Água já não deverá chegar a Viseu de comboio como previsto

Vagner Campos/ A2 Fotografia

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou o empréstimo de bombas de água para combater a seca nos estados da Paraíba e Pernambuco

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, admitiu esta sexta-feira que não se deverá concretizar a possibilidade de, a partir da próxima semana, começar a chegar água de comboio para abastecer a região.

“As Águas de Portugal já quantificaram. O custo é mais elevado por comboio do que por rodovia. E estamos a falar de uma gota de água, 500 metros cúbicos, que cada comboio traria”, afirmou Almeida Henriques aos jornalistas, durante uma visita feita à Barragem de Fagilde, acompanhado pelo Presidente da República e pelo presidente da Câmara de Mangualde.

Há dez dias que, para ajudar a enfrentar a seca que tem atingido a Barragem de Fagilde, a região tem sido abastecida por camiões cisterna que transportam água, avança o Diário de Notícias.

Segundo o autarca, ao invés do comboio, é preferível apostar na água existente num raio de 40 quilómetros, nomeadamente nas barragens de Balsemão, Vilar e do Planalto Beirão.

“E, eventualmente, até estudarmos a possibilidade de mais armazenamento de água no limite do sistema de abastecimento, para podermos fazer mais viagens por dia”, acrescentou.

Segundo o autarca, há também a hipótese de aproveitar águas de pequenas captações de pedreiras, recorrendo a Estações de Tratamento de Águas portáteis.

Na quinta-feira, Almeida Henriques tinha dito à agência Lusa que deveriam chegar de comboio, a partir da próxima semana, mais de 500 metros cúbicos de água diários para fazer face à seca que atinge a região.

“Está a ser preparada a possibilidade de vir um comboio com água, diário, durante a noite, que descarregaria em Mangualde, com capacidade de mais ou menos 500 metros cúbicos (m3) por dia. Estamos a monitorizar diariamente, mas diria que é convenientemente que na próxima semana este transporte já esteja a ser assegurado”, revelou na altura.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Pagaram mais uns milhões aos helis para os fogos que não houveram, logo não voaram, ponham os helis a transportar agua a balde pelo menos justificam os milhões que mamaram!!!

  2. Por comboio é mais caro do que pelo o actual meio?
    Gostava de saber quais são as contas feitas, uma vez que não se trata só de contabilizar o custo efectivo, mas também os custos das estradas, acho que é mais é falta de vontade

RESPONDER

Risco de pobreza em Portugal é o mais baixo de sempre. Mas há 330 mil menores em risco

O ano de 2017 trouxe melhorias às condições de vida da população, com o risco da pobreza a atingir 17,3% dos residentes em Portugal. É a taxa mais baixa desde que este indicador é tratado, …

Maria Martins conquista bronze nos Europeus de ciclismo de pista

Maria Martins venceu nesta quarta-feira a medalha de bronze no “scratch” feminino dos Europeus de ciclismo de pista, que nesta quarta-feira arrancaram em Apeldoorn, na Holanda. Depois de várias medalhas em Europeus sub-23, a ciclista de …

Carlos César: Firmar um acordo com o Bloco descriminaria os restantes partidos de esquerda

O dirigente socialista Carlos César mostrou-se esta quarta-feira confiante que o novo Governo será para quatro anos, considerando ainda que firmar um acordo com o Bloco de Esquerda seria discriminar os restantes partidos de esquerda. …

Médico que deixou bebé nascer sem rosto tem quatro processos na Ordem

O obstetra que não detetou malformações graves num bebé que acabou por nascer sem rosto no início deste mês, em Setúbal, tem quatro processos em curso no conselho disciplinar da Ordem dos Médicos. A informação foi …

Tensão na Catalunha afeta realização do Barcelona-Real Madrid

A violência dos protestos na Catalunha está a fazer com que a Liga e a Federação de futebol espanholas repensem a ideia de o clássico entre Barcelona e Real Madrid se realizar em Camp Nou. O …

Assis critica novo Governo do PS. É "muito António Costa" e feito só para dois anos

O ex-eurodeputado do Partido Socialista (PS) Francisco Assis não poupou nas críticas ao novo Governo, que António Costa apresentou ao Presidente da República na terça-feira ao final do dia, considerando que este é um executivo …

PSD considera que não há novo Governo, mas "remodelação" com alargamento

O PSD defendeu na quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Depois do terramoto das legislativas, vem aí um Conselho Nacional difícil para o CDS

O CDS reúne esta noite o Conselho Nacional. Segundo o Público, Assunção Cristas deverá renunciar a lugar de deputada na Assembleia da República. O CDS deverá marcar esta quinta-feira o próximo congresso para janeiro de 2020. …

Rio quer abafar Montenegro ao fazer "multitasking" como líder partidário e parlamentar

Rui Rio pode acumular as funções de líder do partido e líder parlamentar. O objetivo passa por evitar divisões na bancada e esvaziar a oposição de Luís Montenegro. Rio parece já ter uma estratégia delimitada para …

Cabrita mostra desagrado pelo afastamento da mulher do Governo

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, partilhou no Facebook um texto de uma ativista ambiental algarvia crítico do afastamento da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, com quem é casado. Eduardo Cabrita, ministro da Administração …