A cidade mais antiga das Américas está sob ameaça de invasão (e a culpa é da pandemia)

Tendo sobrevivido durante cinco mil anos, o sítio arqueológico mais antigo das Américas está sob a ameaça de invasores que afirmam que a pandemia de covid-19 os deixou sem outra opção a não ser ocupar a cidade sagrada.

Caral, no Peru, está situada no vale do rio Supe, cerca de 182 quilómetros a norte da capital Lima e 20 quilómetros do Oceano Pacífico a oeste. Desenvolvido entre 3.000 e 1.800 a.C num deserto árido, Caral é o berço da civilização nas Américas.

O seu povo era contemporâneo do Egito faraónico e das grandes civilizações mesopotâmicas. É anterior ao muito mais conhecido império Inca em 45 séculos.

Porém, nada disso importa aos invasores, que aproveitaram a vigilância policial mínima durante 107 dias de confinamento para tomar mais de 10 hectares do sítio arqueológico de Chupacigarro e plantar abacates, árvores frutíferas e feijão-de-lima. As invasões e destruição começaram em março, quando a pandemia forçou um confinamento nacional.

“Há gente que vem e invade este local, que é propriedade do Estado, e usa-o para plantar”, disse o arqueólogo Daniel Mayta, em declarações à AFP, citada pelo ScienceAlert. “É extremamente prejudicial porque estão a destruir evidências culturais com 5.000 anos”.

“As famílias não querem ir embora. Explicámos-lhes que este local é um Património Mundial (UNESCO) e o que estão a fazer é sério e podemos levá-los para a cadeia”, continuou Mayta.

A situação agravou-se tanto que a arqueóloga Ruth Shady, que descobriu Caral, foi ameaçada de morte se não abandonasse a investigação dos seus tesouros. Shady é a diretora da zona arqueológica de Caral e administra as investigações desde 1996, quando as escavações começaram.

Segundo a investigadora, os traficantes de terras – que ocupam terras estatais ou protegidas ilegalmente para vendê-las para ganho privado – estão por trás das invasões. “Estamos a receber ameaças de pessoas que aproveitam as condições da pandemia para ocupar sítios arqueológicos e invadi-los para estabelecer cabanas e lavrar a terra. Destroem tudo que encontram”.

“Um dia ligaram para o advogado que trabalha connosco e disseram que iam matá-lo comigo e enterrar-nos cinco metros abaixo do solo”, caso o trabalho arqueológico continuasse no local.

Shady, de 74 anos, passou o último quarto de século em Caral a tentar trazer de volta à vida a história social e o legado da civilização, por exemplo, como as técnicas de construção que usaram para resistir aos terramotos. “Estas estruturas de até cinco mil anos mantiveram-se estáveis ​​até ao momento e engenheiros estruturais do Peru e do Japão aplicarão essa tecnologia”, disse Shady.

Os habitantes de Caral viviam em território sísmico. As suas estruturas tinham cestos cheios de pedras na base que amorteciam o movimento do solo e evitavam que a construção desabasse.

As ameaças obrigaram Shady a morar em Lima sob proteção. A investigadora recebeu a Ordem do Mérito do Governo na semana passada pelos seus serviços prestados à nação. “Estamos a fazer o que podemos para garantir que nem a sua saúde nem a sua vida estejam em risco devido aos efeitos das ameaças que está a receber”, disse o presidente do Peru, Francisco Sagasti, na cerimónia.

Caral foi declarada Património Mundial da UNESCO em 2009. A cidade estende-se por 66 hectares e é dominada por sete pirâmides de pedra que parecem iluminar-se quando os raios do sol incidem sobre elas. Acredita-se que a civilização tenha sido pacífica e não usava armas nem muralhas.

Fechada devido à pandemia, Caral foi reaberto aos turistas em outubro e custa apenas três dólares para visitar. Durante o confinamento, várias peças arqueológicas foram saqueadas na área e, em julho, a polícia prendeu duas pessoas por destruir parcialmente um local que continha múmias e cerâmicas.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Estalou o verniz no PS/Porto. Autarca de Paços de Ferreira recusa recandidatar-se com "este PS concelhio"

Estalou o verniz no PS/Porto. O presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Humberto Brito, declarou que não aceitará recandidatar-se ao cargo pela terceira vez “com este PS” concelhio. De acordo com o jornal Público, …

Pode ter sido descoberto um "elo perdido" na história do alfabeto

Uma inscrição alfabética num fragmento de um jarro encontrado em Laquis (Tel Lachish), em Israel, com cerca de 3450 anos, poderá ser um "elo perdido" na história do alfabeto. "Datada do século XV A.C., esta inscrição …

Morreu Walter Mondale, ex-vice-presidente de Jimmy Carter

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Walter Mondale, ícone do Partido Democrata, morreu nesta segunda-feira aos 93 anos, informou a imprensa norte-americana. A imprensa, que cita um comunicado familiar, não especifica as causas da morte do ex-vice-presidente …

Vão nascer mais duas praias fluviais no Alqueva este verão

A albufeira do Alqueva vai “ganhar” duas novas praias fluviais, no próximo verão, situadas nos concelhos de Alandroal e Portel, no distrito de Évora, num investimento global superior a um milhão de euros. O projeto da …

Nova ponte que vai ligar Porto e Gaia custa 21 milhões e terá oito acessos

A obra da nova ponte rodoviária sobre o Douro custará 21 milhões de euros, oito dos quais em acessos, e o projeto de conceção e construção será lançado "muito em breve", disse o autarca …

A tinta mais branca de sempre pode ajudar na luta pelo clima

A tinta mais branca já desenvolvida até agora reflete 98.1% da luz, podendo ser uma boa aliada no combate às alterações climáticas. No ano passado, uma equipa de cientistas desenvolveu uma tinta ultra-branca que atingiu uma …

Dois milhões com primeira dose esta terça-feira. Centros de vacinação precisam de mais 1.700 profissionais

Portugal deve atingir nesta terça-feira a marca dos dois milhões de pessoas vacinadas com a primeira dose de vacina contra a covid-19, adiantou esta segunda-feira a task force responsável pelo plano de vacinação. "Estima-se que, até …

Governo quer renovar contrato do SIRESP por seis meses (mas Altice recusa-se)

O Ministério da Administração Interna vai reunir-se esta terça-feira com a Altice, a quem iria propor uma renegociação e renovação por mais seis meses do contrato que assegura o Sistema Integrado das Redes de Emergência …

Pedro Nuno quer tirar carros das estradas (e que viagens de avião com menos de 600 quilómetros desapareçam)

Esta segunda-feira, foi lançado o Plano Ferroviário Nacional (PFN) numa sessão pública organizada no LNEC-Laboratório Nacional de Engenharia Civil, que deverá estar concluído em março de 2022. Na apresentação, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, …

Estas formigas encolhem o cérebro para se tornarem rainhas

Cientistas descobriram que as formigas saltadoras indianas reduzem o tamanho do seu cérebro para terem a oportunidade de se tornarem rainhas (e que são capazes de reverter esta mudança quando é preciso). Há muito que …