Acidente mortal com um Tesla. Sistema “autopilot” foi accionado

A fabricante de viaturas eléctricas Tesla revelou que o sistema de piloto automático foi accionado antes do acidente que a semana passada vitimou um homem na Califórnia.

Em comunicado, a Tesla disse que “momentos antes da colisão”, o piloto automático tinha sido accionado. “Há mais de um ano, o Governo dos EUA estimou que a primeira versão do piloto automático reduziu a taxa de colisão em 40%”, observou o grupo liderado por Elon Musk.

O carro em causa colidiu com uma barreira numa autoestrada de Mountain View, Califórnia, tendo sido depois atingido por outros dois veículos. Segundo as autoridades locais, o Tesla começou a arder ainda antes de ser atingido pelas outras viaturas. A Tesla ressalvou ainda que nunca tinha visto “danos semelhantes” em acidentes com o modelo X.

O motorista do Tesla, de 38 anos, morreu num hospital próximo, logo após o acidente.

O sistema “autopilot” permite um certo número de manobras sem a intervenção do condutor. Segundo indica a nota da Tesla, “o motorista recebeu várias advertências e um aviso sonoro” para segurar o volante. No entanto, “nos seis segundos anteriores à colisão as mãos do motorista não foram detectadas no volante”.

Recall de 123 mil veículos

A 30 de março, a fabricante de automóveis eléctricos Tesla anunciou que vai chamar às oficinas 123 mil veículos do modelo S, fabricados antes de abril de 2016, devido a problemas de “corrosão excessiva” nos parafusos da direcção hidráulica.

Num email enviado aos proprietários do modelo S, a Tesla garante que o problema que levou ao “recall” não colocou em causa em nenhum momento a segurança do veículo ou dos passageiros. A marca americana garante que a “corrosão excessiva” acontece apenas com veículos que circulam em regiões com temperaturas muito baixas.

O “recall” surge na mesma altura em que a empresa enfrenta uma investigação, por parte do NTSB, entidade reguladora dos transportes dos EUA, devido ao acidente da semana passada com o modelo X.

Em 2016, um condutor americano tinha morrido num veículo Tesla Model S autónomo – aparentemente, quando se encontrava a ver um filme de Harry Potter enquanto circulava com a viatura em piloto automático.

O acidente ocorreu quando um camião se terá atravessado perpendicularmente na estrada onde seguia o carro autónomo. Nem o piloto automático nem o condutor detectaram a lateral branca do atrelado do camião, e o sistema não conseguiu travar a tempo.

ZAP // Lusa / The Verge

PARTILHAR

RESPONDER

MP suíço pede 28 meses de prisão para presidente do PSG e 3 anos para Valcke

O Ministério Público suíço pediu, esta terça-feira, uma pena de 28 meses de prisão para Nasser Al-Khelaïfi, presidente do Paris Saint-Germain, e de três anos para Jérôme Valcke, antigo número dois da FIFA. Trata-se dos primeiros …

Empresa japonesa cria lâmpada UV inócua para humanos que inativa coronavírus

Uma empresa japonesa desenvolveu uma lâmpada de radiação ultravioleta que inativa o novo coronavírus, recorrendo a um comprimento de onda que um estudo científico diz ser inócuo para os seres humanos. A lâmpada Care 222 foi …

Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter "ocultado factos relevantes"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19. Na sua intervenção durante o debate geral da …

Há um "clima de medo e insatisfação" nas Forças Armadas, diz Associação de Sargentos

O presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), Lima Coelho, disse à Rádio Renascença que se vive um "clima de medo e insatisfação nas Forças Armadas", que inclui ameaças, avaliações injustas, demora excessiva das reclamações …

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie

A justiça alemã abriu um novo inquérito contra o principal suspeito do desaparecimento de Maddie McCann, relativo à violação de uma jovem irlandesa, em 2004, anunciou, esta terça-feira, o procurador de Brunswick. "Posso confirmar que investigamos …

Mais de metade dos portugueses acredita que os fundos europeus vão ser mal geridos

Mais de metade dos portugueses (60,6%) acredita que os fundos europeus que Portugal vai receber para fazer face à pandemia vão ser mal geridos, revela uma sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios e …

CMVM avança com suspensão de ex-secretário de Estado da Energia da OMIP

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) notificou, esta segunda-feira, o ex-secretário de Estado da abertura de um processo para a sua suspensão da administração da OMIP, alegando "dúvida fundada" quanto à adequação aos …

Satélite mostra preparativos de desfile na Coreia do Norte (e há quem desconfie da presença de novos TEL)

Novas fotografias tiradas por satélite e analisadas hoje pelo portal especializado 38North mostram os preparativos para um grande desfile militar na capital da Coreia do Norte, que a 10 de outubro comemora a fundação do …

Cartéis mexicanos ganharam cerca de 40 mil milhões de euros em apenas 2 anos

Os grupos criminosos do México ganharam cerca de mil milhões de pesos (perto de 40 mil milhões de euros), entre 2016 e 2018, revelou na segunda-feira a Unidade de Inteligência Financeira (UIF) do Governo mexicano. Durante …