Agravamento de medidas entra em vigor às 00:00 desta quarta-feira

Manuel de Almeida / Lusa

O primeiro-ministro anunciou esta terça-feira que o decreto com as novas medidas restritivas para o combate à covid-19, que foi aprovado pelo Governo na segunda-feira, vai entrar em vigor às 00:00 desta quarta-feira.

“O senhor Presidente da República [Marcelo Rebelo de Sousa] já promulgou o nosso decreto lei. Portanto, o decreto será publicado ainda hoje [em Diário da República] e entrará em vigor às 00:00 de quarta-feira”, declarou António Costa na Assembleia da República, em resposta a uma questão colocada pelo líder parlamentar do PSD, Adão Silva.

Ao final da manhã, o Presidente da República assinou esse decreto do Governo que altera a regulamentação do estado de emergência devido à pandemia de covid-19. O anúncio foi feito através de uma nota no site da Presidência da República em que Marcelo também anuncia um encontro com especialistas sobre o “ano letivo em curso”.

“Sendo certo que já dentro de uma semana, em sessão por ele sugerida, haverá nova reflexão com os especialistas acerca de outras temáticas, como as respeitantes ao ano letivo em curso, e beneficiando já de mais dados sanitários, o Presidente da República assinou o decreto do Governo que altera a regulamentação do estado de emergência”.

Na sequência da promulgação pelo chefe de Estado, o diploma foi logo depois referendado pelo primeiro-ministro tendo seguido para publicação em Diário da República.

Em declarações aos jornalistas, no Campus de Carcavelos da Universidade Nova de Lisboa, o Presidente da República disse que recebeu o decreto com as medidas do Governo de madrugada e assinou-o esta terça-feira de manhã para seguir para referenda pelo primeiro-ministro e entrar em vigor, o que já aconteceu.

António Costa anunciou uma série de ajustes ao novo confinamento nesta segunda-feira, depois da reunião de Conselho de Ministros. As alterações incluem o fim de vendas ao postigo, novos horários de funcionamento para todos os estabelecimentos e o regresso da proibição de circular entre concelhos aos fins-de-semana.

Uma morte por covid-19 a cada sete minutos

Portugal contabilizou esta terça-feira 218 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas, relacionados com a covid-19, e 10.455 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Quase metade das mortes registaram-se na região de Lisboa e Vale do Tejo (88 mortos).

Na véspera, nesta segunda-feira, as autoridades de saúde deram conta da morte, no total, de 167 pessoas com covid-19 em 24 horas. Estes números mostram que, nas últimas 24 horas, morreu uma pessoa com a doença a cada sete minutos.

Há ainda 10.455 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, um valor muito acima do valor desta segunda-feira (6.702), mas em linha com o que tem sido registado nos últimos sete dias: só na segunda-feira é que não houve registo de mais de 10.000 casos.

A região de Lisboa e Vale do Tejo continua a registar o maior número de infeções (5.012), seguindo-se depois o Norte (2.970), Centro (1.605) e no Alentejo (531).

O boletim dá ainda conta de 10.282 recuperados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Costa, Costa, daqui a um par de semanas estás a fechar as escolas! E ainda falam em seguir os bons exemplos na Europa. Então façam JÁ o que o resto da Europa já fez.

    E já agora, onde está Tiago Brandão Rodrigues?…

RESPONDER

Primeiro-ministro tunisino terá sido agredido antes de concordar em renunciar

O primeiro-ministro da Tunísia, Hichem Mechichi, terá sido alegadamente agredido dentro do palácio presidencial antes de ser afastado de cargo pelo chefe de Estado do país, Kais Saied. Mechichi e o restante governo foram demitidos na …

Comissão Europeia envia primeiro “cheque” do PRR na próxima semana

A Comissão Europeia irá fazer o pagamento da primeira verba do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) no decorrer da próxima semana. Na sessão de assinatura dos contratos do Mecanismo de Recuperação e Resiliência da União …

Marcelo pede ao TC fiscalização do artigo 6.º da Carta de Direitos na Era Digital

O Presidente da República pediu, esta quinta-feira, ao Tribunal Constitucional a fiscalização sucessiva do artigo 6.º da Carta Portuguesa de Direitos Humanos na Era Digital em vigor, tendo em conta o "importante debate público" sobre …

Portugal regista mais 10 mortes e 3009 casos de covid-19

Portugal registou, esta quinta-feira, mais 10 mortes e 3009 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3009 novos …

Ministra da Coesão diz que Portugal vai precisar de imigrantes

A ministra da Coesão Territorial disse hoje que a perda de população é preocupante e que Portugal vai ter de trabalhar numa política de imigração muito ativa e acolhedora para fazer face aos investimentos previstos. "Estando …

Testes rápidos serão gratuitos até ao final de agosto

A comparticipação a 100% dos testes rápidos de antigénio (TRAg), que vigorava até final do mês, foi alargada até 31 de agosto, segundo uma portaria esta quinta-feira publicada em Diário da República. "Perante a atual situação …

Tiago Antunes acusa Rui Rio de usar Constituição como "moeda de troca" para agradar ao Chega

No podcast Política com Palavra do PS, o secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, Tiago Antunes, acusou Rui Rio de propor a revisão da Constituição e do sistema eleitoral como "moeda de troca" para o …

Pedro Nuno Santos quer receitas da rodovia a ajudar a financiar a ferrovia

Há dois anos, o ministro defendia a possível separação da REFER das Estradas de Portugal. Agora, volta atrás e quer que as receitas de rodovia ajudem a financiar a ferrovia. O Ministro das Infraestruturas e da …

A China está a construir 110 novos silos nucleares. Estados Unidos estão preocupados

Na segunda-feira, a Federação de Cientistas Americanos (FAS) publicou um relatório no qual denuncia a existência de um campo de instalações nucleares perto da cidade de Hami, na província chinesa de Xinjiang. Estarão a ser …

Inglaterra desconfinou totalmente. Então, porque estão os novos casos a descer?

O fim das restrições a 19 de Julho fez soar alarmes por toda a Europa sobre o possível aumento exponencial de casos. Na verdade, o número de novos casos tem vindo a descer e a …