80 anos depois, naufrágio mortal da 2.ª Guerra continua envolto em segredos e mistérios

Há 80 anos, aviões nazis afundaram um navio de cruzeiro requisitado pelo Governo britânico para evacuar tropas de França após a invasão pelas tropas alemãs.

Num dos eventos mais mortais da 2.ª Guerra Mundial, o naufrágio de Lancastria viu comunidades costeiras na região oeste da Loire-Atlantique, em França, a lutar para resgatar sobreviventes, cuidar dos feridos e enterrar os mortos. Durante semanas, corpos continuaram a dar à costa.

De acordo com o Raw Story, os detalhes do naufrágio, incluindo o número de fatalidades quando o Lancastria afundou, permanecem encobertos por um chamado “aviso D” emitido por Winston Churchill para ocultar as notícias do naufrágio de um público desmoralizado pela guerra.



O “blackout” dos media foi decretado durante 100 anos até 2040, embora muito se tenha conhecido sobre o incidente através dos sobreviventes, parentes mais próximos e investigadores históricos, como a Associação Lancastria da Escócia.

O naufrágio é descrito como o pior desastre da história marítima britânica e a maior perda de vidas das forças britânicas na 2.ª Guerra Mundial.

Os milhares de passageiros eram principalmente militares, mas também civis que embarcaram no antigo navio de cruzeiro em Saint-Nazaire para fugir do avanço alemão.

Os aviões da Luftwaffe apanharam o navio exposto na costa atlântica da França e bombardearam-no, fazendo-o virar e afundar em 20 minutos, enquanto o combustível aceso incendiava o mar ao redor.

O número de mortos é estimado em 2.500 a 6.000 – mais do que os naufrágios do Titanic e do Lusitania juntos. Houve 2.477 sobreviventes.

O sigilo continua a encobrir o Lancastria como as águas escuras e cheias de lodo que agora cobrem o local dos destroços”, dusse a Associação Lancastria, cujo site lista os relatos dos sobreviventes e uma petição para que o naufrágio seja declarado um túmulo de guerra marítima sob a lei britânica.

Valerie Roux, especialista da 2.ª Guerra Mundial com o arquivo do departamento Loire-Atlantique da França, reuniu registos irregulares ao longo dos anos, principalmente de um prédio do governo em Saint-Nazaire bombardeado durante a guerra.

Os papéis da sua coleção, amarelados pelo tempo e agora expostos ao público, revelam o quão pouco se sabe sobre as vítimas. “Ele vestia calças caqui e uma camisa caqui com meias cinzentas”, lê-se numa lista de cadáveres compilados por um município. Outro “usava um anel de metal no dedo anelar esquerdo”.

Em Piriac, foram encontrados os corpos dos soldados Harry Bullock e Charles Heron. Um terceiro corpo foi listado como “desconhecido”, de acordo com “documentos apreendidos pelo exército ocupante”. Em Bernerie, os registos estão incompletos porque “o presidente, o vice-presidente e a secretária do presidente (estavam) todos no exército”.

Thibaud Harrois, um professor sénior de política britânica da Universidade Sorbonne Nouvelle, disse que o avanço alemão em 1940 após a chamada “Guerra Falsa” – um período inicial sem grandes hostilidades – “surpreendeu todos verdadeiramente”.

Isso levou as forças aliadas a retiraram-se de França, sendo que cerca de 340 mil soldados foram evacuados pelo mar. “Na Grã-Bretanha, quando se fala da retirada de maio de 1940, é a Batalha de Dunquerque que se tornou o símbolo, assumiu proporções míticas porque mais soldados foram evacuados do que o planeado”, disse Harrois.

No entanto, o Lancastria foi uma evacuação “fracassada”, o que explica o desejo das autoridades de ocultá-la.

Descendentes de vítimas e sobreviventes continuam a honrar os mortos. A cerimónia para marcar o aniversário teve de ser atenuada este ano, limitada a apenas 10 pessoas por causa das restrições impostas ao combate à epidemia de coronavírus.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Mais 20 mortes e 3396 casos de covid-19. Não havia tantos óbitos desde março

Portugal registou, este sábado, mais 20 mortes e 3396 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3396 novos …

"Integral confiança". Chega segura militantes acusados de agredir homossexual

O Chega anunciou, esta sexta-feira, que mantém "integral confiança" nos candidatos e estruturas local e distrital de Viseu, referindo que só se pronunciará sobre alegadas agressões de motivação homofóbica naquela cidade depois de apurados os …

Há dezenas de autarcas envolvidos em processos sem fim à vista

Dezenas de autarcas foram neste mandato acusados por corrupção, negócios imobiliários duvidosos e abuso de poder, entre outros, em processos judiciais que se arrastam, na maioria, sem desfecho à vista a dois meses de novas …

Milhares de pessoas manifestam-se na Austrália contra o confinamento

Milhares de australianos manifestaram-se, este sábado, em várias cidades do país contra as restrições impostas pelo Governo para controlar o aumento de casos de covid-19. Em Sidney, cerca de mil manifestantes protestaram contra o confinamento decretado …

Há 406 farmácias com testes comparticipados pelo Estado

Há 406 farmácias de 104 laboratórios em Portugal continental com testes comparticipados pelo Estado. Saiba quais. O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) atualizou recentemente a lista das farmácias e laboratórios que disponibilizam testes …

Há 33 cursos com emprego garantido. Abandono no Ensino Superior aumentou

Este ano, há 30 licenciaturas e três mestrados integrados sem recém-diplomados inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional. Segundo o Observador, o número total (33) é inferior ao de 2020 e de 2019, quando foram …

Chegada de emigrantes obriga autarcas do Interior a apertar as regras

Os autarcas do Interior do país, sobretudo de regiões onde a variante Delta ainda não se impôs e o número de novos casos de covid-19 não limita o quotidiano das populações, estão preocupados com o …

Jovens com menos de 20 anos vacinados numa "happy hour" em Lisboa

Alguns jovens com menos de 20 anos foram vacinados no centro de vacinação do Altice Arena, em Lisboa, depois de terem sido informados que havia "sobras". Task force já negou essa explicação. A situação foi denunciada, …

John Textor diz que reação da SAD do Benfica é "cómica"

O empresário norte-americano que chegou a acordo com o "rei dos frangos" para comprar 25% da Benfica SAD considera que a reação à sua aproximação é "cómica". Este mês, a Benfica SAD comunicou à Comissão de …

Rio acusa Cabrita de "mentir aos portugueses e no Parlamento" sobre festejos do Sporting

Rui Rio acusou o ministro da Administração Interna de "mentir aos portugueses e mentir no Parlamento" e justificou o motivo que levou o PSD a recorrer à figura da audição potestativa, a que os partidos …