5 ministérios já estão a organizar chegada de refugiados

O Governo já está a preparar o acolhimento dos cerca de 1.500 refugiados que Portugal deverá receber nos próximos dois anos, com cinco ministérios envolvidos no processo.

De acordo com o Diário de Notícias, Portugal ainda aguarda instruções da União Europeia mas já tem grupo de trabalho organizado para tratar do acolhimento e integração dos novos imigrantes, no âmbito do processo para receber os que procuram a Europa para fugir aos conflitos e às condições precárias de vida.

Os refugiados deverão ser, na sua maioria, sírios com qualificações, que perderam tudo na guerra contra o regime de Bashar al-Assad, refere o Observador.

A vinda destes refugiados, que se encontram atualmente em centros de acolhimento de Itália e Grécia, não deverá acontecer “antes de outubro”, confirmou ao DN a porta-voz oficial da direção europeia para os Assuntos Internos e Migrações.

O grupo de trabalho é composto por cinco ministérios, que vão trabalhar em conjunto para organizar a chegada e a integração destes refugiados: Administração Interna, Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Negócios Estrangeiros, Saúde e Educação.

O Grupo de Trabalho está definido num projeto de despacho a que o DN teve acesso, e inclui também o Alto Comissariado para as Migrações. O despacho confere ao grupo de trabalho a responsabilidade de “aferir a capacidade instalada e preparar um plano de ação e resposta em matéria de reinstalação, relocalização e integração dos migrantes”. A coordenação ficará a cargo do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

As polícias também já terão um plano de contingência para travar fluxos anormais de imigrantes.

Uma fonte autorizada do ministério da Administração Interna (MAI) confirmou ao jornal que “o Governo está à espera que a UE indique quando vêm os migrantes e qual o seu perfil, para que possamos adaptar a organização logística e disponibilizar os recursos necessários”.

O processo de acolhimento é financiado pela União Europeia, numa média de seis mil euros por cada migrante. Até 2020 Portugal vai receber de fundos comunitários um total de 39 milhões de euros para as políticas de migração.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Afinal não é caridadezinha como davam a entender, são 6 mil euros por cada migrante. Venham os 39 milhões de euros, já dá para tapar uns buracos governamentais, depois…depois logo se vê!!

RESPONDER

Só uma dúzia de pessoas conhecem as perguntas dos exames nacionais

O primeiro exame nacional é de Filosofia do 11º ano. Quando chegar às mãos dos estudantes, o enunciado da prova já passou por várias fases, desde a elaboração, a impressão e a distribuição, em que …

Marcelo promulga compra do SIRESP. "Tudo o que acontecer será responsabilidade do Estado”

O Presidente da República promulgou o decreto-lei do Governo com vista à compra, pelo Estado, de 100% do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP). Marcelo Rebelo de Sousa alertou para as …

Maior manifestação de sempre em Hong Kong leva Governo a pedir desculpa

Seis horas depois do início da marcha de protesto contra a lei da extradição, “uma multidão nunca vista” continuava a inundar as ruas de Hong Kong este domingo, na “maior manifestação de sempre”, disseram vários …

Mais de 200 ex-políticos acumulam subvenções vitalícias e reformas

Quase quinze anos depois de o Parlamento ter decidido acabar com as subvenções vitalícias, existem ainda 322 beneficiários de subvenções mensais vitalícias para antigos políticos. Destes, 216 têm uma acumulação de pensão e subvenção superior …

Mulher de Netanyahu considerada culpada de usar dinheiros públicos em refeições de luxo

A mulher do primeiro-ministro israelita foi, no domingo, considerada culpada do uso indevido de dinheiros públicos e condenada a pagar uma multa, segundo uma decisão do tribunal de Jerusalém. Acusada em junho de 2018 por fraude, …

Incêndio catastrófico destruiu a "Pompeia britânica" um ano depois de ser construída

O assentamento incrivelmente preservado na Idade do Bronze, denominado "Pompeia britânica", foi destruído por um incêndio um ano depois de ser construído. Um novo estudo, publicado na revista Antiquity, revela novos detalhes sobre Must Farm, uma …

Marcelo responde à Fenprof: uma “história mal amanhada”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou este domingo incompreensíveis as críticas da federação dos professores, que o acusou de não ser Presidente de todos os portugueses. O Presidente da República advertiu que, “por …

"Onde está o Boris?". Channel 4 marca ausência de favorito à liderança do Partido Conservador com cadeira vazia

A ausência de Boris Johnson, o favorito para ganhar a eleição interna no partido Conservador para suceder à primeira-ministra britânica, Theresa May, foi este domingo simbolizada por um lugar vazio num debate televisivo com os …

Os humanos podem ter sido destinados a reinar sobre a Terra (e já sabemos porquê)

Se voltássemos atrás no tempo, a aleatoriedade dos eventos mudaria completamente o nosso caminho evolucionário. No entanto, os cientistas descobriram que os inúmeros trilhos possíveis poderiam não evitar que fossem os humanos a espécie dominadora. O …

Mau tempo nos Açores faz nove desalojados

Nove pessoas tiveram de ser realojadas na ilha Terceira, no domingo, devido ao mau tempo que está a afetar os grupos central e oriental dos Açores, informou o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros …