Afinal, passes com desconto para estudantes não vão ser suspensos

Os operadores de transporte em Lisboa começaram esta semana com o anúncio da suspensão dos descontos dos passes 4_18, sub23 e Social+ a partir de setembro pela falta de pagamento por parte do Governo.

Mais tarde, o Governo tomou uma posição garantindo que no Conselho de Ministros os sete milhões de euros serão desbloqueados e a ANTROP confirmou que face a essa tomada de posição a suspensão dos descontos não irá avante.

O presidente da Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Pesados de Passageiros (ANTROP), Luís Cabaço Martins, disse na segunda-feira que em causa estão as verbas relativas ao ano de 2019, calculadas em mais de sete milhões de euros, e frisou que um grupo significativo das mais de 80 empresas que a Associação representa, estão com “dificuldades de tesouraria”.

Referindo o atraso “que parece inqualificável” e “inexplicável” do Governo, acrescentou que têm tido “variadíssimas conversas todos os meses sobre esta situação e o que nos dizem é que o processo decorre normalmente até ao ato final que é a aprovação da resolução em conselho de ministros. Trata-se de uma má vontade do Governo para resolver esta situação porque não há nenhuma dificuldade formal nem material, as verbas constam do Orçamento de Estado”.

Todo o ano de 2019 está em falta. Nós somos obrigados a vender os passes de estudante com desconto de 25%, no mínimo, e o Governo, que se comprometeu a pagar-nos esse diferencial mensalmente, ainda não pagou um único cêntimo”, dissera já o responsável da ANTROP à TSF.

Ao Observador, o Ministério do Ambiente e da Transição Energética adiantou que está agendado para 5 de setembro uma Resolução do Conselho de Ministros (RCM) que “permite o pagamento das verbas reclamadas pela ANTROP”, estando a Associação informada do calendário.

“O adiamento do agendamento da RCM que agora importa deve-se à necessidade de reconfirmar as verbas em causa. Estas verbas nada têm a ver com o Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART), cujo pagamento tem sido disponibilizado antecipadamente”, disse o Ministério em nota enviada à redação, acrescentando ainda que o pagamento dos passes intermodais de Lisboa já foi aprovado.

Na noite de segunda-feira, a ANTROP emitiu um comunicado onde “garantia aceitar de imediato retomar a venda dos passes com o desconto respetivo”, tendo em consideração a tomada de posição do Governo. Apesar do passo dado, de ambas as partes, a ANTROP afirma ainda que caso as “quantias em dívida não sejam liquidadas entretanto” a suspensão da venda dos passes poderá ocorrer em outubro.

Além do valor em dívida, os operadores vão exigir o pagamento dos juros legais devidos pelo atraso no pagamento dos montantes em causa.

O passe 4_18 destina-se aos estudantes de “ensino não superior”, dos 14 aos 18 anos, e pode dar até 60% de desconto em certos casos; o passe sub23 cobre estudantes do ensino superior até os 23 anos e desconta 25% na generalidade dos passes; por último, o passe Social+ é destinado a agregados familiares que, comprovadamente, aufiram rendimentos reduzidos, segundo o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT).

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Encontradas fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico

Investigadores encontraram fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico. As evidências sugerem que lavar as nossas roupas está a contribuir para esta contaminação. Há muito tempo que o Ártico provou ser um barómetro da saúde …

Campus universitários nos Estados Unidos podem tornar-se super-propagadores da covid-19

Os campus universitários podem tornar-se super-propagadores do novo coronavírus, que causa a covid-19, para toda a sua área de abrangência, concluiu uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos. Analisando os 30 campus universitários …

A "máscara mais inteligente do mundo" é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a …

Novo tratamento permite que pessoas com lesões na espinal medula voltem a mexer mãos e braços

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington conseguiu ajudar seis participantes com lesões traumáticas da espinal medual a recuperar alguma mobilidade de mãos e braços. Muitas das pessoas que sofrem lesões traumáticas da espinal medula …

Ventiladores comprados à China custaram 1,3 milhões. Autarquias algarvias vão pedir devolução do dinheiro

Os 30 ventiladores comprados à China seriam usados nos hospitais do Algarve, mas os equipamentos não funcionam. Os autarcas vão agora exigir devolução do dinheiro. De acordo com a edição do jornal Público deste domingo, o …

EUA um passo atrás da China. Pequim leva avanço na Guerra Comercial (e as suas exportações estão em alta)

No ano em que a pandemia se expandiu em todo o mundo, muitos países viram-se em mãos com graves problemas financeiros e económicos. No caso da China, a situação foi mais positiva e o país …

Alexei Navalny detido no regresso à Rússia

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi detido este domingo no aeroporto em Moscovo quando regressava à Rússia. Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram o opositor russo Alexei Navalny, este domingo, à chegada a Moscovo, acusando-o …

Prazo para trocas ou devoluções suspenso durante confinamento

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado …

Desde 2001 que polícias negros alertam para racismo de agentes do Capitólio

Com a invasão do Capitólio, investiga-se o alegado racismo existente na Polícia do Capitólio. Desde 2001 que agentes negros denunciam casos de discriminação racial no departamento. Desde 2001, centenas de agentes policiais negros processaram o departamento …

Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde. Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a …