Acidente mortal com um Tesla. Sistema “autopilot” foi accionado

A fabricante de viaturas eléctricas Tesla revelou que o sistema de piloto automático foi accionado antes do acidente que a semana passada vitimou um homem na Califórnia.

Em comunicado, a Tesla disse que “momentos antes da colisão”, o piloto automático tinha sido accionado. “Há mais de um ano, o Governo dos EUA estimou que a primeira versão do piloto automático reduziu a taxa de colisão em 40%”, observou o grupo liderado por Elon Musk.

O carro em causa colidiu com uma barreira numa autoestrada de Mountain View, Califórnia, tendo sido depois atingido por outros dois veículos. Segundo as autoridades locais, o Tesla começou a arder ainda antes de ser atingido pelas outras viaturas. A Tesla ressalvou ainda que nunca tinha visto “danos semelhantes” em acidentes com o modelo X.

O motorista do Tesla, de 38 anos, morreu num hospital próximo, logo após o acidente.

O sistema “autopilot” permite um certo número de manobras sem a intervenção do condutor. Segundo indica a nota da Tesla, “o motorista recebeu várias advertências e um aviso sonoro” para segurar o volante. No entanto, “nos seis segundos anteriores à colisão as mãos do motorista não foram detectadas no volante”.

Recall de 123 mil veículos

A 30 de março, a fabricante de automóveis eléctricos Tesla anunciou que vai chamar às oficinas 123 mil veículos do modelo S, fabricados antes de abril de 2016, devido a problemas de “corrosão excessiva” nos parafusos da direcção hidráulica.

Num email enviado aos proprietários do modelo S, a Tesla garante que o problema que levou ao “recall” não colocou em causa em nenhum momento a segurança do veículo ou dos passageiros. A marca americana garante que a “corrosão excessiva” acontece apenas com veículos que circulam em regiões com temperaturas muito baixas.

O “recall” surge na mesma altura em que a empresa enfrenta uma investigação, por parte do NTSB, entidade reguladora dos transportes dos EUA, devido ao acidente da semana passada com o modelo X.

Em 2016, um condutor americano tinha morrido num veículo Tesla Model S autónomo – aparentemente, quando se encontrava a ver um filme de Harry Potter enquanto circulava com a viatura em piloto automático.

O acidente ocorreu quando um camião se terá atravessado perpendicularmente na estrada onde seguia o carro autónomo. Nem o piloto automático nem o condutor detectaram a lateral branca do atrelado do camião, e o sistema não conseguiu travar a tempo.

ZAP // Lusa / The Verge

PARTILHAR

RESPONDER

Japão vai ter robôs "inteligentes" nas salas de aula para ensinar inglês

O Governo do Japão vai introduzir robôs com inteligência artificial capazes de falar inglês nas salas de aula para ajudar as crianças a melhorar as suas competências orais. De acordo com a emissora pública nipónica NHK, …

Sismo de 7,2 volta a atingir a Indonésia, o 5.º em menos de um mês

Um novo sismo de magnitude 7,2 atingiu este domingo a ilha Lombok, na Indonésia, o quinto em menos de um mês, informaram os Serviços Geológicos dos Estados Unidos. O abalo foi registado a 124 quilómetros a …

Belenenses vs FC Porto | Golo nos descontos salva dragão

O FC Porto sofreu a bom sofrer para somar três pontos no Estádio do Jamor, nova “casa” do Belenenses. Os “dragões estiveram a ganhar por 2-0, deixaram-se empatar, e somente em período de descontos, de …

Onda de calor no Reino Unido revela magicamente ruínas pré-históricas

A onda de calor que assolou a Europa durante este verão continua a revelar a vestígios arqueológicos do passado do Reino Unido - entre as quais, um monumento cerimonial do Período Neolítico. Imagens aéreas mostraram pela …

Restaurante alemão proíbe entrada de crianças

Chamado "cozinha da avó" em alemão, um restaurante decidiu proibir a entrada a menores de 14 anos após as 17h. O proprietário diz querer proporcionar um "oásis de paz" aos seus clientes. Um restaurante na estância …

Franceses "pescam" bomba alemã da II Guerra Mundial com 860 quilos

Pescadores franceses encontraram na costa da Normandia, região francesa próxima de Paris, algo realmente grande na sua rede de pesca - uma bomba da Segunda Guerra Mundial com 860 quilos de explosivos. A rede capturou uma …

Sul da Índia "afoga-se" nas piores inundações em 100 anos

O estado indiano de Kerala vive há dez dias as piores inundações em um século, causadas pelas torrenciais chuvas de monção, que já provocaram cerca de 200 mortos e mais de 220 mil refugiados em …

200 mil bombas de Hiroshima, o poder do supervulcão de Santorini

Um novo estudo realizado com base em análises de anéis de árvores, pode definir com mais precisão o momento em que o supervulcão de Santorini, na Grécia, entrou em erupção. A nova pesquisa ajudou a …

"Bola de fogo" 40 vezes mais brilhante do que Lua cheia sobrevoou os EUA

Uma bola de fogo cruzou o céu do estado norte-americano do Alabama durante a noite desta sexta-feira. A NASA divulgou um vídeo, no qual mostra o objeto a sobrevoar a cidade, com um feixe de …

Segredo para uma vida mais longa está no consumo moderado de hidratos de carbono

Um estudo recente concluiu que o consumo moderado de hidratos de carbono é a solução para ter uma esperança média de vida maior. O consumo moderado de hidratos de carbono favorece uma vida mais saudável e …