Mais de 18 mil pessoas demitidas por decreto-lei na Turquia

unaoc / Flickr

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan

Mais de 18 mil pessoas foram hoje demitidas na Turquia, incluindo vários membros das forças de segurança, professores e académicos, na sequência da publicação de um decreto-lei no boletim oficial turco.

Ao todo, 18.632 pessoas, entre as quais mais de nove mil funcionários da polícia e seis mil das forças armadas turcas, viram o seu nome publicado naquele documento. Em contrapartida e, de acordo com o mesmo texto, foram readmitidas na função pública 148 pessoas saneadas em anteriores decretos.

Vários meios de comunicação social turcos afirmaram tratar-se do último decreto antes de um provável levantamento do estado de emergência. Os ‘media’ turcos afirmaram que o regime de exceção será levantado esta segunda-feira, após a tomada de posse de Erdogan, reeleito no cargo a 24 de junho.

O fim do estado de emergência foi uma das promessas eleitorais do Presidente turco. O decreto determinou também o encerramento de 12 associações, três jornais e uma cadeia de televisão.

O estado de emergência foi decretado pelo Presidente turco, Recep Erdogan, no dia seguinte à tentativa de golpe de Estado de julho de 2016, que o vice-primeiro ministro da Turquia nega que tenha sido orquestrado pelo próprio Erdogan, e após o qual o presidente turco lançou uma purga sobre as hierarquias militares, meios académicos e jornalistas.

Em conferência de imprensa para assinalar o 1º aniversário do golpe, o vice-primeiro-ministro, Numan Kurtulmus, considerou que o episódio não tinha sido “uma tentativa de golpe controlado, mas sim uma tentativa de defender o povo turco”.

“O nosso objectivo é encontrar todos aqueles que têm ligações a essa organização e a apoiam. Estamos a tentar purgá-los da sociedade“, declarou na altura Kurtulmus.

A organização não-governamental Human Rights Joint Platform indicou que 112.679 pessoas foram despedidas a 20 de março passado, incluindo mais de oito mil nas forças armadas, cerca de 33 mil do Ministério da Educação e 31 mil do Ministério do Interior. Destas, 22.600 pertenciam à direção-geral de Segurança.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Hoje em dia, quando há dinheiro envolvido (sobretudo se é muito), não há razão, não há lógica, não há direitos, não há mais nada…

  2. … é este tipo de país que quer ingressar na UE ? Países onde a necessidade de Democracia é precisa não interessam a ninguém. Países com governos ditadores que se alinhem e vivam a vida deles próprios.

    • Ao tempo que este gajo está a tornar-se ditador. Parece que só agora é que acordaste! E quando houve a limpeza dos tribunais, das universidades, da função pública,… o que estavas tu a fazer?!

RESPONDER

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …