Mais 74 mortes e 3336 novos casos de covid-19 em Portugal

Mário Cruz / Lusa

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas

Portugal registou, esta terça-feira, mais 74 mortes e 3336 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, dos 3336 novos casos, 1494 são na região Norte. Na região de Lisboa e Vale do Tejo há mais 995 infetados do que nas últimas 24 horas, no Centro há mais 628, no Alentejo há mais 52, no Algarve há mais 90 e nos Açores e na Madeira há mais 27 e 50 casos, respetivamente.

No total, o número de pessoas infetadas pela doença desde o início da pandemia é agora de 400.002. Há, neste momento, 65.457 casos ativos, menos 2850 do que nesta segunda-feira.

Estão também confirmadas 6751 mortes devido à covid-19, mais 74 óbitos relativamente às últimas 24 horas. A DGS indica que 33 ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, 24 na região Norte, nove na região Centro, seis no Alentejo, uma no Algarve e uma no arquipélago dos Açores.

Neste momento, existem 2930 doentes internados em Portugal (menos 37 do que ontem), dos quais 486 estão nos cuidados intensivos (menos 17 do que ontem).

O boletim da DGS também aponta para mais 6112 doentes recuperados, verificando-se já um total de 327.794 pessoas. Há ainda 91.141 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde, menos 1995 em relação ao dia de ontem.

No passado dia 24 de dezembro, entrou em vigor o sétimo estado de emergência, que se prolonga até às 23h59 do dia 7 de janeiro. Depois do aligeirar das medidas no Natal, o cerco volta a apertar no Ano Novo.

Haverá recolher obrigatório em todo o país (e não apenas nos concelhos com maior risco de contágio), a partir das 23h00 do dia 31 de dezembro e a partir das 13h00 dos dias 1, 2 e 3 de janeiro.

Além disso, haverá proibição de circulação entre concelhos entre as 00h00 do dia 31 e as 05h00 do dia 4 de janeiro, salvo por motivos de saúde, de urgência imperiosa ou outros especificamente previstos.

A pandemia de covid-19 já fez pelo menos 1.775.272 mortos em todo o mundo desde dezembro de 2019, quando o gabinete da OMS na China detetou a doença, de acordo com o balanço da AFP com base em dados oficiais.

  Filipa Mesquita, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Nuno Melo, do CDS/PP

Nuno Melo ataca líder do CDS por anunciar sentido de voto sem consultar deputados

O candidato à liderança do CDS-PP criticou, este sábado, o atual líder do partido por ter comunicado publicamente a intenção de votar contra a proposta de Orçamento do Estado sem se ter reunido com os …

Vaticano tem três celas e um só prisioneiro. Uma onda de julgamentos pode mudar isso

Dez pessoas vão ser julgadas no Vaticano por crimes relacionados com a venda de um edifício em Londres. Visto como limitado e sombrio, o sistema judicial da cidade-estado está a mudar. Carlo Capella é o único prisioneiro …

Alexandra Leitão diz que "não há trabalhadores a mais na Administração Pública"

A ministra da Modernização do Estado assegura que não há trabalhadores a mais na Administração Pública e assume toda a abertura do Governo para negociar, "com humildade e responsabilidade", medidas adicionais às inscritas no OE2022. Em …

Start-up israelita quer fazer roupa a partir de algas

A Algaeing, criada em 2016, é uma empresa que converte as algas numa fórmula líquida, que depois pode ser usada como corante ou transformada num tecido. A indústria da moda é uma das responsáveis pelas emissões …

O antigo Presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton

Bill Clinton já teve alta hospitalar e deve regressar a Nova Iorque

O ex-Presidente dos Estados Unidos deixou, neste domingo de manhã, o hospital da Califórnia onde foi internado com uma infeção, informou o chefe da equipa de médicos que o tratou. "O Presidente Clinton teve alta do …

Acordo escrito. Bloco diz que Governo "conhece bem" os pontos negociais

O Bloco de Esquerda anunciou, este domingo, que vai enviar ao Governo propostas de articulado de nove pontos negociais colocados em cima da mesa no início de setembro, aos quais declara não ter obtido resposta …

Mais de 1,6 milhões de portugueses vivem com menos de 540 euros por mês

Mais de 1,6 milhões de portugueses vivem abaixo do limiar da pobreza, ou seja, com menos de 540 euros por mês, uma realidade que afeta famílias numerosas, mas também quem vive sozinho, idosos, crianças, estudantes …

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira

"Subida do salário mínimo é para manter", diz Siza Vieira

O ministro da Economia destaca que a trajetória do aumento do salário mínimo nacional "é para manter", assegurando que a meta é que este suba até aos 750 euros em 2023. Em entrevista ao semanário Expresso, …

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

Cabo Verde extraditou Alex Saab para os Estados Unidos

O empresário Alex Saab, considerado pelos Estados Unidos testa-de-ferro do Presidente da Venezuela deixou a ilha do Sal, este sábado, em cumprimento do pedido de extradição das autoridades norte-americanas. "Isto configura um rapto. Foi novamente raptado", …

Nove mortes e mais 465 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, este domingo, mais nove mortes e 465 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 465 novos …