Após 40 dias de confinamento, Albânia reabre atividades para reativar a economia

A Albânia permitiu esta segunda-feira a reabertura de centenas de atividades produtivas e comerciais para reativar a economia de um dos países mais pobres da Europa, após 40 dias de confinamento e com uma curva de infeções da covid-19 sob controlo.

O governo decidiu abrir hotéis e parques de campismo, na esperança de um regresso do turismo interno de praia e montanha, mas sob estritas medidas de distanciamento social. Prevê-se ainda que o cancelamento dos voos em muitos países vizinhos implique o aumento das chegadas por via rodoviária.

Os centros educativos, transportes públicos, bares e restaurantes permanecem encerrados, mas segundo a lista divulgada pelo ministério da Saúde, as indústrias petrolíferas, mineira, têxteis e de produção de materiais de construção podem iniciar a partir de esta segunda-feira a sua atividade.

Regressam ainda à atividade as agências imobiliárias, escritórios de notários, negócios de venda de eletrodomésticos, venda de jornais, de produtos cosméticos, floristas, e ainda o setor das pescas e diversos mercados, entre outros.

Devido à pandemia do coronavírus, o Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê para 2020 uma queda de 5% da produção nacional, em comparação com o ano anterior.

A Albânia conseguiu manter sob controlo a curva das infeções de coronavírus, confirmando oficialmente 584 contágios e 26 mortes.

Esta abertura gradual da economia será acompanhada de duras medidas administrativas e penais, aprovadas pelo parlamento na quinta-feira, que preveem até oito anos de prisão para os casos de incumprimento da quarentena que signifiquem graves consequências para a saúde pública.

Os empregados poderão deslocar-se de carro para o local de trabalho mediante autorização prévia, enquanto permanece a norma que apenas permite a um membro da família efetuar compras diárias de alimentos durante 90 minutos, entre as 5h e as 17h30.

No decurso do fim de semana manteve-se o estrito confinamento entre as 17h30 de sexta-feira e as 5h de esta segunda-feira.

Os reformados, totalmente confinados em suas casas, puderam sair à rua entre as 5h e as 11h de sábado, enquanto as mães com crianças também o fizeram domingo, no mesmo período horário.

A Albânia decidiu ainda enviar um grupo de 60 enfermeiros para Itália num gesto solidário com o país vizinho, um dos mais atingidos pela pandemia, e que se juntam aos 30 médicos e enfermeiros albaneses que desde 28 de março já estão colocados nos hospitais italianos que combatem o novo coronavírus.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 165 mil mortos e infetou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 537 mil doentes foram considerados curados.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (40.683) e mais casos de infeção confirmados (cerca de 760 mil). Seguem-se Itália (23.660 mortos, em mais de 178 mil casos), Espanha (20.852 mortos, mais de 200 mil casos), França (19.718 mortos, mais de 152 mil casos) e Reino Unido (16.060 mortos, mais de 120 mil casos).

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

À espera de propostas concretas, Jerónimo quer salário pago a 100%

Jerónimo de Sousa admite que só tomará uma posição quanto ao Orçamento Suplementar quando souber as "propostas concretas". Esta sexta-feira, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse que só tomará uma posição quanto ao Orçamento …

Do ruído à reciclagem. No Dia Mundial do Ambiente, associação Zero divulga dados preocupantes

As principais preocupações da associação ambientalista Zero em Portugal são ao nível do desperdício de água, do ruído e da reciclagem. Do excesso de lixo produzido por cada habitante ao ruído em excesso provocado pelo …

Esferográfica pessoal e máscara obrigatórios nas eleições do FC Porto

As eleições do FC Porto estão agendadas para este fim de semana e os sócios que quiserem exercer o seu direito de voto terão de levar uma máscara de proteção individual e uma esferográfica. No comunicado …

Açores sem infetados por covid-19. Último paciente internado recuperou

Os Açores estão oficialmente livres de covid-19. Dois meses e meio depois do primeiro caso na região, os Açores não têm qualquer registo de infetados por covid-19. Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional, anunciou no Facebook …

Miguel Albuquerque ainda pondera candidatura a Belém

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, ainda está a ponderar uma eventual candidatura à Presidência da República. O presidente do Governo Regional da Madeira e da estrutura regional do PSD, Miguel Albuquerque, disse …

Governo reforça oferta de creches e lares com mais espaços e funcionários

O primeiro-ministro, António Costa, considera que "é necessário reforçar em equipamentos como creches, lares ou no apoio domiciliário". Os programas sociais de apoio a idosos vão criar três mil postos de trabalho, anunciou o primeiro-ministro esta …

Marcelo e Rio almoçaram a sós em frente ao Tejo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou o líder do PSD, Rui Rio, pela apresentação do programa de recuperação económica. Marcelo Rebelo de Sousa e Rui Rio almoçaram, esta sexta-feira, num restaurante em frente …

75% dos hotéis em Portugal reabre em junho, mas com menos quartos

A maioria dos hotéis em território nacional vai abrir portas a partir de junho, sendo a expectativa dos feriados da próxima semana muito importante para esta reabertura. Segundo um inquérito da Associação da Hotelaria de Portugal …

Banco de Fomento precisa da luz verde de Bruxelas e do Banco de Portugal

O primeiro-ministro anunciou a criação do Banco de Fomento e já tem um acordo prévio com a Comissão Europeia. No entanto, para que funcione como um banco, também precisa de luz verde do Banco de …

Procurador-geral admite que há uma separação entre polícia e afro-americanos

O procurador-geral norte-americano reconheceu, esta quinta-feira, a existência de uma separação entre afro-americanos e a polícia e prometeu uma investigação sem limites do Departamento da Justiça para saber se houve um crime federal no assassínio …