Governo cria 500 vagas no ensino superior para alunos desfavorecidos

Rodrigo Antunes / Lusa

O Governo vai criar 500 vagas no ensino superior e em cursos técnicos superiores profissionais, no ano letivo de 2022-23, destinados a alunos provenientes de zonas desfavorecidas.

De acordo com o Público, a medida faz parte do Plano Nacional de Combate ao Racismo e à Discriminação 2021-2025 – Portugal contra o racismo (PNCRD 2021-2025).

Com esta medida, o Executivo pretende que em 2022 entrem no ensino superior 500 alunos de escolas do programa Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP), estando previsto que no ano seguinte, em 2023, deverão entrar o dobro dos alunos e que, em 2025, o número ascenda a dois mil.

Além desta medida do PNCRD, o Governo pretende ainda criar um contingente especial adicional de 12 alunos das escolas TEIP nos cursos de especialização tecnológica do Turismo de Portugal em 2022, um número que deverá triplicar em 2025, e está prevista a criação de mecanismos de acompanhamento e apoio aos alunos do contingente TEIP.

Por outro lado, o plano prevê ainda a criação de preferências na colocação dos alunos das TEIP em cursos técnicos superiores profissionais, existindo vagas para 150 alunos em 2023, 300 em 2024 e 500 em 2025.

A secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro defendeu, em declarações ao jornal Público, que o objetivo deste programa é dar um “passo decisivo” num país onde o racismo foi um “não dito nas nossas abordagens pessoais e institucionais durante demasiado tempo”.

Assim, em 2025, último ano do programa lançado pelo Governo para combater o racismo, Rosa Monteiro espera que “sejamos capazes de compreender o racismo e a forma como impacta todas as pessoas e não apenas as pessoas discriminadas” e que tenhamos “instituições capazes de uma intervenção que previna e combata este fenómeno”.

Rosa Monteiro não especificou o orçamento, dizendo apenas que cada área governativa estipula um valor e que a maioria das verbas vão estar abrangidas pelo Plano de Recuperação e Resiliência e por fundos comunitários.

De recordar que em Junho de 2020 o Parlamento aprovou projetos de resolução que aconselhavam o Governo a adotar medidas contra o racismo.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Tudo bem. Mas sempre achei que a solução era ajudar os alunos do secundário oriundos de zonas desfavorecidas a obter os conhecimentos necessários a permitir o seu acesso ao ensino superior em igualdade de condições com os outros jovens. Aceitar jovens mal preparados no ensino superior só transfere o insucesso para esse nível de escolaridade. Ao contrário do que alguns pensam, nem tudo o que parece é…

  2. São só para enganar estas medidas. Mais um gueto que se cria. À semelhança do anterior regime que levava a que o acesso ao ensino secundário de filhos de certas classes sociais, as mais desfavorecidas, fosse pela via técnico-profissional, empurrando esses alunos para a inscrição e frequência das antigas escolas técnicas. Agora, pode-se concluir que os TEIP’s são para os filhos das classes desfavorecidas, quando se mistura TEIP’s, cursos técnicos superiores profissionais e alunos de classes mais desfavorecidas. Vamos ver qual o resultado destas medidas.

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …