ADSE prolongada até outubro para descendentes que tenham atingido limite de idade

O Governo decidiu prolongar até outubro o regime de benefícios da ADSE para os filhos dos funcionários públicos que tenham perdido o direito a este subsistema de saúde por terem ultrapassado o limite de idade, foi esta segunda-feira anunciado.

Isto porque, de acordo com o regime geral, têm direito à qualidade de beneficiários descendentes os filhos menores ou os filhos até aos 26 anos desde que estejam a estudar ou a realizar um estágio.

Uma nota do gabinete da ministra da Modernização do Estado e Administração Pública, Alexandra Leitão, refere que os cartões dos beneficiários da ADSE cuja validade tenha expirado continuam a ser aceites como válidos até 30 de outubro, incluindo para os beneficiários descendentes que entretanto deixaram de cumprir os requisitos (a maioridade sem estudar nem estagiar ou a idade limite de 26 anos).

Visa-se, assim, permitir que estes beneficiários possam realizar atos médicos comparticipados pela ADSE sempre que tenham sido impossibilitados de realizar esses atos por causa da pandemia de covid-19″, acrescenta a mesma nota.

Para manterem a cobertura, os beneficiários descendentes terão de declarar que “não conseguiram, em momento anterior, proceder à marcação dos atos médicos ou que estes foram desmarcados”.

Também a validade dos documentos que tenham caducado e que já tinha sido prorrogada até 30 de junho é agora dilatada até 30 de outubro, podendo ser igualmente aceites após essa data desde que o titular comprove o agendamento da respetiva renovação.

Em causa estão documentos como o cartão do cidadão, certidões e certificados emitidos pelos serviços de registos e da identificação civil, a carta de condução, documentos e vistos relativos à permanência em território nacional, bem como licenças e autorizações suscetíveis de renovação.

A nota refere que os serviços públicos vão manter o atendimento presencial por marcação e que as Lojas de Cidadão vão permanecer encerradas, podendo a partir desta segunda-feira aceitar marcações para atendimento presencial a realizar após 1 de junho de 2020.

Até 1 de junho, o atendimento presencial por marcação nas Lojas de Cidadão manter-se-á apenas nas localidades onde não existam balcões desconcentrados, bem como a prestação desses serviços através dos meios digitais e dos Centros de Contacto Cidadão (300 003 990) e Empresa (300 003 980).

Estas medidas foram aprovadas no Conselho de Ministros de 15 de maio, tendo o diploma sido já publicado em Diário da República.

 

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

É impossível fiscalizar novas regras da DGS para eventos familiares. "Tem de ser na base da denúncia"

A Direcção-Geral de Saúde (DGS) passou a recomendar a realização de testes à covid-19 em eventos familiares com mais de dez pessoas, como casamentos e baptizados. Mas para fiscalizar esse tipo de situações, só "na …

Aprovado prolongamento de apoios às rendas até ao final do ano

Os apoios às rendas foram concedidos no ano passado, para fazer face às dificuldades criadas pela pandemia de covid-19. A comissão parlamentar de Economia aprovou, esta quarta-feira, o prolongamento dos apoios às rendas habitacionais e comerciais …

PSD volta a apresentar queixa à CNE contra Rui Moreira

Esta quarta-feira, o PSD/Porto acusou o movimento independente liderado por Rui Moreira de enviar informação da apresentação da sua recandidatura à Câmara Municipal "para emails institucionais" do município, acrescentando que vai apresentar queixa à Comissão …

Para Rio, as críticas de Ana Catarina Mendes são de "quem não tem nada para dizer"

As águas entre o PS e o PSD estão agitadas, depois da troca de galhardetes entre o presidente social-democrata, Rui Rio, e a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes. Depois de ter sido acusado por …

Nova Iorque atinge 70% de adultos vacinados (e celebra com fogo-de-artifício)

O estado de Nova Iorque atingiu o marco de vacinação que, de acordo com os especialistas, garante a imunidade de grupo. O governador do estado norte-americano de Nova Iorque, Andrew Cuomo, anunciou na noite de terça-feira …

"Construtiva" e "sem animosidades". Cimeira entre Biden e Putin termina mais cedo do que previsto

A cimeira entre Vladimir Putin e Joe Biden chegou ao fim mais cedo do que se previa. Os presidentes optaram por conferências de imprensa em separado, e o primeiro a falar foi o Presidente russo. Os …

Euro 2020: seleções da casa em desvantagem na primeira jornada

Nove seleções jogaram no seu país, até agora. Mas somente três ganharam o respetivo jogo. Portugal contribuiu para estragar as festas caseiras. Num Europeu estranho e inédito, que decorre em muitos países, muitas seleções jogam em …

Tribunal europeu condena Portugal a indemnizar recluso por falta de internamento psiquiátrico

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 14 mil euros a um recluso por ter cumprido pena de prisão sem internamento psiquiátrico a que tinha sido condenado. A …

França acaba com máscara no exterior (e Espanha vai pelo mesmo caminho)

Em França, o uso de máscara na rua deixa de ser obrigatório a partir de quinta-feira. Espanha deverá seguir o mesmo caminho "em breve". O uso de máscara no exterior deixa de ser obrigatório em França …

Swissport em Lisboa para tentar comprar a Groundforce

O acionista maioritário da Groundforce, que está a tentar vender a sua participação na empresa de handling, encontra-se agora a negociar com os suíços da Swissport. Depois de o fundo espanhol Atitlan se ter afastado e …