/

ADSE comparticipa consultas de psicologia sem prescrição médica

Com a nova atualização da tabela de pagamentos da ADSE, as consultas de psicologia são comparticipadas sem necessidade de prescrição médica, no regime convencionado.

De acordo com o Público, um utente pode ter até 12 consultas de psicologia por ano, sendo a comparticipação da ADSE de dez euros e o co-pagamento do beneficiário de 2,50 euros.

Além da psicologia, a ADSE comparticipa também consultas de psiquiatria e psiquiatria da infância e da adolescência, sendo o encargo do subsistema de 20 euros e o do utente de cinco euros em ambas as especialidades.

Em declarações ao jornal, Francisco Miranda, bastonário da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), diz que este passo é importante e que “existe finalmente uma evolução positiva com a revisão de tabelas, onde houve um ligeiro aumento da comparticipação das consultas de psicologia”.

Ainda assim, salienta, “é preciso fazer mais”, nomeadamente anular a necessidade dessa prescrição médica nas tabelas de regime livre.

Em comunicado enviado ao Público, a Ordem dos Psicólogos Portugueses refere que a cobertura feita pelos seguros de saúde é “residual e sem expressão nacional”, defendendo, por isso, que ainda é necessária “comparticipação de consultas de Psicologia na rede e fora da rede das seguradoras”.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.