200 autarquias já estão a dar 25 dias de férias. Esquerda quer alargar a toda a função pública

alancleaver_2000 / Flickr

São já quase 200 as autarquias que, ao longo deste último ano e meio, assinaram acordos coletivos que permitem aos seus funcionários recuperar os três dias úteis de férias extra cortado durante o período da troika.

Segundo o Diário de Notícias, através destes acordos coletivos de empregador público (ACEP), vários funcionários da administração local puderam gozar 25 dias úteis de férias já este ano.

Ainda assim, o número irá aumentar consideravelmente no próximo ano, à luz da maratona de acordos que o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL), o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (Sintap/Fesap) e o Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE) assinaram nestes últimos meses com autarquias de norte a sul do país.

Entre câmaras, juntas de freguesia, comunidades intermunicipais e empresas municipais, José Abraão, secretário-geral do Sintap/Fesap, estima que, neste momento, estejam já abrangidos cerca de metade dos trabalhadores da administração local. Os últimos dados oficiais davam conta da existência de 114.664 funcionários no segundo trimestre de 2018.

Apesar de o conteúdo não ser exatamente igual em todos os ACEP, todos têm em comum a reposição dos 25 dias úteis de férias, indexando o acréscimo de três dias, retirados em 2014, à obtenção de nota positiva na avaliação de empenho no ciclo avaliativo anterior.

De acordo com o mesmo jornal, há ainda acordos que recuperam também a majoração de dias de férias atribuídas aos funcionários em função da idade, outros que oferecem o dia de aniversário ao trabalhador e ainda os que instituem como tolerância de ponto várias datas em que é habitual ser concedida esta pausa como o dia de Carnaval, véspera de Natal ou fim do ano.

Esquerda quer alargar

O Bloco de Esquerda, o PCP e o PAN já apresentaram mais do que uma vez propostas para que os trabalhadores – do setor público e do setor privado – voltem a ter 25 dias úteis de férias. No entanto, nesta matéria, o PS junta-se ao PSD e ao CDS, impedindo que as iniciativas avancem.

Segundo o DN, o tema não está, no entanto, esquecido. Aliás, no próximo mês, quando o pacote de alterações ao Código de Trabalho começar a ser discutido na especialidade, os diplomas deverão ser recuperados.

Ao jornal, José Soeiro, deputado do Bloco, afirmou que a proposta foi de novo apresentada (e chumbada) quando foram discutidas (na generalidade) aquelas alterações e adiantou que será “retomada como proposta de alteração na especialidade“.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Países reinventam turismo. No México, hotéis oferecem 2 noites por cada 2 pagas

A pandemia de covid-19, que já matou mais de 350 mil pessoas em todo o mundo, pôs travão ao turismo mas já há países que preparam a retoma do setor com muitas ofertas e até …

Mais de mil condutores ficaram sem carta por perda de pontos

Mais de mil condutores ficaram sem carta de condução por perderem pontos, avança o Jornal de Notícias, dando conta que quase 300 pessoas tiveram que voltar à escola de condução para voltarem a ter permissão …

Confinado num hotel de luxo, funcionário abre 1400 torneiras a cada cinco dias

O diretor de engenharia do hotel W Barcelona, em Espanha, está a viver sozinho no estabelecimento turístico para garantir o seu pleno funcionamento até ao dia da reabertura. No âmbito das medidas impostas pelo Governo espanhol para …

Prisão preventiva para suspeito de matar estudante de psicologia em Lisboa

O suspeito de matar a estudante universitária de psicologia Beatriz Lebre, de 23 anos, ficou em prisão preventiva, depois de presente a primeiro interrogatório judicial, em Lisboa, disse à agência Lusa o advogado do arguido. Miguel …

BPI quer cobrar dívida de quase 5 milhões ao marido de Isabel dos Santos

O BPI interpôs um processo no Tribunal do Funchal, na Madeira, para cobrar uma dívida de 5 cinco milhões de euros ao marido da empresária Isabel dos Santos. A notícia é avançada este sábado pelo Diário …

Mais 13 mortes e 257 infetados. Região de Lisboa concentra 90% dos novos casos

Portugal regista este sábado 1.396 mortes relacionadas com a covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 32.203 infetados, mais 257, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Registou-se um aumento de 0,8% no …

Recibos verdes e sócios-gerentes já podem pedir apoio relativo a maio

O formulário para os trabalhadores independentes e sócios-gerentes pedirem o apoio criado no âmbito da pandemia covid-19, relativo a maio, fica hoje disponível na Segurança Social Direta, podendo ser entregue até 9 de junho. O prazo …

Director nacional da PJ defende "recompensa garantida" para Rui Pinto

O director nacional da Polícia Judiciária (PJ), Luís Neves, realça a colaboração de Rui Pinto como tendo sido essencial para apurar a "verdade material" no caso de pirataria informática que o envolve e defende, por …

Lufthansa aceita condições do resgate. Vai ceder aviões e perder "slots"

O Governo da Alemanha e a Comissão Europeia (CE) chegaram a um acordo sobre o resgate da Lufthansa e que poderá evitar a falência da companhia aérea, anunciaram, na sexta-feira, fontes próximas das negociações e …

Chipre vai pagar despesas das férias a turistas que ficarem infetados no país

O Chipre vai pagar o custo das férias aos turistas que testaram positivo depois de viajarem para o país. Entre as despesas está o alojamento, a alimentação e os medicamentos. O Chipre comprometeu-se a pagar todas …