado contra o Orçamento do Estado para 2015.

O líder social-democrata madeirense referiu-se em particular a Guilherme Silva, dizendo que “tem todas as qualidades e pleno direito para ser vice-presidente da Assembleia da República”.

Não é nenhum Montenegro deste mundo que o vai demitir“, afirmou Alberto João Jardim, referindo-se ao líder parlamentar do PSD.

“Esses meninos, que são profissionais da política, que tenham é todos juízo, porque, infelizmente, quem precisava neste momento de um processo interno, como fez o PS, era o PSD”, acrescentou.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …