/

Portugal com mais 55 mortes e 6602 novos casos de covid-19

1

Angelo Carconi / EPA

Portugal contabiliza, este sábado, mais 55 mortes e 6602 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o último boletim da DGS, dos 6602 novos casos, 4154 são na região Norte. Na região de Lisboa e Vale do Tejo há mais 1563 infetados do que nas últimas 24 horas, no Centro há mais 715, no Algarve há mais 95, no Alentejo há mais 52 e nos Açores e na Madeira há mais 18 e cinco casos, respetivamente.

No total, o número de pessoas infetadas pela doença é agora de 211.266. Há, neste momento, 85 444 casos ativos, mais 1412 do que na sexta-feira.

Estão também confirmadas 3305 mortes devido à covid-19, mais 55 óbitos do que nas últimas 24 horas. A DGS indica que 28 ocorreram na região Norte, 17 em Lisboa e Vale do Tejo, oito no Centro e dois no Alentejo.

Neste momento, existem 2798 doentes internados (menos um do que ontem), dos quais 413 estão nos cuidados intensivos (mais 25 do que ontem). O boletim da DGS também aponta para mais 5135 doentes recuperados, verificando-se já um total de 122.517 pessoas.

Há ainda 91.936 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde, mais 1511 em relação a sexta-feira.

O primeiro-ministro apelou, este sábado, a que se fique em casa neste e no próximo fim-de-semana, considerando essencial travar o “grave” crescimento da covid-19, e defendeu que as medidas restritivas tomadas são um “mal menor”.

O comércio e a restauração iniciam, este sábado, o primeiro de dois fins-de-semana em que apenas podem abrir entre as 08h00 e as 13h00, no âmbito do estado de emergência, nos 114 concelhos de maior risco de contágio pelo novo coronavírus (saíram sete municípios e a lista vai aumentar para 191 a partir de segunda-feira).

O Governo decidiu também instaurar um recolher obrigatório entre as 23h00 e as 05h00 nos dias de semana, entre 9 e 23 de novembro (enquanto vigora o estado de emergência, que tem uma validade de 15 dias, podendo ser renovado), nos concelhos mais afetados, com o comércio a encerrar até às 22h00 e os restaurantes até às 22h30.

  ZAP //

1 Comment

  1. É notável o Nível de Personalidade entre o PCL e o PCP, Aqui está a Nu a Qualidade dos nossos Empresários da Restauração e da Cultura, em quem nós Confiamos a qualidade da nossa Alimentação.
    Em Portugal Há muitos Chegas, muitos Trumps, muitos Bolsonaros, muitos Oportunistas, muitos Populistas, Veja-se o Presidente da Câmara Municipal do Porto, co-responsável da situação a que chegou o seu Distrito, na Manifestação dos Restaurantes, dizia apoiá-los, já baixou o IMI? às taxas Saneamento, lixo,água, etc? Nada, não fêz não fará nada, mas esteve no meio, dizia apoiar a Restauração, mas apenas chutando para o Governo,, devia era Pedir Muitas Desculpas por nada ter Feito para que o distrito do Porto não estivesse na Lista Negra de Portugal.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.