Governo volta a cobrar taxa de subsolo do gás eliminada em 2017

O Governo voltou a prever em lei que as empresas que comercializam e distribuem o gás possam fazer refletir nos consumidores finais a taxa referente à ocupação do subsolo.

O diploma ainda está em fase de proposta e consulta, que inclui a recolha de contributos nomeadamente da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos e da Associação Nacional de Municípios Portugueses. No entanto, avança o Jornal de Negócios, os autarcas expressam a reprovação face a este diploma.

Os presidentes dos municípios consideram que os concelhos dispõem de autoridade “para fixarem os montantes das taxas que cobram pelos serviços que prestam”. Mais ainda, as câmaras consideram ilegal a fixação de limites aos valores a taxar decretados pelo Governo. Assim, referem, esta norma “é desnecessária e violadora das competências e da autonomia municipal”.

De acordo com a proposta, as autarquias que optem pela Taxa de Ocupação de Subsolo vão ter de respeitar um “valor por cada metro” de tubagem. Este valor tem um limite mínimo de 50 cêntimos e máximo de três euros. Na atualidade, os valores são muito distintos entre as várias câmaras do país. Por exemplo, enquanto em Cascais a taxa pesa 34,7% da fatura, na Figueira da Foz, representa apenas 0,1%.

Para o Governo, esta seria uma forma de uniformizar os valores a pagar pelas empresas e pelos consumidores, mas as autarquias estão contra esta obrigação.

Por outro lado, a Associação de Municípios fez saber que critica a opção de permitir que as empresas de distribuição e comercialização do gás natural façam refletir a taxa nos consumidores finais. No parecer, o conjunto dos autarcas adianta que desviar o ónus para o consumidor final redunda numa absoluta incoerência, incompatível com o conceito jurídico de taxa.

A Taxa de Ocupação do Subsolo foi criada há 13 anos para permitir às câmaras cobrar às operadoras pelo uso de terrenos públicos ou privados necessário para fazer passar os tubos. As comercializadoras foram entretanto autorizadas a fazer refletir esse custo no consumidor, mas, em 2017, o atual Governo propôs-se mudar a lei.

Esta é a resposta do Governo à polémica que tem marcado o setor desde 2017. A TOS foi criada em 2006 para permitir às câmaras cobrar às operadoras pelo uso dos terrenos (públicos ou privados) por onde passam estas redes, tendo sido também autorizado que as comercializadoras refletissem esse custo na fatura do consumidor.

Em 2017, o Executivo de António fechou essa porta, impedindo essa repercussão. Sem ter procedido à necessária regulamentação, o Governo viu, no entanto, a nova lei a não ser acatada com as empresas a invocar contratos já firmados.

Já no Orçamento do Estado deste ano, o Executivo comprometeu-se a legislar sobre a matéria. Foi constituído um grupo de trabalho que avançou com esta proposta agora em discussão, mas que só terá efeitos na próxima legislatura Fonte da Secretaria de Estado das Autarquias Locais salienta, contudo, este ainda é um “documento de trabalho”, tendo recusado comentar.

  ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E que tal as empresas de gás devolverem o que cobraram desde 2017 aos clientes e que segundo a lei de oe para 2017 não podiam cobrar. A lei só é revogada com publicação do novo diploma, como tal o dinheiro cobrado aos clientes desde 2017 até essa data, tem de ser devolvido. Caros senhores governantes, assim perdem a credibilidade. E o senhor primeiro ministro ainda diz na tv que o governo defende os interesses dos portugueses? Quais portugueses? Enfim…. sem mais comentários.

  2. Até já começo a ter medo de morrer, pois não tardará que comecem a cobrar impostos aos mortos e não os deixem tranquilos um segundo!

RESPONDER

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a determinação da princesa Ka'iulaniem não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …

Preço da luz no mercado regulado deverá subir 0,2% em 2022

O preço da eletricidade para os consumidores do mercado regulado deverá subir 0,2% no próximo ano face à média do ano em curso, segundo a proposta da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) hoje anunciada. “Para …

Governo recua e anuncia redução de imposto sobre combustíveis. Gasolina desce dois cêntimos e gasóleo um

Com a subida abrupta do preço dos combustíveis, o Governo anunciou esta sexta-feira à tarde que irá reduzir o ISP. Na prática, ao consumidor isto significa que o preço da gasolina vai baixar dois cêntimos …

Bolsonaro admite que chora sozinho na casa de banho

Num encontro organizado pela igreja evangélica Comunidade das Nações, em Brasília, na quinta-feira, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, admitiu que costuma chorar na casa de banho. “Quantas vezes eu choro na casa de banho, em …

Jogadores em greve no Brasil, presidente no Estádio da Luz

Crise financeira grave no Cruzeiro, jogadores não apareceram para treinar e o presidente estava em Portugal. O plantel do Cruzeiro não apareceu no treino marcado para a tarde desta quinta-feira. Na véspera, os jogadores já tinham …

"É devastador": os millenials que querem ter filhos, mas não têm condições financeiras

Têm três empregos, querem mudar de carreira ou estão a mudar-se para zonas distantes para ter alojamento mais acessível. Assim é a vida dos millenials, que fazem tudo para juntar dinheiro suficiente para sustentar uma …

Milionário Robert Durst condenado a prisão perpétua por matar melhor amiga

O tribunal de Los Angeles condenou o excêntrico milionário de 78 anos a pena perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional, pelo homicídio em primeiro grau de Susan Berman (o equivalente a homicídio qualificado), segundo a …

Cientistas tentam desvendar por que comemos demais

Em 2019, cientistas descobriram que certas células em ratos obesos impediam os sinais que indicam a sensação de saciedade. Agora, uma nova investigação fez uma abordagem ainda mais profunda sobre o papel destas células. O estudo, …