Acidentes com lixívia mais do que duplicaram durante a pandemia

Dados do Centro de Informação Antivenenos (CIAV), do INEM, revelaram que em março e abril deste ano o número de casos de exposição indevida a lixívia e outros detergentes de limpeza mais do que duplicou em relação ao mesmo período de 2019.

Segundo esses dados, disponibilizados ao Expresso e divulgados esta quarta-feira, o número de desinfetantes da pele sob a forma de álcool, álcool em gel e água oxigenada, é cerca de oito vezes superior ao de 2019.

Fátima Rato, médica responsável pelo CIAV, explicou que esse número deve-se, desde logo, às recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS) no contexto da pandemia, apontando para uma “utilização intensiva” de lixívia, detergentes de limpeza e desinfetantes das mãos.

“As pessoas seguiram à risca as orientações das autoridades e começaram a utilizar muitos mais estes produtos, tanto na desinfeção das mãos e alimentos, como na limpeza das suas casas, nomeadamente na entrada da habitação, casas-de-banho, e na desinfeção de alimentos”, referiu.

No caso da lixívia e detergentes, o número de casos passou de 172 para 374 este ano. “Atendi algumas chamadas de pessoas que tinham estado durante várias horas a lavar as suas cozinhas ou casas-de-banho com lixívia e ficaram com alterações na pele”, disse Fátima Rato, que também trabalha no serviço de atendimento telefónico do CIAV.

Outra situação recorrente relaciona-se com a diluição de “em garrafas de água, para não ter um produto tão concentrado”, e de isso muitas vezes levar a que “outra pessoa que vive na casa, inadvertidamente, beba dessa garrafa”.

Relativamente às chamadas, 85,3% foram de adultos, mas “muitas das situações envolveram crianças, porque estavam em casa devido ao confinamento, com fácil acesso aos produtos”. Os casos deram-se por ingestão (47%), inalação (37%), contacto ocular (10,2%) e reação cutânea (5,6%). Os acidentes com desinfetantes das mãos passaram de oito para 69.

Os casos graves, contudo, “foram uma minoria”, sublinhou Fátima Rato, que aconselha “manter os produtos nas suas embalagens originais”, no caso da lixívia. Em caso de diluição do produto, deve ser “colocado um rótulo bem visível para não confundir com o conteúdo que estava lá originalmente”. Estes produtos devem estar longe do seu alcance das crianças “e em locais a que não consigam aceder com facilidade”.

O número de chamadas para o CIAV em março e abril deste ano diminuiu, passando de 5.100 (média diária de 83,6) para 4.489 (média de 73,6), o que, segundo a responsável, acompanha a tendência de outros serviços de urgência, como o 112 e o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU), também do INEM.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …