Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês – mas restauração quer mais medidas

Patrícia de Melo Moreira / AFP

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher.

De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, havia 180 mil inscritos, até ontem já eram 320 mil.

O valor total acumulado ainda está a ser apurado pelas Finanças, mas poderá ser descontado nas compras feitas nos setores de restauração, alojamento e cultura aderentes, a partir de 1 de outubro. Já há, pelo menos, 600 empresas aderentes.

O Ministro das Finanças, João Leão, assina, esta terça-feira, os compromissos de honra de participação no programa pelas entidades emitentes de cartões bancários, permitindo que os descontos sejam creditados diretamente na conta bancária do contribuinte.

Nos primeiros dois meses do programa IVAucher, os portugueses acumularam mais de 47 milhões de euros em IVA de despesas nos setores da restauração, alojamento e cultura.

As despesas de agosto podem ser comunicadas pelas empresas até ao dia 12 do mês seguinte, pelo que o valor total a deduzir ainda está a ser apurado pela Autoridade Tributária.

A maioria do valor acumulado nos primeiros meses respeitou a despesas de restauração, mas o IVA a descontar nos próximos meses não tem de ser gasto em refeições.

Os 320 mil contribuintes que já se inscreveram na plataforma IVAucher.pt ou nos clientes da rede de pagamentos Salt Pay poderão descontar os montantes acumulados em despesas de alojamento, restauração ou cultura.

Em junho e em julho, o saldo acumulado representa compras superiores às realizadas nos meses homólogos de 2019. Agora, todo o IVA a 23%, 13% e 6% que foi cobrado aos clientes nos referidos setores será devolvido.

Caso os contribuintes não queiram aderir ou não possam descontar a totalidade dos valores acumulados, os mesmos passarão a despesas dedutíveis em sede de IRS de 2021, a liquidar em 2022.

Embora haja um aumento na adesão ao IVAucher, a restauração tem vindo a pedir mais medidas de apoio.

Algumas das medidas passam por um estímulo ao consumo para os setores do alojamento e da restauração, uma descida temporária da carga fiscal e mais medidas de apoio à capitalização das empresas.

Estas são algumas das propostas da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) para o Orçamento do Estado para o próximo ano, que vai ser entregue no Parlamento no dia 11 de outubro, escreve o JN.

A associação defende que este novo apoio deveria “consistir na aplicação de descontos diretamente no momento do consumo e sem limite de utilização“, o que não acontece no caso do IVAucher.

Além disso, entende que uma nova medida deveria “chegar a todos os estabelecimentos e poder ser utilizada pela população em geral”.

Por outro lado, a AHRESP considera “urgente a criação de mecanismos/plataformas que apoiem e facilitem a contratação de recursos humanos, nomeadamente a contratação controlada de imigrantes”.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Visitas hospitalares devem apresentar certificado digital ou teste negativo

Quem visitar um doente internado ou acompanhar um utente nos serviços do SNS vai ter de apresentar o certificado digital ou um resultado negativo de um teste à covid-19, segundo uma orientação da Direção-Geral da …

Medina renuncia a cargo de vereador para facilitar a vida a Moedas

Numa carta enviada à Assembleia Municipal, Fernando Medina afirma que a sua saída ajuda ao funcionamento do executivo municipal de Carlos Moedas, novo presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Depois de uma derrota inesperada na …

Resposta britânica à pandemia foi "dos maiores fracassos de sempre"

Um relatório do Parlamento britânico sobre a gestão pandémica no Reino Unido arrasa os esforços do executivo britânico no sentido de impedir a propagação do vírus no início da pandemia. Segundo a visão dos parlamentares, a …

PGR abre inquérito a caso de jovem agredido no Porto que acabou por morrer

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu um inquérito para investigar o caso do rapaz de 23 anos que foi espancado na Baixa do Porto, na madrugada de domingo, e que acabou por morrer no hospital, …

Podia ser anedota, mas não é: equipa marcou 4 auto-golos, de propósito

Jogadoras de futsal do Banfield estavam a vencer por 2-0 quando decidiram perder propositadamente. Tudo a pensar nos play-offs. Quem abrir este artigo e analisar este vídeo, pode pensar que isto foi filmado propositadamente para os …

Portugal vai receber 6,1 milhões de vacinas até ao final do ano

Portugal vai receber cerca de 6,1 milhões de vacinas contra a covid-19 até final do ano, dispondo de doses suficientes para voltar a vacinar toda a população, caso seja necessário, anunciou hoje o coordenador da …

Objeto de Hamilton. Galáxia "dupla" intrigou astrónomos durante anos

O nosso Universo esconde vários objetos estranhos, desde estrelas em explosão a galáxias em colisão. O Hubble encontrou o que parece ser um par de objetos idênticos, tão estranhos que os astrónomos demoraram vários anos …

Neymar, de novo: "Aquilo foi uma declaração terrível para o PSG"

Jérôme Rothen avisou: Neymar disse que vai deixar o futebol depois do Mundial e pode ter que enfrentar consequências. Neymar, Neymar, Neymar. O jogador brasileiro mais falado por estes dias (e em muitos outros períodos). Desta …

Portugal regista mais 719 casos de covid-19 e oito mortos. Internamentos descem

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais oito mortes e 719 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2. O número de pessoas internadas volta a descer. O boletim epidemiológico desta terça-feira informa que há menos 11 pessoas …

Vulcão, La Palma

Avanço da lava em La Palma obriga cerca de 800 pessoas a abandonar as casas. Há agora perto de sete mil desalojados

A lava proveniente do vulcão Cumbre Vieja continua a consumir a ilha de La Palma, nas Canárias. Ao fim de 23 dias, surgem novas correntes que obrigaram cerca de 800 habitantes a abandonar as suas …